Home Notícias Edição de Vídeo Apple lança o esperado Final Cut Pro X 10.1

Apple lança o esperado Final Cut Pro X 10.1

Conforme compromisso firmado publicamente em seu site meses atrás, no dia em que o novo Mac Pro começou a ser vendido, a Apple lançou o primeiro major update do Final Cut Pro X, com a numeração 10.1. A primeira grande coisa boa a ser dita sobre a atualização é que ela continua absolutamente gratuita! Sim, todos os antigos usuários do FCPX não precisam pagar nada a mais pela nova versão.

A Apple resolveu focar nos fundamentos do aplicativo nessa atualização. Houve um esforço grande em dois aspectos: na melhoria de performance, e na revisão da estrutura original de eventos e projetos. Por um lado, o FCPX promete rodar macio e ultra-rápido no Mavericks e no novo Mac Pro (a propósito, a nova versão só roda no Mavericks) e trabalhar melhor com projetos de duração mais longa; Por outro lado, a introdução de uma nova instancia de bibliotecas como elemento chave na organização de todos os arquivos de mídia e banco de dados, deve facilitar e dar robustez aos fluxos de trabalho de edição, especialmente em ambientes colaborativos. E essa talvez seja a grande marca desse upgrade, dar um grande passo no sentido de quebrar de vez a barreira do trabalho compartilhado no FCPX.

 

libraries_X101

Assim funciona a nova estrutura de organização de mídias e elementos do novo FCPX 10.1. Agora, uma biblioteca pode conter um ou mais eventos, enquanto que um evento pode conter mídias diversas e um ou mais projetos.

 

libraries_x

 Veja como ficou o novo painel Browser e como os projetos agora aparecem atrelados a um evento de uma biblioteca.

Mas é claro que também não faltaram pequenas e muito bem-vindas  melhorias e novos recursos que também vão agradar bastante os profissionais de edição. Enfim, sem mais delongas, vamos ao que há de novo no Final Cut Pro X versão 10.1, conforme o comunicado de imprensa divulgado pela Apple.

O Final Cut Pro X versão 10.1 adiciona os seguintes recursos : 

• Otimizado para reprodução e renderização usando GPUs duplas no novo Mac Pro;

• Monitoramento de vídeo de até 4K via Thunderbolt 2 e HDMI em alguns computadores Mac;

• Conteúdo 4K incluindo títulos, transições e geradores;

• Bibliotecas permitem reunir vários eventos e projetos dentro de um único pacote;

• Abra e feche bibliotecas individuais facilmente para carregar apenas o material que você precisa;

• Opção para importar mídia de câmera para locais dentro ou fora de uma biblioteca;

• Backup automático de bibliotecas para uma unidade especificada pelo usuário ou local de rede

• Instantâneos do projeto permitem que você rapidamente capturar o estado do projeto para controle de versão rápido;

• Alças de fades de áudio para canais de áudio individuais na timeline;

• Adicione retemporizações de velocidade dos clipes de maneira precisa, inserindo valores numéricos na timeline;

• Opção de retemporizações dos clipes na timeline sem o modo ripple;

• Função de substituição e retemporização de um clipe em um único passo;

• Criação de projetos com tamanho de quadro fora dos padrões da indústria audiovisual;

• Through edits exibidos em todos os tipos de clipes;

• Comando “Join Clips” remove cortes por lâmina nos clipes da timeline;

• Separe o áudio de clipes Multicam na timeline para manipular áudio e vídeo separadamente;

• Faça edições de apenas vídeo ou apenas áudio na timeline tendo clipes Multicam como fontes;

• Uso da ferramenta Blade para corte e deslocamento de clipes de áudio com divisões do tipo J-cut e L-cut;

• Capacidade de rolar cortes de áudio com divisões abertas em J-cut e L-cut;

• Opção para ocultar o navegador do evento para ganhar mais espaço na tela para visual;zação;

• Suporte nativo para estruturas de arquivos de câmera AVCHD .MTS e .MT2S;

• Indicadores de trechos de mídia usados nos projetos exibidos nos clipes originais dos eventos;

• Melhor desempenho em projetos de longa duração;

• Melhor desempenho na modificação ou adição de palavras-chave para muitos clipes de uma só vez;

• Mova, copie, e cole facilmente vários keyframes de uma só vez;

• Opção para a animação linear nos efeitos Ken Burns;

• Melhoria de estabilização de imagem com os modos InertiaCam e Tripod;

• Importe fotos de dispositivos iOS;

• Controles de qualidade reprodução e uso de Proxy acessíveis no menu do Viewer;

• Suporte para metadados retrato/paisagem em imagens estáticas;

• Parâmetros de efeitos, fontes e tamanho de texto incluído nos metadados XML;

• Melhor suporte para uso de mídia crescente e edição durante a ingestão;

• API para operações personalizadas de compartilhamento usando software de terceiros;

• Arquitetura de efeitos Fxplug 3 com suporte para interfaces de plug-in personalizadas e GPU dupla;

• Compartilhe diretamente para o YouTube em resolução 4K;

• Compartilhe diretamente para sites de vídeo chineses Youku e Tudou;

• Localização do aplicativo em língua espanhola.

O Final Cut Pro X versão 10.1 também melhora a estabilidade e o desempenho geral, e resolve as seguintes questões:

• Ficou significativamente mais rápido carregar uma biblioteca a partir de uma SAN;

• Você pode ejetar discos após as bibliotecas sobre essas unidades serem fechadas;

• Ficou muito mais fácil mover clipes com transições na timeline e exclui-los da Primary Storyline via operações de lift com transições preservadas;

• Clipes podem ser completamente trimados fora de uma timeline quando se utiliza a função de ajuste de rolamento;

• Funções de gerenciamento de mídia podem ser canceladas com undo;

• Sair do aplicativo cancela processos em segundo plano;

• Som surround 5.1 de áudio proveniente de uma câmera como AVCHD não será mais down mixado para áudio estéreo durante a importação;

• Se você transcodificar arquivos RED RAW para ProRes através de um aplicativo de terceiros, você pode lincar novamente para os arquivos originais RED dentro Final Cut Pro;

• Transformações mantêem corretamente o movimento linear em todos os quadros-chave.

• • •

A princípio, numa primeira avaliação, creio que, como eu, a maioria dos profissionais que adotaram o FCPX não estão propriamente decepcionados com o update. Talvez um pouco frustrados, especialmente por ter sido considerado a primeira atualização grande de número redondo, e que acabou não vindo com muitos recursos novos na parte editorial. Como sempre, as pessoas esperavam algo mais, principalmente na parte de mixagem de áudio, tal como um modo de visualização da timeline no modo de roles e a adição de um mixer. A grande novidade, que foi a introdução do conceito de bibliotecas na estrutura de arquivos do programa, até já vinha sendo esperada por ter aparecido primeiro nas versões mais recentes dos aplicativos Aperture e iMovie. Fica com a sensação de que a Apple não tratou a nova versão como um “major update” clássico. Por outro lado, já tivemos updates de número quebrado que saíram com cara de grande atualização, como o 10.0.3 e o 10.0.6. Obviamente ainda será necessário algum tempo e outros tantos posts para a gente deglutir todas as mudanças e formar uma opinião mais completa. Aguarde, que em breve vamos publicar novos post com mais comentários e análises repercutindo o update, bem como muitos vídeos e tutoriais sobre como funcionam os novos recursos.

Para registro, a Apple também lançou o Compressor 4.1  e o Motion 5.1, também gratuitos. No caso do Motion, o update, basicamente, compartilha recursos do novo FCPX, como a otimização para GPUS duplas do novo Mac Pro, o suporte para a arquitetura FxPlug 3, carregamento mais rápido de projetos complexos, compartilhamento direto para o YouTube de projetos em resoluções 4K, localização de língua espanhola e correção de bugs. No caso do Compressor, as mudanças foram mais evidentes, com destaque para uma nova interface gráfica (finalmente!!!) blocada e compatível com o visual dos outros aplicativos profissionais da Apple.

No mais, atente para o fato de que você não deve arriscar de fazer a atualização em meio a projetos em andamento, especialmente se eles forem muito complexos. E mesmo se esse não for o caso, é bom se precaver e seguir as orientações da Apple que você pode encontrar em detalhes clicando aqui. A empresa recomenda, basicamente, que você faça uma cópia de segurança da versão anterior do FCPX e um backup geral dos seus projetos. Vale lembrar, sobretudo, que projetos atualizados para a nova versão não abrem nas versões anteriores. Para saber mais sobre a nova estrutura de bibliotecas, acesse um faq ou baixe um white paper, ambos dedicados exclusivamente ao assunto.

Gostou do artigo ?

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber as atualizações do VideoGuru.

Artigos relacionados

Quatro meses depois do lançamento da versão anterior, surge o Final Cut Pro X 10.1.4. Não se trata de uma daquelas atualizações repletas de recursos novos, mas de manutenção e correção de bugs. Mas, por um detalhe, a nova versão...

Depois de  algum tempo em fase beta, o programa de edição não-linear de vídeo digital Lightworks Version 12 foi lançado oficialmente pela EditShare e já pode ser baixado para as plataformas Windows, Linux e Mac OS X. Muito se falou...
13 comentários Nesse post
  1. Me desagradou o fato de ter de instalar o Maverick pra instalar a versão nova do Final Cut. E instalar um sistema operacional novo sempre causa alguma bagunça em arquivos e programas.

    • Eu entendo, mas a fila tem que andar. Você precisa do Mavericks porque o FCPX se utiliza de novas facilidades e benefícios do novo sistema operacional para oferecer, por exemplo, melhor performance. E, dessa vez, nem há como argumentar sobre o custo, porque o upgrade para o Mavericks é gratuito. Eu instalei logo que saiu e não bagunçou nada por aqui.

      • Sim, sendo sem custo é questão de tempo pra instalar. Valeu pelo seu comentário e me deixou mais confiante porque confesso que tenho ressalvas em instalar um sistema novo numa maquina que veio com outro sistema já bem instalado. Só estou esperando terminar alguns projetos no Final Cut pra tirar eles da maquina e dai fazer isso. Imagino que você instalou o Mavericks limpo, ou seja salvou seus arquivos e zerou a maquina e dai instalou o Mavericks ou voce apenas baixou ele e instalou na maquina assim mesmo? Qual voce acha a melhor forma pra não dar problemas? Abraço.

        • Luigi, eu não tenho feito mais clean installs de sistema operacional. Creio que a Apple vem melhorando o funcionamento do Mac OS e os processos de upgrade, tornando esse cuidado desnecessário. Essa é a minha opinião, baseado no que tenho experimentado por minha conta. Mas é sempre bom fazer backup, especialmente antes de fazermos intervenções profundas na máquina, como no caso de upgrades de sistema operacional. Acho que se você fizer backup, você estará seguro de qualquer problema.

  2. Oi João. Obrigado pelas dicas. Vou atualizar o sistema e dai o Final Cut.
    Mas to esperando chegar um HD externo pra fazer o back up do que tenho no Mac.
    Abraços.

  3. GOSTARIA DE SABER POR QUE QUANDO TERMINO UM PROJETO E QUERO EXPORTAR PARA BLU-RAY,( TENHO GRAVADOR EXTERNO) SEMPRE DA ERRO.FINAL CUT 10.1.1

    • Fica difícil saber assim, sem mais elementos. Recomendo que você poste a questão no nosso fórum. Quem sabe outros leitores passaram pelo mesmo problema. Normalmente, autoro meus discos Blu-ray pelo Adobe Encore CS6, por isso nunca experimentei esse tipo de situação. Nas últimas vezes que exportei pelo X usando a opção Blu-ray com mídia de DVD também tive problemas.

  4. João Velho,
    Demorei, ,mas troquei o meu sistema operacional para o Mavericks ( aparentemente nano tive problemas) depois atualizei o F.C. 10.1.1 e em seguida o Compressor. O compressor nano esta fazendo nada quando mando pelo F.C, para o compressor, não acontece nada ( nos anteriores eu não tinha problemas ) já apaguei e coloquei de novo, não adiantou de nada parece que não vai a edição para la, fica parado sem acontecer nada. Ja tentei de tudo até colocar de novo o F.C. Claro tenho tudo en 2 lugares Hds diferente ( seguro morreu de velho ) Enfim estou parado já a 2 dias tentando resolver e nada. Vc teria alguma dica ?? .
    obrigado
    Sergio Galera

      • Boa noite JOÃO VELHO, fiz o que vc me sugeriu ( usei o programa que me indicou ) por duas vezes
        e esta da mesma maneira o Compresso não faz nada. Estive na loja da Epple e como experiencia no computador deles com o F.C. 10.1.1 como teste usei o Compresso e lá estava funcionando direito.
        O gerente deles me recomendou a zera o meu computador e colocar tudo de novo. Sera???
        Obrigado pela atenção
        Sergio Galera

        • Faça o seguinte, crie um usuário novo pelo System Preferences, e rode o FCPX e o Compressor por lá. Se for um problema no usuário atual, não vai dar nada no usuário novo. Nesse caso, você não precisará reinstalar tudo do zero, apenas transferir seu material pessoal de um usuário para outro.

Deixa seu comentário

GALERIA

1 4914

A interação entre ação viva e animação tem sido explorada ao longo da história do cinema, com muitos exemplos dos estúdios Disney e o inesquecível "Uma Cilada para Roger Rabbit", dirigido por Robert Zemeckis. O resultado, em geral, é estimulante. Pensando bem, a idéia...
8 5397

Esse vídeo fantástico, feito na Rússia para o lançamento de um projeto imobiliário, foge totalmente dos padrões tradicionais e utiliza a fantasia, com imagens incríveis, no lugar do uso tradicional de plantas e animações dos prédios em computação gráfica....
1 6027

Há algum tempo, publicamos um post com um vídeo do editor Piu Gomes, criado para responder a essa pergunta essencial para quem quer entender a linguagem audiovisual: o que é montagem? Também publicamos, há mais tempo ainda, outro post chamado...