Home Artigos Hardware Alerta -­­­ Leia antes de comprar o novo MacBook Pro Retina Display

Alerta -­­­ Leia antes de comprar o novo MacBook Pro Retina Display

O novo MacBook Pro Retina Display é certamente um objeto de desejo do mais alto nível. É rápido, ultra fino e tem um display maravilhoso. No entanto, pode não ser a melhor ferramenta para uso profissional. Principalmente se você pretende usá-lo como seu único computador.

O motivo de muitos profissionais de audiovisual utilizarem computadores Apple é que geralmente são máquinas excelentes, bonitas, agradáveis de usar e com um sistema operacional bem estável. Mas, no fundo, não passam de ferramentas de trabalho.

Como todo profissional tende a utilizar as melhores ferramentas disponíveis dentro de seu orçamento, temos que levar em consideração a praticidade além da simples beleza, da performance e do desempenho. E é no quesito praticidade que a Apple deu uma tremenda derrapada com o projeto do MacBook Pro Retina Display.

Profissionais dependem de ferramentas de trabalho versáteis e confiáveis, que estejam à sua disposição quando forem requisitadas. Além disso, nossos computadores precisam ser constantemente melhorados e, frequentemente, consertados.

O novo MacBook Pro Retina Display recebeu do site ifixit.com, que o desmontou, a pior avaliação possível quanto à possibilidade de reparos. Resumindo, o laptop mais sexy do momento é impossível de ser melhorado, modificado ou até mesmo reparado a não ser pela própria Apple.

Sabemos que muitos fanboys afirmam que Macs nunca quebram. Mas minha longa experiência com Macs indica justamente o contrário. Macs duram muitos anos, sim, e meu Power Mac G4 comprado para ser minha primeira ilha de Final Cut, em 2001, continua em uso, firme e forte, pela minha filha.

Porém, todos meus muitos Macs, sem exceção, a não ser por esse Power Mac e um Mac Mini Intel Core Duo, apresentaram um ou mais problemas e tiveram que ser consertados. A maioria das vezes dentro da maravilhosa garantia da Apple.

Só que, a maioria das vezes que meus Macs quebraram, fiquei muitos dias sem computador. Embora a Apple do Brasil tenha em estoque as peças mais comuns, muitas vezes a peça quebrada teve que ser encomendado dos EUA pela própria Apple e chegou a demorar até 90 dias para chegar. Ou seja, se não tivesse outro computador semelhante à disposição, ficaria sem ferramenta de trabalho.

Uma vez cheguei até a ter que comprar outro laptop na correria para poder trabalhor, pois o meu ficou incapacitado por um problema de update de software oriundo da própria Apple. Problema esse que me deixou mais de 10 dias sem o computador. Fora isso, quebraram fontes de alimentação, HDs, DVDs, placas gráficas, displays, uma placa lógica, teclados, memórias, inúmeras baterias e o caso do meu MacBook rachou duas vezes. Felizmente foi tudo substituído e os compuadores voltaram a funcionar perfeitamente.

O que me leva ao novos MBP Retina Display e porque eu, pessoalmente, não compraria um no Brasil a não ser que a Apple garanta um computador substituto enquanto o meu estiver sendo enviado para a fábrica para conserto – e, sabe-se lá quanto tempo vai demorar para voltar. Simplesmente não há como consertar a não ser pela própria Apple e, talvez, pela sua rede de autorizadas.

Para começar, a Apple voltou a criar um problema que apareceu com os primeiros MacIntosh, em 1984 – os parafusos fora de padrão. Naquela época, os parafusos dos Macs requeriam ferramentas que não estavam disponíveis para o público em geral. Por isso, só a Apple e suas autorizadas podiam mexer nos bichinhos, e isso levou diversos usuários a abandonar o Mac como plataforma de trabalho. Além do conserto sair bem mais caro, demorava muito.

O novo laptop da Apple novamente utiliza parafusos que necessitam de chaves especiais. Daí, no momento, pouquíssimas pessoas tem como abrí-los. Só que, mesmo que os chineses passem a vender essas ferramentas a preço de banana no eBay, não vai adiantar muito. Porque, uma vez aberto, você descobrirá que nada no novo Mac pode ser alterado ou susbtituído pelo usuário ou técnico comum.

Aliás, pode esquecer qualquer upgrade, porque o laptop foi desenhado para morrer do jeito que nasceu. O problema é que quase tudo nele é soldado ou colado. As memórias são soldadas na placa lógica e não há nenhum slot. Esqueça qualquer expansão. E, se um dos módulos de memória pifar, como pode acontecer a qualquer hora, diga adeus a seu novo Mac por um bom tempo até a fábrica consertá-lo ou a Apple lhe dar um novo.

Isso se ele estiver na garantia, claro. Senão, pode dar adeus a muitas centenas ou até alguns milhares de reais para consertá-lo. Nunca o Apple Care foi tão necessário. No caso dos MBP Retina Display, é praticamente uma obrigatoriedade, ainda mais tendo em vista a garatia de fábrica de apenas um ano.

E o drive SSD? Quer trocar por um maior? Sentimos muito, mas a Apple resolveu usar um modelo proprietário em uma placa separada! O que? Isso mesmo, o drive SSD não é compatível com nada no mercado. Consiste de uma unidade Samsung, porém soldada nesta placa única e incompatível com qualquer outro computador existente no momento.

O que nos leva ao problema da longevidade dos drives SSD. Se você ainda não experimentou pessoalmente ou ainda não ouviu nenhuma história de horror sobre esses drives de amigos ou colegas, basta uma simples busca no Google para descobrir que  essa é uma tecnologia com uma série de problemas de durabilidade.

Então, o que acontece se seu drive pifar? Você não tem alternativa a não ser entregar seu computador para a Apple consertar. Se tiver sorte, ela terá o drive em estoque. Mas, de acordo com minhas experiências anteriores, isso vai ser pouco provável. Mais uma vez, prepare-se para uma separação forçada e prolongada de seu adorável laptop.

Espere que ainda tem mais. As baterias do novo computador são simplesmente coladas na parte de baixo dele. Isso mesmo, coladas. E não são nem um pouco fáceis de substituir, mesmo que você consiga a tal ferramenta especial para abrir o laptop. Tendo em vista os diversos problemas que enfrentamos com baterias que perdem a carga ou que até explodem após alguns meses de uso, isso passa a ser uma consideração séria.

Bateria original da Apple estufada

Já tive duas baterias originais da Apple que estufaram dentro do meu laptop. Imagina se isso acontece dentro do magérrimo Retina Display? A pressão pode até danificar a placa lógica ou outros componentes internos. Mesmo que isso não aconteça, todos sabemos que baterias têm um tempo útil de vida. O que fazer quando morrerem?

Para finalizar, o display tipo Retina também é colado na tampa do laptop e não pode ser removido. Daí, se precisar ser reparado por defeito ou um simples acidente, todo o conjunto da tampa tem que ser trocado. E isso não vai sair barato, não – alguns milhares de reais, com certeza.

Levando os itens acima em consideração, você ainda acha que o novo MacBook Pro Retina display é uma boa ferramanta de trabalho? Se acha, com certeza inclua o Apple Care em seu orçamento, o que o tornará ainda mais caro. Mas, a não ser que você goste de viver perigosamente, não há como evitar essa despesa extra sem correr um risco muito grande de perder todo seu trabalho de uma hora para outra.

Aliás, devido a essa enorme dificuldade de reparos, com esse novo laptop é, mais do que nunca, imprescindível que você faça backups, pelo menos uma vez por dia, de todos seus trabalhos em um drive externo. Caso contrário, o prejuízo pode ser muito maior do que o computador em si.

E, como diria nosso querido Steve Jobs, só mais uma coisa… A portabilidade desse laptop está muito prejudicada pela falta de portas firewire. Se você depende desse formato para trabalhar, prepare-se para carregar na sua mochila, além do drive externo e um possível drive ótico, um adaptador de thunderbolt para outros formatos. Ou seja, o MacBook Pro clássico, apesar de não ser tão fino, é muito mais portátil.

A tela Retina Display é uma grande tentação mas, se você deseja uma ferramenta de trabalho realmente confiável e que possa ser reparada em praticamente qualquer lugar, além de poder sofrer upgrades frequentes, considere o MacBook Pro clássico. Pelo menos até a Apple reconsiderar que o mercado profissional exige muito mais que uma cara bonitinha e um corpinho perfeito.

No entanto, se você usa um iMac ou um Mac Pro como ferramenta principal e pode correr o risco de ficar um tempo sem seu laptop, o MacBook Pro Retina Display não deixa de ser uma máquina sexy, poderosa e capaz. Pelo menos, por enquanto…

Gostou do artigo ?

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber as atualizações do VideoGuru.

Autor
Paulo trabalhou na Rede Globo de Televisão como roteirista, diretor e editor e também escreveu sete longa metragens do grupo Os Trapalhões. Em 1991, abriu uma produtora nos EUA, onde conquistou vários clientes importantes, recebeu diversos prêmios e escreveu centenas de artigos como editor contribuinte para algumas das mais importantes publicações profissionais americanas e internacionais. Hoje Paulo trabalha como colorista para TV e cinema, com clientes no Brasil, Estados Unidos e Europa.
Artigos relacionados
12 5083

O cinema digital nunca viveu um período tão interessante. Se a câmera de cinema digital chinesa iniciou a revolução dos preços baixos, foi a Blackmagic que venceu a corrida e lançou no mercado as verdadeiras câmeras revolucionárias. Agora...
30 6148

Eles são a última novidade do mercado. Monitores bem mais largos que o normal e que oferecem muito mais espaço para trabalhar. Além disso, são perfeitos para reproduzir filmes em formato cinemascope. Com um desses monitores você consegue praticamente o...
65 comentários Nesse post
  1. Muito bom o artigo. Concordo com tudo o que você disse. Não compensa pagar tanto em uma maquina que é não é nada flexivel com relação a upgrade. A estratégia da apple é lucrar em cima dos fanboys metendo o apple care em cima, e deixando as maquina obsoletas mais rapidamente.

    é aquele discurso: Eu te vendo um computador: vc pode tocar, admirar, limpar, babar em cima e brincar… mas vc não pode abrir, nem mexer no que está dentro.

    Mas, mesmo assim, caso vc queira fazer upgrade, traga aqui na assistência autorizada, que meteremos um facão bem largo e afiado em suas costas.

    • A máquina, pelo jeito, talvez nem aceite upgrade. O artigo pegou no calcanhar de aquiles dela. Uma pena. Esperamos todos que isso se reverta.

  2. Desculpe amigo, mas não sei como anda acontecendo aqui no Brasil, mas quem tem a oportunidade de viajar para fora, e acho que aqui não deve ser ou estar diferente, sabe bem o que estou falando. Ano passado comprei o top do macbook pro 17″ que apresentou problemas na tela dentro da garantia. Esperei porque estava indo para NY na semana seguinte. Entrei na Apple store para saber como mandar para algum assistência mais próxima e quanto dias eu ficaria sem o meu Mac. O vendedor na maior cara de tranquilidade pediu que eu aguardasse 15 min. Voltou já com outro ZERO KM para me entregar. Desculpem .. mas os tempos mudaram .. os caras hoje são os maiores no mundo.

    • Pois é, nos países do primeiro mundo, onde existem as Apple Stores, a realidade é outra. Aqui no Brasil ficamos reféns de vários fatores, incluindo a arcaica posição do governo em realação a importações, com uma burocracia enorme e impostos que são um verdadeiro roubo. Também não temos assistências técnicas da própria Apple, e sim credenciadas.

      Nem todos podem viajar para o exterior quando seus computadores quebram. E, a não ser que a Apple adote uma postura diferente em relação aos Retina Display, contunuaremos dependendo de peças importadas que nem sempre se encontram em solo brasileiro. Aliás, devo acrescentar que a Apple do Brasil é muito mais simpática com o consumidor em relação a certos problemas do que a americana. Há alguns anos, comprei um PowerBook Titanium nos EUA e a tela veio com 2 pixels mortos. Levei na Apple de lá e eles se recusaram a trocar, pois consideravam 2 pixels mortos um problema apenas estético. Só de 3 ou 5 para cima, não me lembro exatamente, é que eles trocariam. Aqui no Brasil levei o mesmo computador em uma assistência autorizada e eles trocaram minha tela sem problemas pois, segundo eles, para a Apple do Brasil 1 pixel morto já é considerado defeito.

      Meu defeito mais recente com um laptop da Apple aconteceu faz poucos meses. Como era uma peça comum, foi consertado em uma semana. Comparando com outras marcas de computadores, a Apple dá um show aqui no Brasil. Mas estamos longe de ter o mesmo atendimento de uma Apple Store oficial.

    • Desculpe também, colega. Mas eu morei fora também e a realidade, a consciência social e cultural de lá está anos-luz daqui do Brasil. Inclusive já passei por experiência similar a sua, mas aqui não é assim, e você sabe disso. E isso não depende de ser Apple, HP ou whatever

      • Marli, com certeza não se trata somente da Apple. Aqui o descaso com o consumidor é um absurdo na maioria das empresas. A Apple até que é uma das melhores, mas fica refém das nossas dantescas políticas de importação que não protegem indústria nacional nenhuma, pois não existe indústria nacional de alta tecnologia. São todas indústrias estrangeiras que se estabeleceram no país e, por conta de leis criadas por indivíduos totalmente incompetentes e alheios ao que se passa no resto do mundo em termos de comércio internacional, acabam protegendo essas indústrias estrangeiras dos seus próprios concorrentes no exterior. Por conta disso, e de outros fatores, as alíquotas de importação são absurdas e a burocracia faz com que carregamentos de peças fiquem presos nos portos e a papelada atrasa a reposição das peças.

        Recentemente uma amiga americana que se encontra no Brasil teve problema com um celular de uma empresa coreana. Ao levá-lo à autorizada, se recusaram a consertar, na garantia, alegando que o aparelho não havia sido comprado no Brasil. A ironia é que fazia pouco tempo havia saído um artigo em um jornal explicando que as indústrias que vendem aparelhos no Brasil são obrigadas a consertar aparelhos portáteis comprados no exterior, honrando a garantia internacional. Ou seja, se o consumidor praticamente não sair no tapa com a assistência técnica, seus direitos são jogados no lixo. De posse dessa informação ela voltou na autorizada, exigiu seus direitos e eles concordaram em consertar. Só que faltam peças… E a empresa comercializa o mesmo modelo no Brasil.

        Como não podemos depender de longas esperas para consertar nossas ferramentas diárias de trabalho, ter uma máquina como essa essa, que depende da troca de componentes especiais que só a Apple tem, é um problema na realidade do Brasil.

    • Pow, nós estamos no Brasil, mas é legal seu testemunho, já morei em NJ e minha família continua lá, mas ñ posso ir lá todas as vezes que eu preciso, portanto, interessante a Apple vir para o Brasil, mas o artigo tbm esta falando dos problemas do novo MacBook Pro com tela de Retina, é praticamente descartável, pelo menos é o que parece. abrsss amigo. e obrigado por compartilhar sua história conosco.

    • Obrigado, Bruno. Já corrigi o erro. Culpa do aplicativo do WordPress para o iPad, que não tem corretor de texto. E, quando nós mesmos revisamos, sempre passa alguma coisa sem percebermos.

  3. Infelizmente trabalho com essas maças podres… e quando isso quebra vc tem que pegar o carro, levar até uma autorizada, esperar pelo orçamento, contar com a sorte e boa vontade para ter o quanto antes possível, logicamente pela simbólica facada nas costas… Agora aonde fica a autorizada da Dell? Não existe pq eles vem até o seu equipamento, fazem o serviço de forma eficiente em 24h e tudo isso a um preço justo!!!

    • É verdade. Bem que a Apple poderia aprender com a Dell a lidar com os consumidores, principalmente os profissionais.

  4. Nossa, Paulo! Adorei seu artigo! Eu li muitas coisas sobre essa máquina em sites americanos e concordo com tudo q vc disse. Meu namorado (que é americano) vai trocar o Mac dele agora pois o dele com 5 anos de uso já está se comportando com um “pc normal”. Ele consultou um conhecido dele me parece ter alguma relação com a Apple sobre qual máquina comprar (ele trabalha muito com edição de videos) e o cara indicou essa. Desde q ele me falou isso, eu passei a pesquisar sobre o assunto pq ele vai se mudar pra cá daqui a uns 2 meses. Até mandei um email pra ele com todos os prós e contras dessa máquina. Espero q ele faça uma escolha acertada. Se eu fosse ele, ñ compraria.

    Abraços

  5. Ah, esqueci de dizer q esse problema de estufamento das baterias parece ser geral. A dele, estufou faz uma semana. Uma lástima…

  6. 90 dias esperando a peça? Voce sabia que voce podia pedir o seu dinheiro da nota fiscal inteiramente de volta neh? Qualquer produto que fique na assistencia ou demore as peças por mais de 30 dias dentro da garantia voce tem direito ao reembolso total, o valor pago na NF.

    • Aconteceu isso comigo. Comprei um iMac e com 2 meses de uso ele simplesmente nao reiniciava. Levei na iPlace aqui de São Paulo e passados 30 dias sem conserto eu exigi um iMac novo, e a Apple me deu um novinho!
      Fica a dica pro pessoal…

      Abs,
      Ricardo

  7. Texto muito bom e realmente pega no calcanhar da Apple. O problema é que ela ta trazendo coisas demais do iPad para o mundo real e isso se torna um saco pra quem usa o bichinho pra trabalhar. Por isso mesmo prefiro investir em um macbook pro não retina, alé da facilidade de upgrade, preço menor, como uso ele no lugar do meu desktop, não dependo tanto assim da tela de 13″, bom mesmo vai ser quando ela lançar cinema displays com a resolução retina.

  8. Meus parabéns pelo artigo. Sou editor de vídeo e com a chegada das DSLR está me exigindo um upgrade na minha estação de trabalho. Com certeza estou muito triste por essa informação. Jamais imaginei ver uma memória ram soldada na placa. Fico muito descontente com a apple e ver essa nova série ter uma arquitetura tão “fechada e restrita”. Estava realmente muito ansioso por ele mas agora perdi a vontade totalmente. Com certeza vou de Macbook Pro clássico. Para não ficar na desvantagem eu vi que existe o upgrade de substituir o drive de dvd por uma unidade SSD. Isso irá garantir uma velocidade tão boa quanto o retina e com a segurança de poder alterar ou personalizar a máquina de acordo com as minhas necessidades.

    Parabéns Paulo pelo artigo, realmente muito bom mesmo.

    Vou deixar um link aqui de uma sessão da desmontagem completa de um retina display.
    http://www.ifixit.com/Teardown/MacBook-Pro-with-Retina-Display-Teardown/9462/1

  9. Uma correçao. Os parafusos nao sao “fora de padrao”. Sao parafusos ‘torx”, bastante comuns em alguns eletronicos como videogames (xbox e ps3). Em qualquer loja de ferramentas, de peças eletronicas ou materiais de construçao se encontram chaves torx no Brasil.

    • Emilio,
      Os novos Retina Display possuem parafusos do tipo pentalobe. À primeira vista parecem com os torx, só que estes possuem seis pontas e os pentalobe possuem cinco. É só olhar com atenção que você verá a diferença. Que eu saiba, não existem chaves pentalobe à venda no Brasil. Se você souber onde encontrar, por favor nos indique um endereço pois pode vir a ser útil para nossos leitores. Se bem que não há muito que mexer nos MBPR…

  10. Olá amigo, nem tudo no Retina é soldado, e como sempre vários geeks no mundo estão neste exato momento tentando reverter esta situação. algo que já aconteceu foi a substituição do disco sólido por uma de maior capacidade, como você e seus leitores podem ver neste vídeo ( http://twit.tv/show/know-how/10 )…vamos torcer que logo melhoras possam chegar…

  11. Muito bom este artigo escrito aqui , e quero espor aqui a situação que eu estou vivenciando com o meu macbook white,eu estava com o case do meu notebook com uns cortes nas laterais na frente perto do mouse ,e fui na loja e asistencia autorizada Da Apple aqui Do shopping da cidade a onde eu moro,e conversando com um tecnico da asistentecia da apple, ele me disse que a apple oferece plano de qualidade para os macs e um destes planos faz troca do top case do macbook mesmo fora da garantia de graça,então resolvi levar para eles trocar pra mim,pois o meu estava precisando, a primeira vez que eu levei eles pegaram o serial do mac e disse pra mim que eu poderia levar comigo o macbook pra casa e continuar trabalhando nele e quando o case chegasse eles me ligarião me avisando para eu ir la para por o case que era coisa rapida,so que demorou 2 messes e nada do case chegar, então resolvi ir la pra saber o porque da demora,e eles me falarão que não tinha dado certo e que a apple a matriz tinha cancelado o pedido e que era pra eu ligar no 0800 pra saber o motivo do cancelamento,peguei o numero e liguei e eles me informarão que este plano de qualidade do top case ja tinha terminado e que não tinha como fazer mais,então não estavão mais fazendo,eu entrei em contato com a autorizada aqui da cidade e eles falarão que a pessoa responsavel por fazer o pedido não tinha feito o pedido e que eles iria fazer o pedido novamente so que desta vez eu teria que deixar o macbook la na asistencia,ai foi o meu erro,eu fui la deixar o macbook para fazer a troca mesmo depois que falei no 0800 da apple e eles me falarão que não tinha mais o programa de qualidade,quando cheguei la na asistencia perguntei para o tecnico quanto tempo o meu mac vai ficar aqui? ele disse de 15 a 30 dias o top case chegando a troca e imediata e rapido ,so que eu estava com um trabalho em andamento que precisaria de um notebook ,eu fiquei na duvida pensei demorei um pouco aceitar deixar ele la na asistencia ,pois o tecnico ainda falou que si eu não deixasse eu não teria outra chance para trocar o case ,então eu resolvi deixar e peguei um notebook emprestado para trabalhar,tive que refazer tudo que ja estava feito no meu mac em um outro notebook fiquei madrugadas e madrugadas trabalhando para adiantar o serviço que tive que começar tudo de novo,pois tinha prazo para eu entregar,então depois de 10 dias ficou pronto eles me ligarão e eu fui la buscar o mac e quando olhei para o mac ja vi que estava ja diferente ,estava tudo mal encaixado o top case faltando parafuso nas laterais e na tampa na bordas ao redor do lcd estava a lateral aberta dava pra ver as peças,todo mal encaixado,mostrei isto para o tecnico ele disse a unica coisa que pode ser feito e passar uma cola nas laterais para não ficar esposto as laterais,so que estes problemas era de menos,o que acontece e que eu sai dela super arrependido e quando cheguei em casa e liguei ele percebi que ele estava processando bem mais do que antes e esquentando bem mais,percebi que algo estava errado,então do nada ele apagou ficou em tela escura ,ele estava ligado mais porem em tela escura para eu conseguir ver algo na tela ,tenho que esta em um lugar bem claro,liguei para o tecnico da apple e ele me disse isto e problema do sistema formata ele,então eu formatei ele,por sorte eu tinha comprado um imac e tinha ligado ele em rede com o meu macbook e feito uma copia de todos os meus arquivos que tinha no meu macbook,a formatação não resolveu o problema ,ele continua do mesmo jeito,percebi que ele não processa mais e nem esquenta mais como estava antes,ele esta normal so que com a tela escura,quando eu ligo ele ,ele aparece normal a em poucos segundos escuresse a tela e fica com a tela escura,quando eu baixo a tampa e espero um pouco e levanto ele volta o normal e em poucos segundos escuresse toda a tela,então liguei novamente e o tecnico começou a não me atender mais sempre outra pessoa atendia e falava que ele estava ocupado,então fui pessoalmente na asistencia da apple para falar com ele, e ele não me atendeu nem apareceu ficou escondido la para dentro da asistencia e outro me atendeu,mostrei o problema para o tecnico e ele disse que era o display o lcd, e eu disse si fosse o lcd ele não ligaria alguns segundo e depois escuressia a tela o lcd esta funcionando,ai ele levou o mac para o tecnico que estava si escondendo de mim la para dentro da asistencia e quando ele voltou me disse ,e ele olhou e disse que o problema não e no lcd e a praca logica,e quanto que vai ficar a troca? uns 2 mil reais,vc faz o orçamento si vc for concerta vc não paga o orçamento ,mais si vc não concerta ai tera que pagar o orçamento,ai meu irmão eu fiquei muito puto,ja falei logo e o seguinte vou levar para uma pessoa de confiança e vou saber si este computador foi mechido,eu comprei este mac novo pelo site das lojas americanas,tenho tudo dele nota e tudo que esta porra tem quando si compra novo na loja,vou investigar e si mecherão vou entrar na justiça contra vcs,falei deste jeito bem tranquilo pra eles e sai,alguma coisa aconteceu,o computador e super cuidado ,so uso ele pra editar audio 3 vezes por mes,bem novo,sou o unico que meche nele, e então foi a primeira vez que ele foi aberto, e aconteceu tudo isto com ele,então tem algo errado,isto aconteceu ontem eu estou pensando em levar em uma grande asistencia tecnica que tem aqui na cidade especializada em notebooks para dar uma olhada nele e saber o que tem de errado,pois la na apple eu não deixei eles fazer um orçamento pra saber o que ele tem, eles so falaram que e praca logica e que tem que ser trocado,eu disse a eles então eu posso por fogo nele e comprar um novo ne, e o cara disse compra um mac pro,quase que eu mandei ele pra quele lugar,vou entrar em contato com a apple por imail e falar tudo que aconteceu , apple enviou um imail para mim perguntando como foi o atendimento e eu disse que foi pessimo o pior atendimento que ja tive,e contei o motivo,a apple não tem aqui no brasil tecnicos bem formados,aqui na minha cidade os tecnicos sabe de nada tem 18 a 24 anos de idade, não tem esperiencia nenhuma,e ainda tem a infruencia que outros tecnicos mais esperientes e mais velhos tem as vezes de infruencia a estes mais novos a fazer o que fez no meu mac ,fazer merda cagada, si alguem aqui tiver alguma ideia ou esperiencia para trazer uma orientação para mim de como eu posso resolver este meu problema com o meu mac ficarei eternamente grato…aahh hoje falei no 0800 da apple e descobri que a bateria do macbook foi trocada ,descobri porque eles pediram o sereal que fica na bateria e não bateu com o sereal original,então so confirmou o que eu suspeitava,fui roubado pela asistencia autorizada da apple,eles ficaram de me retorna pra dizer o que vai ser feito ainda hoje so que não retornaram,o macbook esta fora da garantia…

    • Kleber,

      Pelo jeito não trocaram só sua bateria. O defeito da tela escura é geralmente causado por um inversor defeituoso. Se seu computador não apresentava esse defeito antes, essa peça pode ter sido substituída por outra. Ou para te cobrarem um conserto indevido, já alegando que tem que trocar a placa lógica, ou então para consertar outro MacBook que apresentava defeito nessa peça. Outra coisa: o top case é encaixado perfeitamente na carcaça inferior do computador e não leva cola, de modo algum. O uso de cola pode danificar o aparelho para sempre e impedir futuros consertos.

      Aconselho que você fotografe detalhadamente seu computador para documentar a aparência descrita e, de posse das fotos e da informação passada pela Apple de que o número de série da sua bateria não bate, vá à delegacia mais próxima com seu Mac e faça um B.O.. Em seguida, entre em contato imediatamente com a Apple do Brasil, enviando as fotos e cópia do B.O., e exija um solução imediata. Caso o problema não seja sanado prontamente, procure um bom advogado.

      Infelizmente, aqui no Brasil a assistência técnica da Apple é terceirizada e nem sempre é de qualidade. Nos EUA, pelo menos, a própria Apple faz a assistência técnica. Basta levar seu computador a uma loja Apple ou enviar diretamente para a fábrica pelo correio.

      Aqui no Rio de Janeiro existem ótimas assistências autorizadas, mas também tem algumas não tão boas. E muitas vezes basta um funcionário ruim para estragar uma boa oficina. Sempre dei sorte e fui muito bem atendido, mas um amigo ficou esperando meses por uma peça para seu Mac Pro e, quando finalmente o recebeu de volta, ele estava com um defeito grave na fonte que não tinha antes.

      O procedimento normal para a troca do top case é realmente deixar o computador na oficina, e foi o que tive que fazer nas duas vezes em que meu antigo MacBook white teve essa peça substituída. Mas o conserto aconteceu em poucos dias e os funcionários, cientes de que usuários de Mac geralmente precisam de seus computadores para trabalhar, agilizaram o processo ao máximo.

      Também pode valer a pena entrar em contato diretamente com o proprietário da revenda, pois ele pode nem estar ciente do ocorrido e da baixo nível do técnico responsável pelo seu “conserto”.

      Boa sorte!

    • É a diferença entre o Brasil e os países mais desenvolvidos, onde existem as lojas oficiais da Apple. Lá basta ir à loja e devolver. Aqui já é uma dificuldade. Mas você conta com a proteção do Procon. A Fast Shop, onde você comprou, é obrigada a aceitar a devolução. Estive com um especialista do Procon há poucos dias e ele me afirmou isso. Está no código de defesa do consumidor. Portanto, vá em frente com sua reclamação no Procon e boa sorte. Precisamos fazer valer nossos direitos.

  12. Vou pro Canadá,estive pensando em pegar o retina,mas pra navegar na internet,trabalho escolares e jogos leves,não faria MUITA diferença pra mim,vou pegar o Pro mesmo,o Retina só vale a pena pra edição de foto,onde realmente necessita pixels a mais.

  13. Olá Paulo, parabenizando pelo artigo, também observo que entende o suficiente para me dar uma informação muito importante. Sou usuária do leptop macbook pro e comprei no exterior, até agora não tive problemas com ele, (falando baixo). Gostaria de saber sobre a identidade ou seja, a identificação pessoal do mac, explico: existe o IP da rede e o IP da placa do mac, certo? O IP de rede é fixo e identificável por qualquer órgão judicial, correto? E o IP físico da máquina é fixo também, porém pode ser mudado? Se pode ser mudado, ele ainda irá identificar meu ID Apple? Vou explicar melhor, em caso judicial, onde um leptop fora detectado pelas autoridades via IP de rede, poderá se “safar” trocando o IP do mac? Ou ficará identificável essa troca? Em outro caso, se trocar o leptop e permanecer na mesma rede, mesmo assim será identificado? Acho que me fiz entender?

    • Olá Nádia. Não sou nenhum expert em redes, portanto tive que dar uma pesquisada. Se você deseja entrar na internet sem ter seu computador identificado, a solução é usar uma VPN (virtual private network, ou rede virtual privada). Funciona da seguinte maneira: Seu computador estabelece uma conexão direta criptografada com uma rede que esconde o seu ip e assinala outro. Assim, parece que você está conectada de outro lugar do mundo, e a identidade do seu computador também fica invisível pois, para qualquer um, o computador conectado é o servidor, localizado em outra parte do mundo. O programa mais bem recomendado para o Mac é o Hotspot Shield. Resolvi baixar e testar para ver se funciona mesmo e fiquei surpreso. Logo de cara, pouco depois de estabelecer a conexão, recebi uma mensagem na minha conta do gmail alertando sobre a possibilidade de um estranho estar tentando acessar minha conta de um ip de Torrance, California. Esse “estranho” era eu mesmo, pois tentei ver minhas mensagens segundos antes. Quer dizer, funciona mesmo.

      O Hotspot Shield tem uma versão grátis que funciona na base de anúncios. Mas, se você está realmente preocupada com a sua privacidade, você paga apenas US$30 por ano, se livra dos anúncios e ainda ganha acesso a uma rede VPN bem mais rápida.

  14. Caros amigos, diante de tudo que li sobre o tratamento dado aqui no Brasil, devo dividir minha salutar experiência na justiça. Telefonia móvel e fornecedora de energia, dançaram dentro do juizado de pequenas causas em três ocasiões. Alvará na mão e dinheiro na boca do caixa, através de uma canetada do juiz. Tem cem anos para eu esperar noventa dias. uma empresa entregar-me um computador novo em folha. Juizado de pequenas causas é tiro e queda, sem advogado, duas audiências (conciliação e instrução), e, se a empresa recorrer, tome ciência, e não recorra, pois, nenhum consumidor perde. Na alça de mira: uma empresa de aviação, duas teles e mais uma escola. Vocês mesmos podem redigir seus argumentos, suas legitimas queixas, dirigindo-se a um juiz que ainda será sorteado e bye!

    • É perfeito Wank Carmo, eu já precisei para resolver questões de IPTU e em uma audiência ficou tudo resolvido. Abraços!

  15. Boa noite! Tenho um MacBook Pro comprado em 2011 e fora da garantia. Ele apresentou problema na placa de vídeo e orçado na autorizada daqui de Brasília em 2 mil reais. Meu irmão irá nesta semana para os Estados Unidos. Alguém tem conhecimento como é procedimento de reparo na Apple Store de lá? Geralmente é rápido ou é demorado? Vale a pena o custo do reparo lá?
    Obrigado!
    Renato

    • Renato, até o ano passado, pelo menos, a Apple tinha uma política de reparos fantástica que tenho quase certeza que ainda vigora. Se seu irmão levar seu MacBook Pro em uma Apple Store, com pouco mais de US$ 300 eles consertam todos os problemas de seu Mac. É uma taxa única e ele deve pedir por ela como “Flat Rate Repair Price”. Boa sorte!

      • Obrigado Paulo pelos comentários!
        Pelo que encontrei numa rápida pesquisa, esse serviço só é oferecido no Japão e nos EUA.
        Sabe me informar, de forma geral, o prazo do reparo nesta forma de conserto? Pergunto, pois não encontrei nada na net sobre o assunto.
        Obrigado!

  16. Muito bom seu artigo. Parabéns! Já possui três MacBook. Um Pro e dois White, realmente sofri bastante. Me parecem descartáveis! Já meu iMac até hoje foi o computador mais incrível que já possui. Quase quatro anos de uso intenso sem nenhum problema. Estou pensando em comprar um Retina Display só para ouvir música e acessar e-mail, Twitter… Pelo que sabe esse Mac tem mais vida útil que os anteriores? Ou corro riscos até maiores? Maior medo é na placa lógica. Enfim, se poder me responder agradeço. Grato!

    • Danilo, como os Retina ainda são relativamente novos, ainda não temos dados concretos sobre a durabilidade deles em relação aos MacBooks tradicionais. Mas, levando em conta o fato das baterias serem coladas e outros itens mencionados no artigo, creio que os reparos saiam bem mais caros. O que aconselho é que você adquira o Apple Care junto com seu Retina, caso decida comprá-lo, pois assim passa a ter 3 anos de garantia total.

    • Leandro, obrigado por ter alertado sobre o erro. Já foi corrigido. Tem horas que, por mais que a gente revise, sempre acaba escapando alguma coisa.

  17. Desculpe, mas eu tenho um macbook air a 4 anos que já apresenta todos os “defeitos” por você citado e acredito que TODO bônus tem um ônus e a apple calcula muito bem isso. não troco meu air pelo meu mac pro do mesmo ano, a diferença é gritante, temos vícios de usuarios de windows de nos preocupar com numeros quando um bom computador é uma combinaçao de uma serie de fatores.

  18. Ola,
    acabei de achar este artigo pois estava justamente tentando achar algum meio de aumentar a misera memoria do meu novo MBP 13 de retina!!! sim em 6 meses ela se foi, agora a apple nao soube me informar pq existe tantos gigas usados escondidos na maquina. Voce saberia me ajudar? Por exemplo, a maquina tem capacidade de 120 gigas, se eu somar todos os meus arquivos de documentos, imagens, musicas, dropbox, e aplicativos eles ocupam apenas 65GB….. ONDE FORAM PARAR OS OUTROS QUASE 60GB????

    • Marianna, existe um aplicativo chamado WhatSize que mostra exatamente como está sendo ocupado o espaço no seu computador. Muitos programas usam o drive para armazenar arquivos temporários (cache) para não ocupar a memória principal. Só que muitas vezes não apagam esses arquivos. Essa pode ser uma das causas do seu espaço de armazenamento estar sumindo.

  19. Sempre usei um bom e velho pc de mesa com windows e nunca tive problemas, faço upgrade quando tenho necessidade sem restrições, um bom pc de mesa bem configurado é uma ótima ferramentas de
    trabalho, apple sempre teve um histórico de sérias restrições em seus produtos

  20. Olá Paulo!

    Gostei muito do artigo, e fiquei assutado inclusive, pois comprei um New MacBook Pro 13″ Retina, todo poderoso em processamento, e muito rápido para meus trabalhos a e semanas atrás. Me apaixonei por ele neste período que estou utilizando… porém, eu comprei ele agora, em Outubro de 2013. É o “New” MacBook Pro Retina que está no site da Apple Store neste exato momento.

    Vi em alguns lugares pessoas comentando, que os primeiros modelos de 2012 são diferentes dos modelos de 2013. Inclusive, saiu este artigo na “TechTudo” com falando que a Apple lançou uma atualização a 3 dias atrás, pedindo (PRINCIPALMENTE) que a atualização de mac’s comprados em 2012 seja feita. (Até ai, tudo bem, pois é somente SOFTWARE e não HARDWARE como você comenta no eu artigo):

    Artigo: http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2013/11/atualizacao-corrige-problemas-com-teclado-e-trackpad-do-macbook-pro-retina.html

    Fiquei nessa dúvida agora: Sabe me dizer se o hardware destes mac’s de 2013 estão melhores que os 2012? Ou são a mesma coisa?

    Abraços!

    • Emerson, a Apple realmente resolveu acabar com os laptops tradicionais e transformar todos os seus Pro no modelo Retina. Que eu concordo é uma senhora máquina, mas restringe muito qualquer possibilidade de upgrades futuros. É o mesmo modelo tecnológico e econômico dos iPads, que dão muito dinheiro para a empresa, com configurações padrão e obsolescência programada.

      Mas agora não adianta reclamar, pois não temos mais alternativas. O negócio é torcer para não ter problemas, comprar a melhor configuração que o dinheiro permitir, e já ir programando a troca do bichinho daqui a um tempo (uns 2 anos). E nunca o Apple Care foi tão necessário, pois se um Retina der problema fora da garantia, o conserto vai sair muito caro.

      O hardware dos novos Macs é mais moderno, e tenho certeza de que a empresa deve ter corrigido algumas falhas pois a primeira geração sempre vem com problemas. Mas não sei dizer se a qualidade dos componentes, em si, é diferente.

    • Eduardo, não sou nenhum fanboy, mas devo ser justo. Os problemas que meus aparelhos Apple anteriores deram foram sempre de fácil solução. E todos meus computadores Mac, inclusive um de 2001, rodam perfeitamente até hoje. Mas o que torna os Macs as ferramentas de trabalho mais usadas pelos profissionais de vídeo não é o hardware, mas sim o sistema operacional que não dá nenhuma dor de cabeça. Trabalhei com todos os sistemas operacionais e só o IRIX da Silicon Graphics era tão confiável quanto o OS X (ambos originários do Unix), sendo que o SO da Apple é muito mais fácil de usar.

      Uma vez escrevi um artigo para uma publicação americana sugerindo que a Apple passasse a vender seu sistema operacional separadamente para quem quisesse instalar oficialmente em outros computadores. Claro que foi um artigo provocante, pois a Apple vivia exclusivamente de vender computadores e a idéia parecia absurda. Hoje em dia, porém, a Apple vive mesmo é da venda de telefones, tablete e iPods. E, embora os termos de usuário do OS X especifiquem que o SO só é para ser usado em computadores com o logo da maçã, a Apple faz vista grossa para aqueles que compram o OS X e instalam em máquinas que eles mesmo montam. Inclusive várias firmas de pós americanas famosas montam seus próprios CustoMacs para fugirem das limitações do hardware da Apple. Só que montar uma máquina desse porte e qualidade não é uma tarefa para qualquer um. Daí é bem mais fácil comprar logo um Mac para poder rodar o OS X. Aí você tem uma máquina pronta para trabalhar bastando ligar na tomada. E, bem ou mal, os Macs são máquinas muito bem desenhadas e executadas.

      O problema que está ocorrendo agora é que os Macs, que antes eram feitos para durar – principalmente os portáteis – estão sendo feitos com obsolescência programada neste modelo dos Air e dos Retina. E isso é realmente uma pena. Mas pode ser que a Apple se adapte ao mercado se surgir um concorrente que a incomode. Um bom exemplo é o iOS, que era todo fechado até que o Android dominou o mercado. Agora, com o iOS 7, a Apple tornou seu SO móvel muito mais parecido com o da concorrência e mais aberto. Quem ganhou foi o consumidor em geral. Daí, se aparecer um concorrente à altura, quem sabe a Apple não muda de direção?

      Voltando ao assunto problemas, que você citou, eles acontecem com todos os tipos de produtos, desde carros até eletrodomésticos. Mas não é porque uma BMW dê um defeito ou outro que o usuário deva desistir da marca. Afinal, os prós superam em muito os contras. Tudo mudaria, no entanto, se só as concessionárias da marca conseguissem mexer no carro e se todo o conjunto de suspensão tivesse que ser substituído cada vez que os pneus gastassem. Aí, é claro, a maioria compraria um carro da concorrência. Esse é o perigo que a Apple corre se engessar demais seus computadores. Se a Microsoft der um jeito nos problemas do OS como virus (a estabilidade já melhorou) ou o Linux se tornar bem mais fácil de usar, muita gente pode acabar migrando de plataforma. Até mesmo os profissionais. Não faz tanto tempo assim que a Silicon Graphics dominava o mercado profissional top. Mas sua política de taxa de manutenção praticamente obrigatória (e bem cara) e sua dificuldade de upgrades acabaram causando a migração para outras plataformas e a gigante caiu, desaparecendo por completo do mapa. Daí é bom a Apple não vacilar com seus usurários, porque basta um escorregão maior para acontecer uma bela de uma queda…

  21. Bem, este artigo é de 2012 mas tudo bem, estou pensando em adquirir um MacBook Pro com tela retina mas o modelo com a 4ª geração de processadores Intel core (os novos MacBooks pro). No próximo mês fevereiro de 2014 irá inaugurar a primeira loja oficial da Apple na América latina que será em Niterói no Rio de Janeiro, você acha que vale a pena com a chegada da loja oficial?

    • Bruno, as novas gerações continuam engessadas, porém resolveram os problemas iniciais, principalmente com as telas Retina.
      Se as lojas da Apple funcionarem aqui como funcionam lá fora, aí a situação da manutenção mudará totalmente. Se seu computador der problem, a eles trocam por outro. Daí é fundamental fazer o Apple Care para estender a garantia para três anos, pois se o Retina der problemas sem estar mais na garantia a brincadeira vai sair bem carinha.
      Meu conselho é pegar a máquina mais completa possível dentro do seu orçamento, por conta da impossibilidade de fazer upgrades.

  22. Muito bom o texto!

    Tive a oportunidade de comprar o meu primeiro Mac em 2008, no caso foi um Macbook White C2D 2.2 Ghz. Fiquei impressionado com a temperatura elevada do equipamento, logo comecei minha maratona de pesquisas.

    Vi que muitas pessoas enfrentavam o mesmo “problema”. A maquina em uso comum, internet, edicao de texto e itunes chegava a 75, 80 graus, quando utilizava todo o desempenho do processador chegava a 90, 92 graus.

    Tive que me adaptar com esse esquentadinho pois, baseado nas minhas pesquisas e completamente normal mac aquecetem um pouco mais.

    Depois de 3 anos de uso, vendi a maquina e comprei meu Macbook Pro i7 onde a maquina esquemta muito mais. Em full ele chegar a bater 100 graus. Isso mesmo 100 graus celsius.

    Embora eu tenha feito um belo investimento nesse e em outros computadores Apple, nunca tive 100% de confianca por causa das temperaturas. O sistema operacional dispensa comentarios, mas a Apple deveria rever a arquitetura da maquina, principalmente o sistema de resfriamento do equipamento, ou desenvolver um modelo especifico para Paises Tropicais.

    Diante dessa situacao resolvi montar dois Hackintosh (PC comum com o Os X). Instalei o Os X em um desktop e um notebook com configuracoes similares ao MBP. Posso dizer que o desempenho e o mesmo ou superior, mesmo sendo configuracoes semelhantes, alem de ter resolvido totalmente o problema de aquecimento.

    Tem mais de tres anos que estou com utilizando os Hackintosh e ate o momento nao tive nenhum problema.

    • Muitas empresas de pós poderosas e renomadas, nos EUA e Europa, montam seus próprios computadores para fugir dos limites impostos pela Apple. Desde que a Apple adotou a arquitetura Intel, isso passou a ser possível desde que o hardware seja compatível. Claro que não é coisa pra qualquer um, mas se a coisa for bem feita e os componentes utilizados forem de primeira, o desempenho e a confiabilidade são excelentes.

      No entanto, um Mac original faz muito mais sentido para a maioria dos usuários pois já vem pronto, configurado, e conta com a garantia da Apple.

      Vale acrescentar que a primeira loja da Apple brasileira não está operando nos mesmos padrões das outras e não tem feito a substituição de aparelhos na garantia, como deveria. Adotaram a mesma burocracia prevalente aqui, criando uma série de barreiras e desonrando os termos de garantia internacional da empresa. É uma pena, pois a esperança é que os usuários da marca, que aliás pagam, bem mais caro aqui pelos produtos da empresa, tivessem o mesmo tratamento que o resto do mundo tendo seus aparelhos defeituosos substituídos na hora, dentro do prazo da garantia. Como isso não tem acontecido, os MacBooks Retina continuam sendo um problema para o usuário brasileiro.

  23. Poxa, agora que eu estava determinado a comprar um macbook…

    Parece que a cada ano que passa, as empresas avançam na tecnologia e atrasam na qualidade do produto, ou seja, telas mais nítidas, processadores mais rápidos, mas produtos com tempo de vida menor.

    Estou avaliando um macbook principalmente pela qualidade geral dele e pelo sistema mac os, se a qualidade não é mais a mesma de outros tempos, agora estou na dúvida se é vantagem pelo CxB, afinal de contas, pelo mesma fixa de preço de R$ 4 a 5 mil reais, é possível adquirir um Dell Latitude E6440 com 3 anos de garantia e bem parrudo.

    • Pois é, Paulo. O pior é que se você precisa do sistema operacional da Apple para rodar aplicativos como o Final Cut Pro, não há para onde correr. Até recentemente ainda dava pra escolher entre o Retina e o modelo tradicional. Mas agora nem essa opção temos mais. A questão quanto ao Dell é se você vai conseguir rodar os aplicativos que usa para trabalhar.

  24. Gostaria de saber se é possível fazer colocar uma placa mãe e peças completamente diferente na carcaça do MacBook Pro Retina Display? Achei o assunto interessante, mas sinceramente eu não entendo muito sobre computador, então desculpe caso você tenha respondido e eu não entendi.

  25. Mesmo sendo de 2012 o texto, ainda vale alimentar a discussão!

    Comprei o Pro Retina 13″ em agosto/2013. Possuía antes um air também de 13″, então a falta de portas para mim não foi problema.

    Bem, comprei este Retina por conta da beleza da tela, maior processamento e SSD maior. 3 semanas após a compra eis que surge um “câncer” na tela! Uns 20 dead pixels. Eu já estava morando em Aracaju e a assistência mais próxima era no Rio de Janeiro onde tenho clientes mas nem levei na assistência pois pensava que demoraria o conserto.

    Resumindo, a cerca de um mês a iTown Salvador passou a pegar os retina para suporte e levei lá! Levaram tres dias para trocarem o LCD por completo.

    Fiquei muito satisfeito com o suporte e agilidade da assistência.

    Agora vou correr para comprar o Apple Care né, se deu pau uma vez, vai saber se ele não volta a ficar doente!

    Abraços Paulo!

    • Bom saber que resolveram seu problema, Marcos. E foi bem rápido. Vamos torcer pra que a assistência técnica da Apple no Brasil siga sempre esse exemplo.

  26. Ótimo artigo Paulo!
    Confesso que estava determinada a comprar um MBP com tela retina, mas agora fiquei na dúvida. Talvez possa me ajudar..
    Estou cursando faculdade de Design – Animação Digital. Futuramente vou começar a utilizar bastante programas de edição de vídeo, fotos ou áudio.
    Como não tenho uma poupança enorme, me restou como opção o Mac Book Pro Clássico com 4GB de memória e 500GB de Hard Drive ou então o Mac Book Pro tela Retina 4GB de memória – 128GB Flash Storage.
    Você teria alguma sugestão de qual modelo seria ideal?
    Já tive que utilizar a assistência Apple da cidade vizinha, então quanto a isso eu acho que não terei problemas pois fui muito bem atendida e tudo resolvido muito antes do prazo.

    Agradeço desde já pela atenção, grande abraço!

    • Andressa, dentro do seu orçamento eu recomendo mais ainda o modelo clássico, pois o Retina não pode ser expandido no futuro. Ou seja, você vai ter que continuar com 4GB de RAM e 128GB de HD (ambos muito poucos para o tipo de trabalho que você pretende realizar) para sempre. O modelo clássico já possibilita que você aumente tanto a memória quanto a capacidade do HD interno, no futuro. O mínimo para você trabalhar direito, hoje em dia, são 8GB de memória. O problema é achar o clássico para vender, pois ele já está sumindo do mercado.

  27. Paulo, muito bom seu artigo! É difícil ler textos sérios e ponderados quando se trata de produtos Apple, normalmente o que vejo são opiniões tendenciosas e apaixonadas.
    Estou com a ideia de comprar essa semana (aproveitando o dólar em queda) um macbookpro 15”, com 16gb de ram, para edição de vídeo. Farei a compra na BHphotovideo, programando a entrega na casa de um parente que mora nos EUA. No segundo semestre viajarei para os EUA e então trarei o notebook, ao menos esse é meu plano.
    Você sabe me dizer se poderei usufruir da garantia do produto, já que a compra foi feita no exterior?
    Também gostaria de saber se recomenda a compra de garantia estendida nesse caso.

    • Leo, a garantia de produtos portáteis da Apple, incluindo laptops, é internacional. É válida no Brasil, sem problemas. Com certeza vale a pena pegar a garantia extendida pois, como você leu no artigo, por usar peças exclusivas e ter a bateria colada no corpo, a manutenção é muito cara e só pode ser feita em oficinas autorizadas Apple.

  28. Paulo,

    muito bom o artigo!Parabéns!
    Seguinte, vou comprar um macbook em outubro desse ano. Um amigo meu vai aos EUA e vai comprar pra mim. A minha dúvida é: pego um Macbook Classico de 15 polegadas, 4 gb de ram (depois vou colocar mais 4), 500g de HD e placa de vídeo off, ou pego um de 13 polegadas Retina, placa Intel Iris (falaram que é ótima), com 8 gb de RAM + 256 ssd + Apple Care?
    Vou usar o notebook para programar para IOS e Android e internet.

    O que você me aconselha?

    Obrigado!!

    • Mauricio, o clássico de 15 polegadas não está mais à venda oficialmente pela Apple. Não há mais alternativa a não ser o Retina, mesmo. Como já se passou um tempo desde que o artigo foi escrito, os problemas iniciais com as telas foram resolvidos. Mas o Retina continua sem possibilidades de upgrades, portanto compre a melhor configuração que puder. Meu conselho é comprar em um revendedor Apple porque a garantia é importantíssima para esse modelo, já que só a Apple conserta. Aconselho também comprar o Apple Care, que estende a garantia para 3 anos. Boa sorte!

      • Paulo, achei bem interessante comprar na Amazon.com. Vi esse modelo que citei : 13 polegadas Retina, placa Intel Iris (falaram que é ótima), com 8 gb de RAM + 256 ssd + Apple Care. Total de 1645 dólares. Reparei que no próprio site da Amazon, posso comprar a Apple Care.
        O preço achei bem bacana e está dentro do meu orçamento.
        Não tem problema alguma comprar no site da Amazon, certo?

        Obrigado!

Deixa seu comentário

GALERIA

1 5072

A interação entre ação viva e animação tem sido explorada ao longo da história do cinema, com muitos exemplos dos estúdios Disney e o inesquecível "Uma Cilada para Roger Rabbit", dirigido por Robert Zemeckis. O resultado, em geral, é estimulante. Pensando bem, a idéia...
8 5528

Esse vídeo fantástico, feito na Rússia para o lançamento de um projeto imobiliário, foge totalmente dos padrões tradicionais e utiliza a fantasia, com imagens incríveis, no lugar do uso tradicional de plantas e animações dos prédios em computação gráfica....
1 6182

Há algum tempo, publicamos um post com um vídeo do editor Piu Gomes, criado para responder a essa pergunta essencial para quem quer entender a linguagem audiovisual: o que é montagem? Também publicamos, há mais tempo ainda, outro post chamado...