Home Artigos Hardware 26 Lentes antigas na Blackmagic Pocket Cinema Camera

26 Lentes antigas na Blackmagic Pocket Cinema Camera

Uma das vantagens do tamanho do sensor Super 16mm da Blackmagic Pocket Cinema Camera (BMPCC) é a quantidade de lentes antigas de cinema que podem ser utilizadas nela com um simples adaptador.  Como a famosa Zoom Canon 18-108mm F1.6 C-Mount, utilizada no vídeo abaixo.

Trata-se de uma lente de cinema de alta qualidade que produz uma imagem muito bonita. Como qualquer lente mais antiga, pode ser encontrada no mercado de usadas por um preço muito barato, se a sorte ajudar. Vi uma à venda no Mercado Livre, faz alguns meses, em prefeito estado, por apenas R$700,00.

Como não existe ainda uma demanda por essas lentes de cinema 16mm ou Super 16mm, já que poucas câmeras digitais têm um sensor deste tamanho (por enquanto), os felizes donos da BMPCC têm a possibilidade de uma verdadeira caça ao tesouro, podendo comprar lentes fantásticas a preços irrisórios. O que torna a câmera ainda mais atraente.

No vídeo abaixo, Philippe Keiner testou 25 lentes antigas das mais variadas, incluindo algumas que podem ser obtidas a preço de banana, em uma situação noturna.

Todas as lentes F/1.8 a F/2.5 utilizaram 800 ISO na filmagem. A F/3.5 utilizou 1600 ISO, a F/1.4 400 ISO e a F1.1 200 ISO. Abaixo está a lista das lentes:

Switar 10mm F/1.6
Switar 16mm F/1.8 H16 RX
Switar AR 25mm F/1.4
Switar 26mm F/1.1 H16RX
Switar 50mm F/1.4 AR
Kern Aarau 25mm F/2.5
Kern Aarau Anastigmat 25mm F/2.5
Kern Aarau Paillard 25mm F/2.5
Schneider Kreuznach Xenon 16mm F/1.9
Bell & Howell super comat 0.7″ F/2.5
Ernst Leitz Wetzlar Hektor Rapid 2.7cm F/1.4
Lytar 25mm F/1.9
Cooke Anastigmat 15mm F/2.5
Taylor-Hobson Cooke Cinema Lens 1″ F/3.5
Kodak Anastigmat 25mm F/1.9
Schneider & Kreuznach Xenon 16mm F/2
Bell & Howell Comat 1″ F/2.5
Apochromat Kinoptik Paris 25mm F/2
Elgeet Rochester 1″ F/1.9
Nippon Kogaku Cine-Nikkor 50mm F/1.8
Som Berthiot Paris Cinor B 20mm F/1.9
Berthiot Paris Cinor 25mm F/1.5
Dallmeyer telephoto 3″ F/3.5
Yvar 15mm F/2.8 AR
Yvar 25mm F/2.5

Assista o vídeo e veja do que essas “velhas senhoras” são capazes. Note que não houve um trabalho de correção de cor para não alterar a relação entre as lentes. Portanto, imagine o resultado final com um tratamento mais sofisticado e você terá uma idéia do potencial dessas lentes.

Com um pouco de paciência e sorte você pode encontrar essas maravilhas em sebos, feiras de antiguidades, lojas de fotografia que vendem equipamentos usados e na internet.

Gostou do artigo ?

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber as atualizações do VideoGuru.

Artigos relacionados
12 5100

O cinema digital nunca viveu um período tão interessante. Se a câmera de cinema digital chinesa iniciou a revolução dos preços baixos, foi a Blackmagic que venceu a corrida e lançou no mercado as verdadeiras câmeras revolucionárias. Agora...
30 6180

Eles são a última novidade do mercado. Monitores bem mais largos que o normal e que oferecem muito mais espaço para trabalhar. Além disso, são perfeitos para reproduzir filmes em formato cinemascope. Com um desses monitores você consegue praticamente o...
26 comentários Nesse post
    • Qualquer lente que cubra um sensor Super 35mm, no mínimo, serve. Se a BMCC usar o bocal EF, qualquer lente que possa ser adaptada para Canon, de outro formato. Um bom exemplo são as lentes com bocal de rosca M42. As derivadas russas das Zeiss como as Zenitar, Pentacon, MIR, Jupiter e Helios são muito boas, com bastante definição, porém com uma textura bem suave e agradável. As lentes Zeiss para Contax, com adaptadores Contax/Yashica também são maravilhosas e bem parecidas com as Zeiss modernas que custam muito mais caro. Tem ainda as lentes Pentax e Nikon dos anos 70 e 80, com os devidos adaptadores para bocal EOS.

  1. Olá,
    Tenho três perguntas: essa duas lentes são recomendadas para se usar em sensores MFT, como os da gh4? E o qual é o problema dessas lentes quando usadas em uma BMCC? Vinheta? E lá vai a última questão rsrs: vc tem alguma recomendações de s35 primes baratas? Pq essa é a parte difícil de encontrar, eu encontrei s16mm da LUMATECH porque elas tem um kit de 6 lentes de f 1.2 por até 10000 dólares com tudo incluso e com uma qualidade excepcional, só que você acabou n recomendando essas lentes para o sensor da BMCC, já os kits de s35 começar em 20000 dólares e q foge em dobro do meu orçamento, vc tem alguma dica para esse causo? hahaha
    Obrigado!

  2. Boa tarde Paulo.
    Pretendo trazer dos EUA uma blackmagic Pocket camera. Sou cineasta independente com foco em documentários curta-metragem. Estou acostumado a uma 5D e basicamente uso duas lentes, 35mm e 50mm (algumas poucas vezes uma 85mm) em meus trabalhos.
    Meu plano é, claro, também trazer uma lente. Lendo o artigo aqui sobre as lentes Rokinon, estou a considerar uma Rokinon 16mm T2.2 Cine com padrão de encaixe Nikon. (http://www.bhphotovideo.com/c/product/999956-REG/rokinon_cv16m_n_16mm_t2_2_cine_lens.html). Penso no padrão Nikon pela opção de também comprar um Metabones Nikon (http://www.bhphotovideo.com/c/product/1017753-REG/metabones_mb_spnfg_bmpcc_bm1_nikon_g_to_bmpcc.html), o que duplicaria a aplicação do sistema ótico, já que sem o metabones e, levando em conta o crop da BMPCC, a lente equivaleria a mais ou menos uma 50mm e, com o uso do metabones, o sitema equivaleria a uma 35mm mais clara.
    No caso de não utilizar o metabone, eu também teria que adquirir um adaptador comum para lentes padrão Nikon.

    Trocando em miúdos, a compra seria:
    1 BMPCC
    1 Metabones Speed Booster para lentes Nikon
    1 Adaptador básico para lentes Nikon
    1 Lente Rokinon 16mm

    Bom, a pergunta é: Faz sentido o meu raciocínio ou há opções mais inteligentes e de melhor custo benefício?

    • Leo, o uso do Metabones Nikon com a Rokinon 16mm pode ser uma boa opção. No entanto você vai ficar limitado a uma única lente. Se bem que com o adaptador básico você ganharia um plano mais fechado com a mesma lente. Seria interessante você depois correr atrás de algumas lentes Nikon manuais usadas. As Nikon 50mm 1.4 mecânicas, por exemplo, são excelentes e custam bem barato em bom estado. As 20mm 2.8 também são maravilhosas, embora custem mais caro.

      • Pois é Paulo.
        Pena que não exista um metabones para as lentes Canon. Tenho algumas e só poderei usar se comprar um outro adaptador espefico para Canon.
        Minha opção por Nikon é justamente por existir metabones para as lentes dessa marca ou para marcas que seguem o padrão nikon de encaixe.
        Mas o ideal era mesmo ficar só com lentes Canon usando metabones e adaptadores normais.
        Ainda estou pesquisando lentes. Estou de olho também numa Sigma 17 – 50mm, f2.8 com padrão Canon de encaixe.

        • Creio que o problema maior com o Metabones para Canon seja a parte eletrônica. Vamos torcer para sair algo, logo. Se você está atrás de uma 15-50 2.8 dê uma olhada na Tamron que testamos aqui no VideoGuru. A imagem dela fica linda na BMCC e deve ter o mesmo resultado na Pocket (sem levar em conta o fator crop).

          • Há anúncios de algum fabricante que pretenda lançar metabones padrão Canon Paulo?
            Nossa, se conseguirem habilitar foco automático e estabilizadores de algumas lentes em um metabones vai ser lindo!

          • Eu não me animaria muito quanto ao foco automático. Mas estabilização e diafragma são possíveis. Até agora só existem rumores mas nada concreto em relação ao Metabones para Canon. Porém, faz muito sentido correr atrás desse mercado porque a quantidade de lentes Canon por aí é enorme.

    • Leonardo, eu uso uma Rokinon 8mm 3.5, uma Tokina 11-16mm 2.8, uma Tamron 17-50 2.8 (sem estabilizador, pois é bem mais nítida que o modelo com) e uma série de lentes Zeiss clássicas com adaptadores para bocal EF.

    • Ela é muito bem, cotada, Leo. Embora o zoom seja menor, é mais clara e muito nítida.

  3. Olá Paulo,

    Estou com muita vontade de comprar a BMPCC,mas estou em duvida sobre as lentes que eu poderia usar como,por exemplo as Rokinon Cine,essa lentes precisariam de um adaptador pela questão do sensor,mesmo se ambas tiverem o encaixe EF?
    Obrigada.

    • Rhaissa, as Rokinon Cine funcionam perfeitamente na pocket com um adaptador de Micro 4/3 para EF (a Pocket só vem com encaixa Micro 4/3). Veja o link na resposta à sua outra pergunta para você poder calcular o ângulo de visão de cada lente na Pocket (sensor equivalente a Super 16mm).

  4. Eu esqueci de perguntar sobre o crop nas lentes,como ficaria uma 24mm,35,etc.E como conseguir lentes mais claras se o sensor da “zoom” nas lentes?

    • Rhaissa, a claridade das lentes não tem nada a ver com o campo de visão. Portanto, o tamanho do sensor não altera em nada esse parâmetro.

      O que se chama de crop é um termo usado para fotografia still que é aplicado de maneira meio equivocada em vídeo. Tradicionalmente, em cinema, temos duas bitolas: 16mm e 35mm. A campo de visão é alterado por conta da área de captura da imagem em relação ao comprimento da lente. Em um sensor de fotografia digital chamado Full Frame, que equivale a 35mm na horizontal de uma câmera fotográfica tradicional, uma lente 50mm é considerada normal. No entanto, em uma câmera de cinema 35mm em película, essa mesma lente já passa a funcionar como uma ligeira tele. Da mesma forma, uma câmera de cinema 16mm utiliza lentes com distância focal ainda menores para obter o mesmo campo de visão. Vale lembrar que as câmeras de vídeo tradicionais utilizam sensores menores ainda que 16mm. E que os filmes Star Wars rodados em digital utilizaram as câmeras F900 Cinealta modifidacas pela Panavision com sensores de 2/3″, que são menores que 16mm full, sem nenhum problema.

      Portanto, o que tem acontecido hoje em dia é que uma geração inteira que começou a filmar em HDSLRs adotou a nomeclatura de fotografia still e acha que sensor pequeno é um problema, quando isso não é verdade. O que os fabricantes de câmeras de cinema digital têm feito recentemente é utilizar sensores de tamanhos aproximados à área de captura das bitolas tradicionais de cinema. Daí a nomeclatura Super 35 e Super 16. Mas isso não impede que possamos usar praticamente qualquer lente em qualquer sensor Basta, apenas, compatibilizar o bocal de montagem da lente através de adaptadores (se o bocal não for o mesmo) e levar em conta o campo de visão que a lente oferece relativa ao tamanho de um sensor específico.

      O site abaixo oferece uma calculadora de campo de visão no qual você pode comparar a mesma lente em diversos sensores. Com ele você poderá ver como uma determinada lente se comportará em um sensor específico.

      http://www.abelcine.com/fov/

  5. Paulo tudo bom?

    Estou para comprar uma BMPCC nos EUA, mas na minha verba só cabe UMA lente para ela. Qual lente você recomendária neste caso? E em caso de adaptador, qual?

    Muito Obrigado.

    Abrcs

    Emerson

    • Emerson, fica meio difícil recomendar uma lente sem saber exatamente qual será seu uso principal e seu orçamento. Se você me passar essas informações eu posso sugerir algumas.

    • Oi Leandro,

      Essas lentes são Olympus OM. São muito difíceis de adaptar para Canon. Você precisaria de mão de obra especializada e não valeria a pena. Mas como a BMCPP é MFT, você pode usar um adaptador desses: Fotodix OM-M43.

Deixa seu comentário

GALERIA

1 5076

A interação entre ação viva e animação tem sido explorada ao longo da história do cinema, com muitos exemplos dos estúdios Disney e o inesquecível "Uma Cilada para Roger Rabbit", dirigido por Robert Zemeckis. O resultado, em geral, é estimulante. Pensando bem, a idéia...
8 5534

Esse vídeo fantástico, feito na Rússia para o lançamento de um projeto imobiliário, foge totalmente dos padrões tradicionais e utiliza a fantasia, com imagens incríveis, no lugar do uso tradicional de plantas e animações dos prédios em computação gráfica....
1 6192

Há algum tempo, publicamos um post com um vídeo do editor Piu Gomes, criado para responder a essa pergunta essencial para quem quer entender a linguagem audiovisual: o que é montagem? Também publicamos, há mais tempo ainda, outro post chamado...