Home Notícias Outros Adobe alcança quase 2 milhões de assinantes do Creative Cloud

Adobe alcança quase 2 milhões de assinantes do Creative Cloud

O fato é digno de nota, sem dúvida. Quando a Adobe lançou o sistema de assinatura, muitos duvidavam do sucesso do modelo. Nos, do VideoGuru, achamos que seria um sucesso. E, pelo jeito, estávamos certos.

A empresa anunciou que fechou o seu primeiro trimestre do ano fiscal de 2014, encerrado em 28 de fevereiro desse ano, com 1 milhão e 844 mil assinaturas pagas do Creative Cloud.

Quando comparado com o número de assinaturas no fim do quarto trimestre do ano fiscal de 2013, o aumento foi de 405 mil assinantes. Isso significa que as assinaturas novas chegaram a uma média de 4.500 por dia! Com essa taxa de novos assinantes por dia, é provável que, no dia de hoje, o número de 2 milhões já foi superado.

Nesse mesmo período, a receita foi de US$ 1 bilhão, batendo no topo da meta da empresa para esse trimestre.

Se alguém ainda acha que o modelo de assinaturas não vai vingar, é melhor rever seus prognósticos, porque ele já vingou.

Fica a curiosidade de saber dois dados que estão submersos nesses macro números. O primeiro tem a ver com a proporção de assinantes preferencialmente voltados para o mercado de vídeo digital. Quantos seriam? Talvez nem a Adobe saiba com precisão.

A outra questão interessante para nós seria saber quantos desses assinantes são de residentes no Brasil. Aqui, temos uma cultura muito arraigada de uso de programas sem licença, mesmo por empresas estabelecidas.

Nós achamos que esse é o momento de mudar isso. Iniciativas como o Creative Cloud e a nova política de preços da Apple para seus aplicativos profissionais sinalizam isso.

Para quem é realmente profissional, se não compensar pagar US$50 por mês para usar todos os programas da Adobe, talvez seja melhor se perguntar se está na profissão certa. E para quem está começando, vale a pena o investimento na sua carreira, sem contar que há descontos para estudantes.

Esse é o verdadeiro caminho para desestimular  a pirataria, e não a repressão. O fim da necessidade de embalagens de papelão, suporte físico de mídia, manual impresso (isso até que era bom), e distribuição física de pacotes de produto a cada major upgrade, torna viável uma boa redução de custos para o desenvolvedor que pode ser repassada para o preço final do software. Daí, o aumento de vendas virtuais vem como uma consequência natural, compensando a adoção desses novos modelos.

Parabéns à Adobe pelo sucesso de sua estratégia, que veio em benefício de todo o mercado. Quem sabe, ela pode até, no futuro, melhorar as alternativas para o assinante, com preços diferenciados para pacotes de aplicativos e custos mais baixos ainda.

Esperamos que outros desenvolvedores de software encontrem caminhos novos que permitam melhorar sua margem de lucros ao passo que democratizam o acesso aos seus produtos.

Clique aqui para ler na íntegra o comunicado de imprensa da Adobe sobre esse novos números do Creative Cloud.

Gostou do artigo ?

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber as atualizações do VideoGuru.

Artigos relacionados
0 2210

Conforme prometido pela empresa no início do ano, a Avid anunciou em comunicado oficial uma programação para regularizar a prestação de contas de seus demonstrativos financeiros referentes à anos fiscais passados. A não entrega desses relatórios financeiros foi o que...
0 1998

O modelo tradicional de negócios dos grandes fabricantes de equipamento broadcast parece não funcionar mais nos tempos modernos. E, por isso, muitos deles correm sério risco de fechar as portas ou serem comprados por outras empresas. O que, aliás, já...

Deixa seu comentário

GALERIA

1 5134

A interação entre ação viva e animação tem sido explorada ao longo da história do cinema, com muitos exemplos dos estúdios Disney e o inesquecível "Uma Cilada para Roger Rabbit", dirigido por Robert Zemeckis. O resultado, em geral, é estimulante. Pensando bem, a idéia...
8 5603

Esse vídeo fantástico, feito na Rússia para o lançamento de um projeto imobiliário, foge totalmente dos padrões tradicionais e utiliza a fantasia, com imagens incríveis, no lugar do uso tradicional de plantas e animações dos prédios em computação gráfica....
1 6259

Há algum tempo, publicamos um post com um vídeo do editor Piu Gomes, criado para responder a essa pergunta essencial para quem quer entender a linguagem audiovisual: o que é montagem? Também publicamos, há mais tempo ainda, outro post chamado...