Home Tutoriais After Effects Animando linhas elásticas no After Effects

Animando linhas elásticas no After Effects

Lembro que me deparei com a necessidade de orientar uma aluna das minhas aulas de motion graphics na ESPM, para fazer algo parecido em um projeto de vinheta que ela tinha criado. Na época, tinha a ajuda de um ex-aluno fazendo monitoria. Quebramos a cabeça, e o meu monitor me veio com uma solução bastante parecida, senão idêntica.

Recentemente, o recurso me surgiu novamente na forma de um ótimo tutorial garimpado na web, de autoria de Jonathan Berkey. A técnica se utiliza de expressões muito simples e de um efeito bem antigo do After Effects. Eu, simplesmente, adoro esse tipo de solução, engenhosa, sem muita complicação, mas com resultados impactantes.

Quando as pessoas vêem, além de ficarem impressionadas com a animação, ficam intrigadas e ansiosas em saber como foi feita. Bem, agora você vai saber. O exemplo apresentado é super simples, lembrando algo como uma espécie de representação de estrutura molecular.

No caso do tutorial, faço apenas algumas observações. Recomendo a substituição das bolinhas pretas criadas por sólidos por shape layers elípticos, e o travamento das camadas das linhas com o efeito Beam. No mais, a técnica utilizada está perfeita.

Acima, o tutorial de Jonathan Berkey para você seguir.

 

A mesma técnica pode ser usada para situações mais complexas, como você vai poder conferir em dois outros vídeo que postamos, de Kim Holm e J-Scott. Assista abaixo os dois exemplos.

“Turn to Dust”, de  J-Scott

 

Matta – Release The Freq, de Kim Holm

Gostou do artigo ?

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber as atualizações do VideoGuru.

Artigos relacionados

Você já deve ter visto o efeito. O tempo parece congelar enquanto uma pessoa caminha, tranquilamente, entre as pessoas e objetos inanimados. Tom Antos explica como replicar o efeito sem gastar uma fortuna. Para realizar esse efeito especial, as produções...

A imagem de vídeo é do tipo matricial, mas a ferramenta After Effects, internamente, utiliza informação vetorial para alimentar vários recursos, como as trajetórias de movimento dos objetos, máscaras, texto, e formas geométricas, por exemplo. O trabalho com paths, desse...

Deixa seu comentário

GALERIA

1 5017

A interação entre ação viva e animação tem sido explorada ao longo da história do cinema, com muitos exemplos dos estúdios Disney e o inesquecível "Uma Cilada para Roger Rabbit", dirigido por Robert Zemeckis. O resultado, em geral, é estimulante. Pensando bem, a idéia...
8 5478

Esse vídeo fantástico, feito na Rússia para o lançamento de um projeto imobiliário, foge totalmente dos padrões tradicionais e utiliza a fantasia, com imagens incríveis, no lugar do uso tradicional de plantas e animações dos prédios em computação gráfica....
1 6127

Há algum tempo, publicamos um post com um vídeo do editor Piu Gomes, criado para responder a essa pergunta essencial para quem quer entender a linguagem audiovisual: o que é montagem? Também publicamos, há mais tempo ainda, outro post chamado...