Home Notícias Câmera Agora é pra valer! Câmera Blackmagic 4K RAW por US$ 3,995.

Agora é pra valer! Câmera Blackmagic 4K RAW por US$ 3,995.

A câmera dos sonhos saiu melhor que a encomenda. A Blackmagic arrasou na NAB 2013 com sua nova Blackmagic Production Camera. E ainda trouxe outras novidades incríveis.

Quando a Blackmagic anunciou sua Cinema Camera ano passado (2012), o Video Guru fez sua primeira avaliação e aconselhou aguardar a segunda geração de câmeras do fabricante. Parece que acertamos em cheio!

Com um preço de arrasar mercado, a Blackmagic anunciou uma câmera para ninguém botar defeito. São tantos recursos que ela poderia tranquilamente competir com as RED e as câmeras de cinema digital da Canon, na mesma faixa de preço delas.

Mas a Blackmagic Design sempre foi uma empresa de quebrar padrões. Desde o lançamento de suas magníficas placas de vídeo a preços inéditos, a companhia não falha em oferecer produtos da mais alta qualidade a preços ridiculamente baratos.

Quando lançou as primeiras placas de vídeo digital para captura, gravação e monitoração broadcast, a empresa tornou acessível a pequenas empresas e profissionais autônomos o mesmo nível de qualidade antes só encontrado em equipamentos caríssimos.

Além disso, abriu seus drivers para que essas placas funcionassem com os softwares profissionais mais populares do mercado, eliminando a necessidade de placas proprietárias.

BMPC1

A história da Blackmagic continuou sempre assim, fornecendo produtos da mais alta qualidade técnica, com excelente suporte, a preços extremamente acessíveis. Muitos até questionam como a empresa consegue crescer tanto com preços tão baixos. Com isso, a Blackmagic  não só virou líder de mercado nos segmentos em que atua, mas também é considerada pela maioria dos usuários como uma empresa “do bem”.

Sabíamos que sua entrada no mercado de câmeras iria certamente dar muito o que falar. E a segunda geração de suas câmeras realmente  veio para mudar tudo. Se a RED prometeu 3K a US$ 3.000 e não conseguiu cumprir, a Blackmagic surpreende a todos agora com 4K a US$ 4.000.

Com a excelente qualidade de imagem já comprovada e funções como o Global Shutter (obturador global – presente somente em câmeras bem mais caras como as Sony F55 e F65 –  que elimina o rolling shutter ) e 4K em RAW, a Blackmagic Production Camera vai mudar totalmente o mercado de produção independente, assim como as HDSLRs da Canon fizeram alguns anos atrás.

BMPC2

Veja bem. Por apenas US$500 a mais que uma Canon 5D Mark III você pode ter uma câmera com uma latitude muito superior que filma em 4K e 1080, em 10, bits utilizando os codecs mais populares do mercado como ProRes 422 HQ e Avid DNxHD, sem contar com o CinemaDNG (RAW). Isso sem limites de tempo de filmagem por take, rolling shutter, etc. E você ainda ganha a versão full do DaVinci Resolve e do UltraScope.

Além disso, conta com recursos profissionais que faltam em uma HDSLR como saída de vídeo limpa em HDSDI e 6G-SDI, entradas de audio com conectores padrão, visualização de zebra, etc. O novo sensor é do tamanho Super 35, o padrão utilizado na maioria das câmeras de cinema digital profissionais.

A BMPC (Blackmagic Production Camera) aceita lentes no padrão Canon EF, o que abre um leque enorme de possibilidades e facilita bastante a transição de uma HDSLR Canon pois o investimento em lentes fica 100% preservado.

BMPC3

O engate opcional MFT oferecido na BMCC não funcionaria nesta câmera em função do sensor maior. Mas já existem rumores de que a Blackmagic oferecerá uma versão PL no futuro e que alguns adaptadores PL podem funcionar mesmo na versão EF.

Embora a onda do 4K seja questionável no momento (ver nossa matéria sobre o assunto), o fato é que essa câmera também oferece uma imagem fantástica diretamente em 1080, o que a torna ideal para produções de séries de TV, publicidade e cinema digital. Isso sem o peso que o 4K causa durante todo o processo de aquisição e, principalmente, pós. Só isso já dá a ela uma tremenda vantagem em relação às RED.

Resumindo: Por apenas 4 mil dólares você compra uma câmera totalmente profissional que compete com as melhores do mercado em termos de qualidade de imagem e  cujos arquivos são utilizáveis imediatamente em sistemas de edição Final Cut Pro, Premiere ou Avid sem a necessidade de conversões ou debayering.

BMPC5

Deu pra sentir a mudanca radical que ela vai causar no mercado? Sony, Canon e RED vão ter que reavaliar muita coisa para não ficarem em apuros… E têm que agir rápido, pois a Blackmagic promete entregar a câmera já em julho deste ano.

A questão agora é: A BMPC tornou a BMCC obsoleta? De certa forma, não. As duas câmeras podem co-existir tranquilamente. A câmera de primeira geração, apesar do sensor menor e de outros probleminhas que estão sendo resolvidos, conta com um stop a mais de latitude em relação a essa por conta do Global Shutter (que elimina o efeito gelatina mas rouba um stop).

Teoricamente, as duas devem oferecer uma imagem bem parecida, no geral, o que seria uma vantagem em situações utilizando múltiplas câmeras. Por US$ 1.000 a menos, a BMCC presta-se muito bem como segunda câmera com a BMPC.

BMPC4

Por enquanto, a BMPC ainda está em estado de protótipo e pouca coisa ainda existe sobre ela. Não temos nenhum vídeo e as impressões de quem a utilizou na NAB são poucas. Uns dizem que a definição da imagem ampliada em 100% (não confundir com resolução) chega a ser um pouquinho menor que da BMCC, o que não surpreende pois essa última, com um sensor pequeno, tende a isso. Um bom exemplo são as RED, que em 100% de ampliação definem menos que uma simples Panasonic GH3. No entanto, o que interessa é a imagem final que será vista na tela e a definição dessa é fantástica.

Para abalar de vez com o mercado e atender a diversos desejos de usuários, a Blackmagic também anunciou a Pocket Camera, com o mesmo sensor da BMCC, cropado para o formato Super 16, a um preço de apenas US$ 1.000! Mas isso será assunto de um post separado.

Para a ficha técnica completa da BMPC, clique aqui.

Gostou do artigo ?

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber as atualizações do VideoGuru.

Artigos relacionados
0 7210

A O2 Filmes está utilizando várias Blackmagic Pocket Cinema Cameras (BMPCC) como câmeras principais nas gravações da nova comédia de sucesso da GNT, “Lili, a Ex”. A carga do conteúdo no set foi feita pela White Gorilla e toda a...
2 5693

Faz poucos dias que a Blackmagic lançou mais um firmware para suas Cinema Camera 2.5K (BMCC) e Pocket Cinema Camera (BMPCC). Esse firmware 1.9.7 adiciona a funcionalidade de poder formatar os cartões de memória nas próprias câmeras sem precisar...
96 comentários Nesse post
  1. Paulo, graças a vocês e as informações aqui do video guru, consegui “resisti” no ano passado e troquei apenas a minha 5DMII pela III que agora parece “tão” simplezinha mediante a este “filé”! Ainda bem que seguindo dicas de vocês mesmos comprei o gravador da blackmagic. Vou aguardar os comentários da pocket. Agora com tantos problemas de produção na primeira camera, entregam mesmo em julho?
    Abraços
    clovis

    • Olá Clovis. Essa é a grande dúvida. Será que eles vão conseguir entregar no prazo anunciado? Segundo a Blackmagic, eles já conseguiram regularizar a produção e a entrega vai acontecer. Mas, como é um modelo novo, nunca se sabe. De qualquer forma, a melhor câmera é aquela que está nas nossas mãos. Portanto, assim que for entregue, vai ser incrível.

      • Ola, boa noite. caro amigo, Estou pesquisando uma câmera para comprar e tenho em vista a compra da BlackMagick 2.5. No entanto, gostaria da ajuda de quem já conhece esse tipo de câmera. Por favor … Vou deixar abaixo algumas perguntas bobas e se puder me ajudar na questão, fico imensamente grato.

        – Capacidade de armazenamento ? Qual seria ? vejo que ela possui internamente, porem, nao sei muito bem como funciona. O preço dos cartões , quais usar e o preço ?

        – Em quanto a lentes … Por favor, me indique lentes com preços acessíveis, pois meu orçamento e curto. Tenho em ideia adquirir 1 lente tele, 1 grand angular e uma para pouca luz. O que você me indicaria ?

        – Para capturar a imagem e o video, e necessário qual placa de captura ?

        – Baterias ? aguenta bem ? preciso comprar mais de 2 ou 3 ?

        PS: Lembrando, meu orçamento e curto ! Vou usar a câmera para eventos como casamentos, festas em geral, eventos em geral e possivelmente alguns comerciais e campanhas políticas.
        Bem e isso …
        Fico grato pela ajuda e se puder deixar o seu contato, fico feliz em ter uma nova amizade com outro profissional na área.

        Pela atenção, Obrigado.

        • Sander, a Blackmagic Cinema Camera 2.5K não possui memória de armazenamento interno. Ela vem com um gravador embutido que utiliza drives SSD normais. Eu recomendo um de 240GB e um de 480GB. Os mais utilizados são os Sandisk Extreme. Antes de comprar outros modelos, consulte a tabela de drives compatíveis no site da Blackmagic, pois os HDs não listados podem dar diversos problemas que incluem até imagens danificadas.

          Quanto às lentes, as Rokinon série cine são excelentes e têm um preço bem atraente. Uma 14mm T3.1 como grande angular, uma 85mm T1.5 como tele e uma 35mm T1.5 formariam um bom kit. Compre a câmera com bocal EF e as lentes também.

          Você não precisa de placa de captura. A câmera grava em ProRes 422 HQ, que é diretamente compatível, sem conversão, com a maioria dos programas de edição. E também grava em RAW (embora o formato gaste muito mais espaço). O ideal para passar as imagens para o computador é comprar um dock de HD rápido, que funcione (dependendo do seu computador) em Thunderbolt, Firewire 800, USB 3.0 ou eSata. E aí é só espetar o SSD no dock e copiar o material para o seu HD de trabalho.

          A bateria interna não é substituível e dura 90 minutos. Uma bateria externa como a Switronix PB70-BMCC dura de 5 a 8 horas. Portanto duas dão folgado para o mais longo dos dias de trabalho.

          Boa sorte com a nova câmera. Ela é fantástica.

          • OI … Obrigado pelas dicas ! foram muito úteis para mim. So uma ultima … Quanto ao tempo de gravaçao ? Embora eu use um cartao de 240gb ou de 480gb , qual o tempo de gravaçao cada 1 ? ?
            A minha ideia, e ter algo que me supra uma necessidade de 4-5 horas … Grato pela ajuda, abracos.

          • Aqui vai uma tabela com o volume de dados gasto por cada formato, incluindo os novos sabores ProRes incluídos no firmware mais recente:


  2. Que novidade incrível essa Paulo, estou querendo adquirir uma câmera, a princípio estava pensando na FS100 da sony, mas por 16 mil acabei optando em comprar a mark III que sairia pela metade do preço e poderia investir o restante em 2 lentes boas. Mas o que me deixou desanimado na Mark III foi ela não gravar em 60p a 1080. Provavelmente corrigirão na mark IV. Agora, quando vi a Blackmagic ano passado(2012) me interessei bastante, mas pouco depois, fiquei decepcionado por 2 motivos: Por ela ter bateria fixa (eu como profissional independente, imagina filmar com pouca gente, limitando a fazer praticamente tudo e ter que acoplar mais um peso da bateria extra pendurada sei lá aonde. Inviável. 2 (ela não grava em 60P). Muita gente não liga pra esse detalhe, mas eu sim. Será que ela agora grava em 1080p. Em 4K, qual a taxa de FPS? Gostaria de saber mais as especificação, o que foi corrigido por exemplo. Hoje possuo 3 lentes Canon EF e não pretendo me desfazer delas, espero que dê perfeitamente para encaixá-la. Como vou decidir apenas final do ano, vamos ver a Canon…Abraço !!

    • Olá Herber. Realmente é uma novidade e tanto! E a vantagem é que você poderá manter as suas lentes. A única coisa é que, por enquanto, ela não grava em 60P. No final do artigo tem um link para as especificações técnicas completas. Mas reproduzo aqui a lista de resoluções e frame rates da BMPC 4K:

      Frame Rates
      3840 x 2160p23.98,
      3840 x 2160p24,
      3840 x 2160p25,
      3840 x 2160p29.97,
      3840 x 2160p30,
      1920 x 1080p23.98,
      1920 x 1080p24,
      1920 x 1080p25,
      1920 x 1080p29.97,
      1920 x 1080p30,
      1920 x 1080i50,
      1920 x 1080i59.94.

  3. Eita…., bom primeiro de abril já passou. Então agora é pra valer sobre o preço dessa Blackmagic? E a qualidade de imagem que ela promete é superior ou comparável às filmadoras profissionais? huuuummmm. Será que essa Blackmagic 4k vai ter problemas com aquecimento em relação as DSLRs? Bom…, desculpe galera as tais perguntas aqui, mas sou de fato leigo no assunto. Interessei-me numa Blackmagic dessa tbm. Até mais.

    • Sim, Márcio. Dessa vez é pra valer. E a realidade saiu melhor que a brincadeira. A qualidade da imagem dela é fantástica. Não sei quais filmadoras você está chamando de profissionais, mas a nova Blackmagic é uma câmera 100% profissional. Como ela é baseada na Blackmagic Cinema Camera, podemos crer que ela não terá problemas de superaquecimento, já que essa última é muito parecida e não tem esse problema.

      Mas vai aqui um aviso a todos que já estão loucos para comprar essa câmera. Assim como a BMCC, essa câmera não é nem doméstica nem semi-profissional. É uma câmera 100% profissional e, como tal, exige um nível de conhecimento de cinematografia bem alto para obter bons resultados. Enquanto que uma HDSLR gera imagens bonitas, mesmo nas mãos de um amador, a câmera da Blackmagic pode gerar imagens horríveis se o operador não sabe o que está fazendo. Por outro lado, gera imagens incríveis nas mãos de um bom profissional. Meu conselho para todos que desejam essa câmera e que não têm experiência com câmeras 100% profissionais é que estudem bastante para aprender os princípios da cinematografia como exposição correta, temperatura de cor, latitude, etc.

  4. Ótimo artigo. Gostaria de ver algum teste comparando a BMC com a Canon c100, realmente não sei qual seria o melhor custo benefício. Alguém tem alguma opinião formada? Abraços.

    • De acordo com as especificações, a BMPC oferecer muito mais que a C100, portanto é o melhor custo/benefício. Mas vamos ter que esperar um pouco pra ver como a câmera se comporta, de verdade. Tratando-se da Blackmagic, não creio que ela irá decepcionar.

  5. Opa Paulo, fiquei bem empolgado com a Pocket Camera, tirando o sensor pequeno, parece ser uma câmera incrível. Li num blog de um cara australiano (esqueci o nome) que está com um protótipo dela que as imagens são muito próximas as da Cinema Camera (a de 2.5K).

    Eu atualmente uso uma 7D e tenho 2 lentes série L (16-35mm e a 50mm fixa) que tem uma imagem bem legal, mas deixou de me impressionar devido a compressão alta demais, problema que a Pocket não tem. Estou brincando com imagens RAW da Cinema Camera no DaVinci e as possibilidades de correção são fantásticas.

    Minha dúvida é a seguinte: existe alguma desvantagem real do sensor pequeno da Pocket tirando o crop?

    • Daniel, a única desvantagem é mesmo o crop. O sensor dela é o mesmo da BMCC, só que cropado ainda mais. Quer dizer, você vai precisar de lentes super-grande angulares para poder ter o campo de visão equivalente ao de uma lente grande angular normal e uma grande angular bem aberta para ter o equivalente a uma lente normal (50mm). Em compensação, qualquer lente normal vira uma tele e as teles viram super-teles.

      De resto a pocket filma sem compressão ou então com compressão sem perdas nos formatos ProRes (HQ) e DNxHD. É outro nível de imagem.

  6. Esqueci de outra dúvida, usando minhas lentes Canon com um adaptador pra MTF mount, vou perder qualidade de imagem?

    • Você não perderá qualidade nenhuma, pois não há necessidade de introduzir nenhum elemento ótico adicional entre a lente e o sensor.

  7. Oi Paulo,
    conversei com amigos cineastas, a expectativa é bem grande quanto a esta câmera a este preço. Mas tenho dúvidas quanto à praticidade. Sem contar que vc parte de U$4mil mas investe o dobro em acessorios e traquitanas. Eu particularmente estive mais interessado na Sony FS700, por conta da capacidade de slow até 960fps. A dúvida é se a qualidade de imagem é realmente muito diferente, pois a sony só terá 4k apos firmware, ainda nao disponível. Por enquanto somente full HD. Ja viu algum comparativo? O que vc acha? Parabens pelo site.

    • Farnando, existem muitas concepções erradas no mercado. Muita gente acha que uma Canon 5D, por exemplo, precisa de uma série de acessórios para poder funcionar como rigs, follow focus, matte boxes, etc. Isso não poderia ser mais falso. Uma 5D, baterias, cartões de memória e boas lentes são tudo que é necessário nas mãos de um profissional. O mesmo se aplica a essa câmera da Blackmagic. Uma boa bateria externa (recomendo um cinto de baterias da NRG), alguns drives SSD e um jogo de lentes é tudo que é necessário.

      Quanto à qualidade da imagem, na minha experiência como colorista a FS700 tem menos latitude de cores que uma Canon t2i. É uma tremenda decepção. Tem um programa de TV que estou fazendo filmado com 5D Mk II e FS700 e a opinião de todos, desde o diretor, é unânime que a câmera não tem a qualidade de imagem que todos esperavam. Já a Blackmagic tem uma latitude enorme, tanto de cores quanto de luminância, e filma em RAW, ProRes HQ e DNxHD, enquanto que a Sony filma com muita compressão. São câmeras em categorias bem distintas, sendo que a Sony mais próxima da Blackmagic em termos de qualidade de imagem seria a F55.

      Quanto ao slow, 960 fps transformam a imagem em uma ruideira só, com compressão que parece de um filme DIVX em baixa resolução. São números pra vendar. Na prática, a capacidade de slow é bem menor – se bem que, mesmo assim, é muito legal. Mas a questão é: você realmente vai usar slow motion o tempo todo? Se não for usar em 30% do material que vai filmar, não compensa investir em uma câmera só por causa desse recurso. No caso, uma FS100 daria resultados até melhores.

      Quanto ao 4K da Sony, além do firmware você vai precisar comprar um gravador externo que vai custar alguns milhares de dólares. Isso é, se sair mesmo. Porque agora, com essas reviravoltas no mercado, pode ser que a Sony não ache que faz mais sentido economicamente.

      Na verdade, essa onda dos 4K é muito controversa. Dê uma lida em nossos artigos sobre o assunto. Creio que 90% dos compradores da BMPC irão filmar em 1080 mesmo, depois de experimentar a complicação e o custo que é filmar em 4K para depois converter pra 1080. Pergunte pra quem trabalha na pós com as RED.

  8. Prezado Paulo – é retundante , tenho que elogiar o seu site e comentários tão embasssados em experiencia pratica e teorica. Parabens ! Voce sintetiza tudo o que, nós que vivemos, e digo realmente vivemos de video ( alguns brincam com vídeo) e ganhamos nosso suado e rico dinheiro, como voce disse. Sendo curto e pratico vejo muita gente achando que tendo uma camera RED ou qualquer outra vai ter mais qualidade, como voce bem coloca. Se não sabe nem trabalhar com uma HDSLR e nem tirou tudo que ela pode realmente oferecer, e cair na garra dos marketeiros de plantão, vendendo ilusão, para quem tem dinheiro para comprar, ou gastar a toa. Comecei minha carreira a 30 anos atras como fotografo e com super 8 e passei por todo tipo de midia e edição. Quantos aqui tem um edital e verba captada para rodar um filme de Cinema ? bem colocado… Uso uma 5D, uma T3I para trabalhos menores e uma panasonic 160 – e uma plataforma de edição bem parecida com suas configurações – esta sim tem que ser parruda. O resto é perfumaria e enganação,( dentro da realidade tupiniquim, que fique frisado isto) e o cliente final absolutamente não sabe nada sobre todo este embassamento tecnico nosso, nós é que somos perfeccionistas – ele é um espectador que quer tão somente um vídeo bem executado. E geralmente a um custo chorado… é ruim de usar equipamento de ponta, Blackmagic, Red ou qualquer outro – se para o cliente tudo é igual ( aperta o botão vermelho, dizem eles)e a choradeira é a mesma. Por fim assisti um filme rodado com uma GH2 panasonic mirroless,( sabemos que é uma camera fraquinha…) chamado Musgo , de um espanhol doidão – que esta bombando na internet – QUEM ESTA CERTO??? – isto prova que a criatividade, talento e experiencia – são mais importantes que os falsos lançamentos mirabolantes. mas principalmente, que na arte não existem REGRAS IMPOSTAS , SENÃO NÃO SERIA ARTE e tudo pode acontecer, com um minimo de criatividade – Obrigado por repartir conosco suas experiencias. Abraços.

    • PARABÉNS JEAN GOSTEI MUITO DO SEU COMENTÁRIO!! SIMPLIFICANDO PENSO DO MESMO MODO; TENHO 20 DE PROFISSÃO EM VÍDEO, O QUE FAZ A DIFERENÇA MESMO SÃO OS (PROFISSIONAIS) COM SUAS EXPERIÊNCIAS E CRIATIVIDADE, NÃO SÓ ÁS MÁQUINAS COM SUAS TECNOLOGIAS….. E PAULO VC MANDA BEM PRA CARAMBA, QUERIA TER UM PROFESSOR COMO VC HÁ 10 ANOS ATRÁS PARABÉNS..

  9. Me deixou na dúvida entre Fs700 e BMPC… São câmeras distintas mas o preço é menos da metade.
    Já queria trocar a 5MIII por ela que conta com 12 stops contra 10 da 5DM3 se nao me engano.
    Até julho da pensar.. rs

    • Como colorista, a FS700 foi uma grande decepção. A latitude de cores provou ser bastante limitada. Mas creio que ela atenda perfeitamente a mercados menos exigentes. A BMPC está em outro patamar, com certeza. Sem codecs restritivos como o da FS700 e sem as promessas dos 4K que ainda não se concretizaram, no caso da Sony, e que vão requerer o uso de um gravador adicional bem carinho.

      A BMPC veio para causar a mesma revolução no mercado que a 5D Mk II causou alguns anos atrás. Quero ver a Sony e RED justificarem seus preços assim que a BMPC estiver disponível no mercado em larga escala.

      No final, quem ganha é o profissional, que passa a ter ferramentas mais baratas e mais capazes. Viva a democratização do vídeo digital!

      • PAULO QUAL A MELHOR RESOLUÇÃO PRA TRABALHAR COM ESSA BELEZINHA PRA UMA EDIÇÃO RÁPIDA, GOSTARIA DE SABER MAIS SOBRE À BMPC, VALORES E TRAMITAÇÃO PREÇO FINAL COM LENTE 50MM.

        • Anderson, para edição rápida a melhor resolução seria 1080p, que a câmera grava nativamente sem compromisso algum. O material já sai em ProRes 422 ou DNxHD, dependendo se você vai editar no Final Cut ou no Avid. Quanto a valores, você pode clicar no logo da B&H no nosso site e fazer a pesquisa de preços por lá. A B&H envia diretamente para o Brasil e cuida dos impostos de importação devidos, adicionando-os ao preço final. Lembre-se que câmera só ficará disponível em julho, mas você pode entrar na lista de espera dede já, se desejar. Quanto à lente 50mm, tratando-se de um sensor Super 35mm, ela ficaria equivalente a uma 74mm em uma câmera full frame. Se você deseja uma lente equivalente à 50mm nessa câmera, precisa de uma 35mm. Como a câmera aceita lentes com bocais Cano EF, a gama de escolha é enorme. Recomendamos as Rokinon série cinema para filmagens, pois apresentam um custo-benefício incrível.

      • E agora Paulo, os meninos do Magic Lantern acabam de anunciar a possibilidade da 5DMII e MIII gravarem em RAW! Vou comprar de volta a minha Mark II rs rs rs! Realmente comprar qualquer coisa no momento é correr serio risco. Estamos aguardando a vossa “santa” opinião! Um grande abraço Clovis

        • Clovis, não se entusiasme muito! Tem gente que tem a tendência a viajar e publica coisas que vão muito além da realidade. O Magic Lantern pode vir a gravar em RAW DNG, sim, mas até agora isso só foi possível em modo de sequências fotográficas até 11 fotogramas. A partir daí, o buffer enche e a brincadeira acaba. Isso não é possível em modo vídeo, por enquanto, e provavelmente nunca será. Mesmo que consigam, o fluxo de dados exigiria cartões de memória de última geração que custariam mais que a própria câmera para gravar apenas alguns minutos. Isso se a câmera aguentar o fluxo de dados e também não derreter de tanto esquentar.

          As HDSLRs já fazem demais e filmar em RAW está fora da realidade prática. No mundo real, você conseguiria obter uma melhora boa na qualidade de imagem com uma Mk III utilizando um estilo de imagem como o Vision Color, que aumenta a latitude real da câmera sem lavar a imagem e introduzir bandas, junto com o firmware que está para sair que oferece saída limpa em HDMI, gravando em um gravador externo como o Blackmagic Hyperdeck Shuttle 2. Melhor que isso, na mesma faixa de preço, só a Blackmagic Production Camera e, com alguns limites de lentes, a nova Blackmagic Pocket Cinema Camera.

  10. Paulo, eu comprei há um ano uma câmera AF100 da Panasonic, uso duas lentes, uma Canon 70-200 e outra que veio com ela da Lumix. Estava pensando em investir em lentes CP Zeiss para usar na AF100. O nosso foco são documentários, trabalharmos com vt´s de comerciais só pra pagarmos as contas da produtora. Mas lendo essa matéria sobre a esse lançamento da BM. Tenho uma reflexão e uma pergunta. Fiquei pensando, não seria melhor comprar essa nova câmera? As lentes CP Zeiss são a melhor opção para a AF100 e também para essa câmera da BM?

    • Gilvan, tudo depende do seu orçamento. As CP Zeiss são maravilhosas. Mas não são nem um pouco baratas. Se seu orçamento é limitado, uma BM com um jogo de Rokinon série cinema ou de Zeiss ZF com adaptadores pode ser um excelente negócio. Com certeza seria um belo upgrade em termos de imagem comparado com a AF100. Ad Zeiss CP, aliás, usam a mesma ótica das ZF. A diferença de preço está nos detalhes como luminosidade real em T-Stops, tamanho de filtro padrão para o jogo todo, diafragma sem cliques, anel de foco com engrenagens para follow focus e acionamento suave, e guias numéricos na laterais para facilitar o uso em cinema (com assistentes de câmera. Na nossa opinião, a conveniência oferecida por esses extras vale cada centavo. Mas se o orçamento for baixo, as ZF oferecem a mesma ótica. Portanto, o que vai “pra lata” é praticamente a mesma coisa.

      • Paulo, te agradeço pela elucidação e te peço a gentileza de outra orientação te colocando a par do desafio e do orçamento que temos pela frente. Tenho uma produtora em paragominas, interior do Pará, me especializei em documentários. Vamos gravar um doc exatamente em julho no Marajó, nós temos 40 mil reais pra investir em lentes e talvez numa nova câmera. Por isso te expressei aquelas duvidas que viram angustias depois porque a sensação é de que não podemos errar na compra.

        Tenho visto por 5mil dólares lentes Cp Zeiss mas nao sei por quanto elas chegariam aqui.

        Minha pergunta, por quanto ficaria aquele jogo da Rokinon que vc citou, e quantas lentes da Zeiss Cp poderia adquirir, seria hora de comprar a câmera da Black e dar aquele upgrade?

        • Gilvan, pelo orçamento que você tem, levando em conta que você deve desejar a melhor qualidade possível, aconselharia a câmera da Blackmagic. No entanto, temo que a 4K tenha uma lista de espera enorme, portanto acho difícil você conseguí-la em julho. De qualquer modo, a Blackmagic Cinema Camera (US$ 3.000) já está disponível e, embora não seja 4K (o que eu não acho nenhuma vantagem no momento, a não ser dar mais trabalho pois ninguém exibe em 4K no Brasil nem no exterior em escala comercial) ela tem as mesmas características de imagem a não ser por um sensor um pouco menor. Mas ele é aproximadamente do tamanho do sensor da AF100, portanto é o que você está acostumado a trabalhar. A Blackmagic Production Camera filma em 2.5K em RAW ou ProRes 422. Aconselho esse último formato, pois não necessita de conversão e pode ser editado diretamente. Se você usa Avid, pode também filmar em DNxHD. Ambos formatos apresentam qualidade de imagem sem compressão visível.

          A BMCC é vendida com bocal EF Canon e os problemas que apresentou no começo já foram resolvidos. Ela tem uma latitude de imagem enorme, o que pode ser bem útil para documentários em condições de luz não ideais. Ela grava em drives SSD normais (compre um modelo recomendado pelo fabricante), e basta um dock USB eu eSATA para passar as imagens com bastante rapidez para seu computador. Pode até editar direto do drive (mas eu aconselho ter sempre um backup de suas filmagens). Em termos de imagem, será um belo upgrade em relação à sua câmera atual.

          Quanto às lentes, as Zeiss CP estouram seu orçamento. Mas você pode comprar o jogo completo das Rokinon e, as distâncias focais que faltarem (ela está para lançar um 50mm) você pode comprar da Zeiss ZF. Ou então pode comprar um conjunto mais reduzido de Zeiss ZF, que acho que se encaixam melhor em seu orçamento.

  11. parece incrível!!
    Penso em comprar, mas o que me preocupa é a questão do carregamento da bateria de câmeras, nessa nova black já solucionaram essa questão?
    voc~e saberia me dizer?
    impossível usa-la 9 hrs e depois ter que esperar p carregar com bateria que não sai da câmera, isso num set de filmagem complica a vida

    • Fernanda, a bateria interna serve apenas para quebrar um galho. É necessário o uso de baterias externas, que podem ser praticamente quaisquer de 12V. Isso inclui desde sofisticados cintos de baterias como os da NRG, para trabalhos prolongados de câmera no ombro, até pequenas baterias montadas debaixo da câmera com horas de autonomia. Até mesmo baterias do tipo para no-breaks podem ser utilizadas, sem problemas.

  12. Sobre o tamanho do sensor e menor do que de uma 5dmark ii? Isso não é ruim? Tem algum ponto fraco nisso?

    • Leonardo, na verdade o tamanho do sensor da 5D Mark III é que é fora do padrão. O da Blackmagic Production Camera é do tamanho padrão de cinema, Super 35mm. O mesmo usado pela ARRI Alexa e outras câmeras de cinematografia digital profissionais. Embora as HDSLRs tenham se tornado muito comuns devido ao custo/benefício que oferecem, nunca foram projetadas para serem câmeras de cinema.

      O que acontece, na prática, entre os sensores de tamanhos diferentes, é que o foco fica bem mais difícil na 5D porque o sensor, sendo maior, tem uma distância focal mais limitada. Se isso facilita obter um desfoque do fundo, dificulta o trabalho de foco preciso. Mas foi justamente esse fundo desfocado quando comparado com as câmeras de vídeo baratas anteriores, que tinham sensores muito pequenos, que foi um dos motivos pras HDSLRs ficarem tão populares. O sensor maior, quando utilizado com lentes fotográficas normais, também faz com que as lentes fiquem mais “abertas”, ou seja, ficam mais para o lado das grande angulares enquanto que as mesmas lentes em uma câmera com sensor Super 35mm ficam mais para o lado das teleobjetivas.
      Mas isso não é um ponto fraco para nenhum dos sensores, e sim um dado que o fotógrafo tem que levar em conta na hora de escolher as lentes para os projetos.

      Sensor maior é melhor para fotografias em still, em alguns casos. Mas, para filmagens, devido à resolução reduzida, o sensor Super 35mm é um tamanho excelente.

  13. Muito obrigado pelo grande trabalho que tem feito com as imformaçøes nesse site, sou do interior de goias e fico muito feliz por ligar a internet e ler e aprender sempre com seu trabalho muito obrigado mesmo.
    Tenho uma 5dmark ii e uma 5dmark iii e uma fs100 estou vendendo a fs100 e quero black magic.

    • Leonardo, nós é que ficamos felizes ao saber que estamos sendo úteis. Boa sorte com sua futura BMPC!

  14. http://www.bhphotovideo.com/c/product/732108-USA/Canon_4411B002_EF_300mm_f_2_8L_IS.html/ul/P/umse/0

    http://www.bhphotovideo.com/c/product/423691-USA/Canon_1056B002AA_EF_85mm_f_1_2L_II.html/ul/P/umse/0

    http://www.bhphotovideo.com/c/product/457680-USA/Canon_1257B002AA_Normal_EF_50mm_f_1_2L.html/ul/P/umse/0

    http://www.bhphotovideo.com/c/product/162614-USA/Canon_2512A002_Wide_Angle_EF_35mm.html/ul/P/umse/0

    Bom, como você deve saber estou começando ainda, estudando e praticando por enquanto. Essas são as lentes que eu JA POSSUO. Minha pergunta é: Eu preciso de algum tipo de adaptador para utiliza-las na BMPC? Estou pensando em adquirir lentes da Rokinon ( dessa linha http://www.bhphotovideo.com/c/product/895598-REG/Rokinon_cv85c_85mm_T1_5_Cine_AS.html/ul/P/umse/0 )você acha que seria uma boa pedida? Elas servem para a BMPC? Mesmo com esses valores baixo, sao de qualidade??

    E tirando o valor final ($$$), numa comparação direta, Canon 1DC ou BMPC? (para curtas, longas e publicidade).

    Obrigado

    • Wilson, Você tem um ótimo jogo de lentes para começar. Só falta uma grande angular. As Canon devem funcionar nela sem problemas, diretamente, sem adaptadores. Quanto às Rokinon, são lentes muito boas e apresentam um custo/benefício fantástico. Um jogo dessas lentes formaria um bom conjunto com a BMPC.

      Quanto à comparação, na teoria a BMPC é superior em diversos aspectos. Mas não existem comparativos práticos entre as duas ainda. Só poderemos afirmar, com certeza absoluta, quando eles forem feitos.

        • A BMPC tem bocal ativo Canon, portanto praticamente qualquer lente para Canon será compatível – a não ser que ocorram problemas de comunicação eletrônicos. As Rokinon têm a vantagem de ser manuais, o que as torna 100% compatíveis, com certeza.

    • Leonardo, a princípio, sim. Pode ser uma boa escolha para uma lente de uso geral. Só fica uma dúvida no ar. Resta saber se ela será 100% compatível com a BMPC, pois tanto a lente quanto a câmera ainda não estão à venda e, na prática, pode ser que as duas não se comuniquem bem eletronicamente. Mas tudo leva a crer que isso não aconteça. Infelizmente, o jeito é ter um pouco de paciência e esperar. Ou, então, encomendar as duas e arriscar. Afinal, se a lente não funcionar com ela será muito fácil de vender para usuários de HDSLRs.

  15. Uma grande duvida era qual camera conprar, ano passado na infocomm “brinquei” com a BMC primeira geração e já fiquei encamtado. Lemdo esse seu post hj me tiraou a duvida de qual camera comprar, pois preciso de una camrea com SDI Out e com rec longo, coisa que a 5d mk iii nao faz.
    Acho que ela há está disponível no site da B&H por 3.995 dolares.

    • Dudu, está disponível para compras, mas não para entrega. A previsão é mais para o final de julho.

  16. uuummmmmm, sei, sei…, na BH.

    Então nos esteites.

    Mas e ae, como o povo tá fazendo pra trazê-la pro Brasil? ou tá passando numa boa pela receita, quando ela é trazida pra cá por alguma transportadora?

    • Márcio, você pode trazer a câmera legalmente pela B&H. O frete é feito, se não me engano, via FedEx (que recolhe os impostos) e você a recebe em sua casa em poucos dias (depois que ela estiver disponível para entrega), com toda a papelada legalizada. Acho que ainda sai mais barato que comprá-la no Brasil, mesmo sem nota, no Mercado Livre. Você pode também procurar os representantes da Blackmagic no Brasil. Mas, novamente, acho que o caminho legal mais seguro barato é via B&H.

      Se você pretende trazê-la como bagagem, como ela ultrapassa em muito o valor permitido pela Receita, você deve declarar sua entrada e pagar 50% de imposto sobre o valor excedente. Ou seja, se custou 4 mil dólares, você paga imposto em cima de três mil e quinhentos. Você também pode tentar arriscar passar com ela sem declarar. Mas, se for pego, vai ter que pagar o dobro de impostos – 100%. Ou então ficar sem a câmera. Como você deve ser profissional, é melhor não correr esse risco.

      Minha opinião pessoal é que equipamentos profissionais de produção deveriam ser isentos de impostos de importação, desde que adquiridos por profissionais (comprovados) do ramo. Afinal, se o governo dá tantos incentivos para a produção audiovisual no Brasil, por que não torna os equipamentos – absolutamente essenciais para nosso trabalho – também parte desses incentivos?

      • Oi Paulo, obrigado pelas informações, entendi bem sua explicação acho que a melhor forma seria via FedEx mesmo, já comprei uns livros da Amazon, que chegou a passar do limite permitido (tinha me eskecido disso), e veio por uma transportadora, passou pela receita no Brasil, mas tive sorte e recebi tudo rapidão.

        Bom, gostaria de fazer outras perguntas a você, são muitas, entretanto não gostaria de fazê-las aqui abertamente, está relacionado a parte técnica mas…, vc tem um email para passar?

        Aguardo algum retorno, obrigado.

        • Márcio, nossa política é manter as perguntas e respostas públicas, não só para que outros leitores que tenham dúvidas semelhantes possam se beneficiar das respostas, como também para que os próprios leitores participem com soluções. Afinal, temos muitos leitores que são profissionais experientes e têm muito a contribuir.

          Caso você, ou qualquer outro leitor, deseje uma consultoria particular específica, podemos prestar esse serviço. É só entrar em contato que acertamos os detalhes, inclusive o custo.

          • …bom Paulo, melhor deixar, vou acompanhando por aqui mesmo.

            Então, penso que até aquelas dúvidas que tenho e pedido de orientação sobre softwares a adquirir (pra edição) e o que fazer em relação a audio gravado e que acabei colocando em tópicos devidos aqui no fórum, não devem ser respondida, porque creio que se enquadra nesse quesito acessoria que vc menciona.

            Ok, obrigado mesmo assim, vou acompanhando aqui do jeito que der. Na verdade é que, só não desejava deixar pública algumas dúvidas que tenho, apenas isto. Compreendi perfeitamente da maneira que diz.

            Obrigado pela atenção. Até mais.

          • Márcio, fazemos o possível para responder a todas as perguntas que nos fazem aqui no Video Guru. Temos, com isso, ajudado muitos leitores. Mas existe um limite entre responder perguntas úteis a todos e uma consultoria privada que só beneficia uma pessoa. Isso foge do propósito do Video Guru. Como prestamos consultorias para várias pessoas e empresas, também passa a ser antiético com nossos clientes oferecer esse serviço sem cobrar.

            Continue postando suas dúvidas aqui, dentro dos posts pertinentes, que procuraremos responder, como sempre, dentro de nossas possibilidades.

  17. Amigo Paulo, estou muito querendo esta câmera, vc poderia me dizer quanto em média será o custo dela com todos os impostos e fretes comprando direto na BH?

    Grato!

    • Ricardo, melhor você checar diretamente com a B&H, pois não tenho acesso a essas informações.

  18. Ok, Paulo.
    Bom.., achei que aqui se tratava dum site-fórum, mas me enganei, deveria ter averiguado o ramo pelo qual se propunha o site, pois fui pela o que o site me apresentava, coisas como informações sobre softwares, equipamentos, lançamentos, etc.

    E ter ido ao famoso “Quem Somos”.

    Mas obrigado pela atenção, vou postando sim.
    Até mais.

  19. Amigo, sabe dizer se já existe a disponibilidade dela à pronta-entrega na B&H? Pq pelo que fiquei sabendo o maior problema da 2.5K foi não haver disponibilidade dela no estoque.

    • A câmera 2.5K já está disponível para pronta entrega faz um bom tempo. De qualquer forma, basta entrar no site da B&H para verificar a situação do estoque pois, quando ela está em falta, o site avisa.

      Quanto à 4K, a Blackmagic atrasou um pouco. A previsão é para meados de setembro. Como há uma fila de espera, só deve ficar disponível para pronta entrega algumas semanas depois.

  20. Alguém conhece alguém que contrabandeie cameras dos EUA? Nosso maldito governo só falta nos roubar a mão armada. Me sinto um prisioneiro de uma ditadura. A BMPC fica o dobro do preço com esses impostos absurdos. Tá protegendo quem? A indústria brasileira não tem nada semelhante.

    • Concordo plenamente, Marcus. Se o governo quer incentivar a produção de TV e cinema no Brasil, os equipamentos profissionais deveriam vir livres de impostos para profissionais qualificados. Afinal, ninguém pode produzir nada sem equipamentos. Existe um projeto de lei visando essa isenção de impostos circulando há aproximadamente dois anos. Mas toda hora sua votação é adiada. No entanto, a votação de aumento de salários para os políticos é votada como prioridade.
      A única solução, pelo menos a médio prazo, é não votar mais nesses políticos nem nesses partidos que só sabem roubar e que não têm a mínima preocupação com seu povo.

  21. (…) livres de impostos para “profissionais qualificados”.

    Nossa! permita-me o comentário, mas quanto preconceito vem embutido nesse trecho final, hem!

    Independente de qualificado ou não, o que (pode) fica(r) são os que tem garra (persistência, criatividade) e talento.

    • Márcio, não é uma questão de preconceito, de forma alguma. É simplesmente uma realidade, pois se não for aberto somente para profissionais que provem que realmente trabalham com produção, um batalhão de espertalhões vai querer importar equipamentos sem pagar impostos para revender. Essa qualificação existe no mundo inteiro, de uma forma ou de outra. Na Europa, você compra equipamentos sem impostos desde que tenha uma produtora cadastrada. O mesmo acontece em diversos estados americanos. No Brasil parece que a lei exigiria apenas um registro profissional. Nada que ninguém com garra e talento não possa conseguir.

  22. Olá, apesar de iniciante, já estou decidido em adquirir a BPC. Também mesmo sabedor do custo das lentes Zeiss CP, quais modelos você indica para, no meu caso, utilizar para documentários esportivos cujo personagens trabalham a mais de 200km/h, bem como temas de meio-ambiente???

    • Jones, essa é uma pergunta um pouco vaga para poder definir exatamente que lentes serão necessárias. Mas para a BMPC, um jogo de básico uso mais geral seria o seguinte: 18mm, 28mm, 35mm, 50mm. Se você vai usar a câmera dentro de um veículo, talvez a 15mm seja necessária. Já se você vai fazer tomadas de um carro passando, de longe, uma 85mm ou uma 100mm sejam necessárias. Para entrevistas a 35mm seria uma lente normal, com a 28mm já dando uma abertura maior. A 18mm seria ótima para as tomadas abertas externas nos casos de meio-ambiente.

      • ok. já foi de grande valia as informações…. optei por fazer o pedido das seguintes lentes com a BMPC:

        Zeiss Lente de Cinema Compact Prime CP.2 100mm/T2.1 CF
        Zeiss Lente de Cinema Compact Prime CP.2 85mm/T2.1
        Zeiss Lente de Cinema Compact Prime CP.2 50mm/T2.1 Makro
        Zeiss Lente de Cinema Compact Prime CP.2 28mm/T2.1
        Schneider Lente Grande Angular 1072700 CINE-XENAR III
        Zeiss Compact Prime CP.2 15mm/T2.9 Montagem F com marcações imperiais

        O que vc acha?

    • A mais recente previsão é até o final de outubro. Mas quem estiver na fila receberá antes. Então a disponibilidade nas lojas vai demorar ainda um bom tempo.

      • Paulo, alguns comentarios em outro site, dizem que algumas pessoas, vamos dizer “sortudas” tem encontrado esta pequena joia em algumas lojas, tipo Adorama e outras menores! Viajo em novembro e espero ter esta “sorte”! Se tal acontecer prometo empresta-la para voces fazerem uma analise profunda e dividir com todos nós! Por enquanto tenho coseguido otimas imagens com minhas duas 50D + ML! Veja uma amostra em: http://vimeo.com/71525850 um abraço

        • Existem várias pessoas que não tem o que fazer que andam divulgando posts falsos sobre a disponibilidade da BMPC 4K. Inclusive com imagens alteradas facilmente no Photoshop. A câmera ainda não está disponível porque o fornecedor dos sensores entregou a versão final diferente dos protótipos, o que está dando um certo trabalho para a Blackmagic.

          Infelizmente acho muito difícil você encontrar uma para pronta entrega em novembro, mesmo que ela seja disponibilizada em breve, pois tem muita gente na lista de espera. Mas você pode dar sorte… A jogada mais certeira, com as outra câmeras da Blackmagic, tem sido procurar em lojas menores e menos conhecidas pois todo mundo encomenda nas maiores como a Adorama.

          Se os 4K não forem essenciais para você, sugiro que você considere a BMCC (Blackmagic Cinema Camera) de 2.5K. Ela é excelente, tem mais latitude que o modelo 4K, custa metade do preço e pode ser encontrada para venda imediata. Diversos testes mostram que ela tem mais definição que algumas RED e, convertendo seu sinal para 4K, que é fácil de fazer, sua imagem fica excelente. Isto é, se você conseguir exibir o material em 4K…

          • Paulo, eu estou mesmo interessado na BMPC. Mas concordo que a BMCC esta com um preço otimo, imbativel.
            Obrigado

  23. Olá Paulo, e ai vc já teve oportunidade de conferir de perto a BMCP4k ? Já vi umas imagens muito boas, até agora os únicos “poréns” que percebi é a latitude quando comparada a BMCPC ou a BMCC e uma distorção nas altas, estouros que criam ruídos estranhos. Sobre a entrega dessas câmeras vc sabe como tá a capacidade da BM atender aos pedidos?

    • Ely, a imagem da BMCC 2.5K ainda é melhor que a da 4K. Hoje você consegue comprar a 2.5K na hora, mas a 4K ainda está sendo entregue para quem estava na fila de espera e não está disponível para pronta entrega em nenhuma loja.
      Como “poréns” você esqueceu de levar em conta que você gasta 4 vezes mais espaço de armazenamento na captação e na edição, ainda não grava em RAW (se precisar para algum projeto com orçamento mais alto), e necessita de um fluxo de trabalho de pós muito mais complicado, com uma conversão para baixo para 1080p ou 2K caso você rode em 4K (se for pra rodar em 1080p, a BMCC é melhor em tudo menos no obturador global).
      Lembre-se que não existe exibição em 4K na TV, e nem existirá tão cedo. E que a melhor câmera de cinema digital do mundo, a ARRI Alexa, não roda em 4K.

        • Por enquanto, não. Ela deve gravar em RAW no futuro, via upgrade de firmware. Mas não é algo que você poderá fazer no momento.

          • Paulo na descrição do sita da BM tem “Compressed Recording Formats
            Visually lossless compressed CinemaDNG RAW with film dynamic range at 3840 x 2160. Apple ProRes 422 (HQ) at 3840 x 2160 and 1920 x 1080 with either film or video dynamic range.”

          • Sim, só que a função de gravar em RAW ainda não foi implementada e não há data definida para que seja. Gosto de avisar que é para ninguém comprar contando com essa função e se decepcionar. A Blackmagic está trabalhando nela, mas preferiu colocar a câmera à venda logo em vez de criar maiores atrasos.

          • A decepção está instalada! ehehehe, acredito que a BM deveria estabelecer as mesmas opções da 2.5k, enfim.
            Mais uma vez obrigado Paulo, parabéns pelo site.

          • O RAW virá. Mas os 4K é que são o problema. O RAW na 2.5K é sem compressão. O da 4K terá compressão, assim como o da RED, pois a quantidade de dados é muito grande para gravar sem compressão. Se não houvesse compressão, um drive SSD de 480GB gravaria algo em torno de 20 minutos. Mas a compressão promete ser sem perda de qualidade, o que não é um problema. É provável que até a 2.5K passe a oferecer essa opção para economizar espeço de armazenamento.

  24. PRECISO DE AJUDA !!!!
    Sou amador … não tenho experiencias com cameras de categoria mais profissional …
    Crio cavalos de corrida e gosto bastante de trabalhar com edição de videos … Vou pra Miami no final do mes e quero trazer uma boa camera pra eu utilizar aqui e vi muitos comentarios sobre as 2 irmãs black magic e pocket black magic … preciso tirar algumas duvidas….

    1 – essas cameras conseguem gravar em 3d também ?? se sim as lentes são caras ??
    2 – Essas cameras são de facil manuseio pra pessoas sem experiencia ?? Ela tem algum modo mais “automatico” para gravação ??
    3- Qual seria a lente para comprar que seria uma “coringa” pra usar em situações mais comuns e que marca tem bons preços de lente ??
    4 – O que recomendam pra mim ??
    Desculpem pela ignorancia …

    att

    Luiz

    • Luiz, assim como existem diversos tipos de cavalos para cada aplicação e um puro sangue de corrida não seria o cavalo mais aconselhado para passeios de final de semana com as crianças, uma câmera profissional como as Blackmagics não seria a mais indicada para uma pessoa inexperiente. Além disso, nenhuma câmera profissional tem funções automáticas. Elas exigem um conhecimento técnico muito maior e um fluxo de trabalho muito mais complicado.

      No seu caso, eu andei pesquisando as melhores câmeras de vídeo com funções automáticas e creio que a Panasonic HC-V720 seja a melhor opção. Ela grava em FullHD, tem um zoom ótico de 21X e lente excelente desenvolvida em colaboração com a Leica. A qualidade da imagem é excelente e ela tem a vantagem de filmar em câmera lenta – uma função que deve ser bastante útil para captar imagem de cavalos de corrida. Não se esqueça de comprar algumas baterias extra e mais cartões de memória.

      Quanto a 3D, foi uma moda passageira e nenhuma das melhores câmeras de 2014 apresenta esse recurso. No mercado profissional o 3D também praticamente sumiu desde o início do ano passado.

  25. Olá Paulo
    gostaria de saber em 60p ela grava em 1080 ou 720 ?
    qual seria a melhor bateria externa para ela ?
    o cartão dela dura quantas horas ?
    obrigado !

    • Arthur, ela não grava em 60p. Só em 59.97i. Você pode usar diversos tipos de baterias externas, desde as Anton Bauers até as V-Mount. Eu recomendo a Switronix, que oferece um kit com mount específico para a Blackmagic e um carregador.

      Quanto ao tempo de filmagem, em 4K ProRes você grava até 72 minutos em um SSD de 480GB.

  26. Qual a melhor para comprar ??

    Ursa ou Blackmagic desing 4 K ????

    E quais lentes vc indica o/ vts e institucionais ( 02 no máximo)
    Tem como adicionar um viwfinder na Ursa ?

    • Eduardo, depende muito do seu orçamento e a necessidade de ter uma câmera de formato tradicional (Ursa). A Ursa, além de mais cara, utiliza cartões de memória muito mais caros do que o SSD da 4K. Ambas as câmeras têm saídas SDI para um viewfinder. Só que a Ursa tem mais saídas. Quanto às lentes, fica um pouco difícil de aconselhar porque depende do tipo de produção. Se você tem mais controle e pode usar lentes prime, eu recomendo as da série cinema da Rokinon. São baratas e a qualidade é excelente. Mas se você for fazer institucionais do tipo documentário, talvez umas lente zoom sejam mais adequadas. Mas elas vão sair mais caras, de qualquer maneira, do que um jogo completo de primes da Rokinon.

      A última consideração é: você realmente precisa de 4K?… Ou não estaria melhor servido por uma BMCC 2.5K? Pense bem nisso, pois o resultado final em 1080p (você não vai precisar mais do que isso para institucionais) será idêntico, só que optando pelos 4K você vai gastar muito mais dinheiro em armazenamento para filmagens, armazenamento para edição e arquivos (e drives mais velozes), muito mais tempo adicional na pós para conversões, e máquinas bem mais parrudas para trabalhar com os pixels adicionais.

  27. Ainda estou em dúvida de qual câmera adquirir (BMCC x BMPC) para captar imagens em queda livre (paraquedismo), para vídeos publicitários e institucionais. Muitas cenas é interessante eu trabalhar em super slowmotion… qual seria a solução para obter este tipo de imagem com essas câmeras? Filmando em 59.97i é possível? Para imagem de solo estava pensando na Ursa… o que vc acha?

    • Jones, nenhuma das câmeras da Blackmagic faz slow motion nativamente. A solução é fazer no programa de edição, compositing, ou correção de cor. Quando você utiliza a tecnologia Optical Flow, consegue obter câmera lenta tão boa quanto a gerada na maioria das câmeras que têm esse recurso. No caso dessas três câmeras, todas vem com o DaVinci Resolve Full, que faz câmera lenta em Optical Flow sem render, em tempo real. Você só precisa de um computador que tenha uma placa gráfica adequada.

  28. Paulo M. eu so Africano de origem Angolano gostes miuto das tua dicas.
    Eu estou criar um estudio ser eu possso apostar no Materia da Blackmagic.
    1. Camera Blackmagic UTSA 4K
    2.ATEM Production Studio 4K
    3.ATEM 1 M/E Broadcast Pane l4K
    4.ATEM 1 M/E Production Studio 4K
    EU GOSTARIA QUE MANDA-SE ME OUTROS MATERIA DO MESMO.
    UO EMTAM MANDA-ME OUTRO MATERIA TAMBE 4K FUUUUUIII.

    • Claudio, estaremos publicando várias matérias. Pode ir de Blackmagic que você vai adorar.

  29. Paulo, neste mês adquiri minha Black Magic 4K, mas ela veio com um barulho na ventoinha que inclusive interferia nas gravações. Troquei o equipamento com meu fornecedor (caixa fechada novamente), mas ao testar a máquina, esse barulho também existia no novo equipamento.

    Esta é uma falha do produto ou eu estou sem sorte mesmo? Há correção, como devo proceder?

    Obrigado desde já.

    • Fabio, acho que você está sem sorte, mesmo. Como você pegou duas câmeras com o mesmo fornecedor, pode ter acontecido de ter vindo uma leva com ventiladores ruins pois, geralmente, os ventiladores são silenciosos. Tente trocar mais uma vez, pois não é normal isso acontecer.

Deixa seu comentário

GALERIA

1 5186

A interação entre ação viva e animação tem sido explorada ao longo da história do cinema, com muitos exemplos dos estúdios Disney e o inesquecível "Uma Cilada para Roger Rabbit", dirigido por Robert Zemeckis. O resultado, em geral, é estimulante. Pensando bem, a idéia...
8 5658

Esse vídeo fantástico, feito na Rússia para o lançamento de um projeto imobiliário, foge totalmente dos padrões tradicionais e utiliza a fantasia, com imagens incríveis, no lugar do uso tradicional de plantas e animações dos prédios em computação gráfica....
1 6313

Há algum tempo, publicamos um post com um vídeo do editor Piu Gomes, criado para responder a essa pergunta essencial para quem quer entender a linguagem audiovisual: o que é montagem? Também publicamos, há mais tempo ainda, outro post chamado...