Home Artigos Hardware A dupla dinâmica Mac Pro e Final Cut Pro X arrebenta com...

A dupla dinâmica Mac Pro e Final Cut Pro X arrebenta com o 4K

Parece até que foram feitos um para outro. E foram. Logo depois do lançamento do Final Cut Pro X, questionado sobre o postura vacilante da Apple no seu compromisso com os nichos profissionais das indústrias criativas, Tim Cook deu a pista que já havia um novo hardware “no forno” para atender esse mercado. Isso foi em meados de 2012. E ele não mentiu.

No fim de 2013, a Apple lançou o novo Mac Pro, uma máquina cilíndrica, preta e de tamanho reduzido, sem nenhum slot interno de expansão por placa ou drives de armazenamento, mas com seis portas Thunderbolt! A surpresa foi geral. De início, a reação foi de desconfiança, mas, aos poucos, com os primeiros testes, percebeu-se que a máquina, com configurações de CPU Intel Xeon E5 até 8, até 64 GB de RAM, mais GPU dual com até 12GB de memória, era versátil e poderia se tornar um verdadeiro foguete pra uma outra galáxia.

E mais, ficou claro que a Apple se preocupou em otimizar o Final Cut Pro X para chegar ao máximo de performance, tirando o máximo do novo Mac Pro. Logo surgiram testes com material 4K com resultados impressionantes. Agora você vai poder assistir um pacote de quatro episódios da série MacBreak Studio, apresentada por Steve Martin e Mark Spencer, inteiramente voltado para as possibilidade de configuração e performance dessa dupla dinâmica, FCPX e Mac Pro.

A máquina dos sonhos I

Os caras são umas figuras. Nesse primeiro vídeo, apresentam o Mac Pro como se fosse um presente de Mark para Steve, que o trata como um bebê. Abrem a máquina e mostram suas entranhas. Nunca tinha assistido uma apresentação do Mac Pro tão interessante e divertida. Aos poucos, eles vão montando a máquina, com o FCPX rodando com um monitor Apple Thunderbolt 27″, com o incrível disk array Pegasus 2 R8 de 24TB em RAID 5, da Promise, com eventos e projetos 4K sendo carregados em questão de poucos segundos. Para a monitoração, agregaram um monitor 4K 32″ LCD LED Sharp PN-K321, através da porta HDMI do Mac Pro. E ainda fazem a conta da configuração pra você, em dólares americanos, assista o vídeo para ver quanto dá.

 

A máquina dos sonhos II

No segundo vídeo da série, Mark mostra a performance de um projeto do FCPX em 4K rodando em tempo real um corte multicamera com 4 streams de vídeo simultâneos. Uau. Mark explica os detalhes e a importancia do Thunderbolt 2 para viabilizar a o 4K, e como as portas da máquina estão organizadas como buses. Em seguida, ele e Steve,  discutem o porque do 4K, seu fluxo de trabalho e todos os seus requisitos. O drive Pegasus 2 R* entra em foco com muitos detalhes.

 

Armazenamento e workflow 4K

No terceiro episódio, a atenção começa voltada para a performance do sistema de armazenamento com vários tipos de drives, além do Pegasus 2 R8. Depois, mergulham no FCPX, agora vendo o workflow 4K por dentro do programa. Impressiona como a interface fica fluida, sem engasgos ou dropframes. No final, visitam o Motion para também abrir um projeto pesado, que ele dá conta em tempo real com o pé nas costas. A conclusão é que o Mac Pro roda duas vezes mais rápido que o mais rápido dos MacBook Pro Retina atuais.

 

Multicam 4K de até 24 cameras simultâneas

No último vídeo da série, Steve e Mark se concentram na performance do FCPX num projeto multicam 4K, o tipo de situação mais exigente em termos de capacidade de processamento e transmissão de dados que podemos supor num workflow de edição não-linear.  Dos ajustes de qualidade de preview de imagem, ao uso de proxies e mídias otimizadas para ProRes 4444 4K., de um projeto com 4 streams em ProRes a outro com 12 streams e outro ainda com até 24 streams em proxy, tudo é coberto pelos gurus do MacBreak Studio. É de cair o queixo, como diria o Larry Jordan.

Vendo essa série, você entende porque o FCPX e o Mac Pro vão fazer muito sucesso juntos. E para assistir mais tutoriais de Steve e Mark acesse nossos links ou visite a pagina da Ripple Training.

Gostou do artigo ?

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber as atualizações do VideoGuru.

Artigos relacionados
12 4904

O cinema digital nunca viveu um período tão interessante. Se a câmera de cinema digital chinesa iniciou a revolução dos preços baixos, foi a Blackmagic que venceu a corrida e lançou no mercado as verdadeiras câmeras revolucionárias. Agora...
30 5937

Eles são a última novidade do mercado. Monitores bem mais largos que o normal e que oferecem muito mais espaço para trabalhar. Além disso, são perfeitos para reproduzir filmes em formato cinemascope. Com um desses monitores você consegue praticamente o...

Deixa seu comentário

GALERIA

1 4910

A interação entre ação viva e animação tem sido explorada ao longo da história do cinema, com muitos exemplos dos estúdios Disney e o inesquecível "Uma Cilada para Roger Rabbit", dirigido por Robert Zemeckis. O resultado, em geral, é estimulante. Pensando bem, a idéia...
8 5385

Esse vídeo fantástico, feito na Rússia para o lançamento de um projeto imobiliário, foge totalmente dos padrões tradicionais e utiliza a fantasia, com imagens incríveis, no lugar do uso tradicional de plantas e animações dos prédios em computação gráfica....
1 6020

Há algum tempo, publicamos um post com um vídeo do editor Piu Gomes, criado para responder a essa pergunta essencial para quem quer entender a linguagem audiovisual: o que é montagem? Também publicamos, há mais tempo ainda, outro post chamado...