Home Notícias Câmera Canon 5D Mark II e 7D foram usadas no blockbuster Os Vingadores

Canon 5D Mark II e 7D foram usadas no blockbuster Os Vingadores

Se você tinha qualquer dúvida em relação à qualidade da imagem das HDSLRs Canon para uso em projetos para o cinema, creio que esta notícia irá acabar com ela. Afinal, se um blockbuster como Os Vingadores utilizou as Canon (e aposto que você nem notou isso na tela) junto com película e outras câmeras de cinematografia digital, então é porque a qualidade é inegável.

Com o lançamento recente de tantas câmeras novas, muitos passaram a questionar a capacidade das câmeras HDSLR de primeira geração, como as Canon 5D Mk II, 7D, 60D e T2i (550D). Mas o fato é que, se elas funcionavam antes, vão continuar funcionando. Claro que ter o brinquedo mais novo em mãos é sempre bom, mas nem sempre é uma necessidade absoluta.

E aqui está um bom exemplo. O blockbuster Os Vingadores (The Avengers), lançado há duas semanas (final de abril de 2012), com um orçamento estimado em 220 milhões de dólares, utilizou cinco câmeras Canon 5D Mark II e duas 7D em suas filmagens de ação, misturando as imagens sem problema algum com as captadas com equipamentos bem mais caros.

Em um filme com um orçamento desses, não se escolhe um equipamento para economizar dinheiro. Afinal, pode-se usar qualquer equipamento disponível no mercado, independente do valor. O que interessa, mesmo, é que a qualidade da imagem seja excelente para poder dar o retorno necessário nas bilheterias para um investimento deste porte.

A equipe de fotografia, chefiada por Seamus McGarvey, escolheu as HDSLRs Canon por causa da versatilidade inigualável oferecida por essas câmeras. O tamanho e peso reduzidos, aliados a uma imagem de alta qualidade e extremamente cinematográfica, possibilitaram capturar diversos ângulos adicionais que deram aos editores do filme mais opções na hora de montar as complexas sequências de ação.

O resultado ficou bem transparente. E o uso destas sete HDSLRs Canon no set permitiu que complexas e caras sequências de ação fossem filmadas em um único take.  Devido a seu tamanho reduzido, elas foram posicionadas em ângulos inusitados e variados, ampliando em muito a cobertura.

O tamanho e preço reduzidos também foram fundamentais para poder posicionar as câmeras bem próximas às ações e em locais apertados, onde uma câmera tradicional não caberia ou ofereceria perigo por necessitar de um operador e até dois assistentes.

Chegaram até a passar uma das câmeras pelas grades de um esgoto e colocar outra em meio aos escombros para uma tomada importante de um carro avançando em direção à lente, girando em chamas no ar.

Outro ponto positivo para as HDSLRs Canon foi a alta sensibilidade em condições de pouca luz, já que grande parte do filme foi rodada em noturnas.  Pra finalizar, a resolução de 1920 x 1080 é muito fácil de converter para 2K, sem perda de qualidade, e as câmeras rodam a 24 quadros por segundo, que é o padrão para câmeras de cinema.

Os Vingadores é o mais extraordinário dos filmes da Marvel Studios até agora, e a escolha das 5D e 7D prova que estas câmeras são respeitadíssimas pelos profissionais top responsáveis pelas imagens do filme. Prova também que elas estão mais do que aptas a captar imagens fantásticas que não devem nada tecnicamente.

Se eles confiaram na capacidade dessas câmeras para captar sequências deste porte, apesar do alto investimento na produção, é porque as pequenas Canon realmente ganharam o respeito de Hollywood.

Gostou do artigo ?

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber as atualizações do VideoGuru.

Artigos relacionados
0 7066

A O2 Filmes está utilizando várias Blackmagic Pocket Cinema Cameras (BMPCC) como câmeras principais nas gravações da nova comédia de sucesso da GNT, “Lili, a Ex”. A carga do conteúdo no set foi feita pela White Gorilla e toda a...
2 5549

Faz poucos dias que a Blackmagic lançou mais um firmware para suas Cinema Camera 2.5K (BMCC) e Pocket Cinema Camera (BMPCC). Esse firmware 1.9.7 adiciona a funcionalidade de poder formatar os cartões de memória nas próprias câmeras sem precisar...
11 comentários Nesse post
  1. sim neh, mas temos que ver quais foram as cenas, essas cameras sao otimas, mas ainda acho que é mais pq para eles elas sao um pouco mais “descartaveis”, e em inserts rapidos e coisas assim ela deve dar para o gasto…

    • Claro que não foram usadas na fotografia principal. Mas o fato é que foram usadas nas cenas de efeitos importantes e as imagens misturaram perfeitamente com as das câmeras bem mais caras. A equipe de fotografia poderia ter usado uma série de outras opções no lugar delas, mas escolheram as Canon pela qualidade da imagem. E, certamente, testaram vários outros equipamentos, pois em um filme deste orçamento são feitos inúmeros testes de fotografia.
      Essas HDSLRs da Canon têm mandado muito bem em produções de alto orçamento, tanto para TV quanto para o cinema. O episódio da série House filmado inteiramente com elas foi um dos mais interessantes em termos de fotografia por causa dos ângulos diferentes que elas possibilitaram. A qualidade de imagem não ficou devendo nada aos outros episódios, que são filmados em película com câmeras Panavision. E elas têm sido usadas em vários outros filmes grandes, assim como foram em Os Vingadores.
      O que fica evidente é que, se essas câmeras são boas o suficiente para alguns dos melhores diretores de fotografia para captarem imagens para seus filmes e séries de alto orçamento, mesmo que seja como câmeras B, são certamente adequadas para a produção cinematográfica de baixo orçamento como câmeras principais.
      Óbvio que existem alternativas e uma HDSLR não tem como concorrer com uma Arri Alexa, por exemplo. Mas em boas mãos elas possibilitam que um filme de baixo orçamento tenha uma fotografia excelente, que deixa o espectador totalmente satisfeito e imerso.

  2. Acredito e esta mais do que provado de que as dslr’s tem uma ótima qualidade,proporcionando baixo orçamento com ótimos resultados.

  3. Logico que pra botar uma camera pra correr riscos, ele vao optar pelas mais descartaveis como o brohter d cima. O blog daria mais credibilidade se ao menos mostrasse ou provasse q os takes pegos pelas cannon foram usados de fato….jornalismo cade

    • Jack, antes de criticar, você devia se informar melhor sobre o que está acontecendo no cinema hoje em dia. O uso das HDSLRs Canon em filmes de alto orçamento não é novidade alguma. A 5D Mk II já foi usada (e isso é bastante documentado) em filmes como Homem de Ferro II, Cisne Negro, Capitão América e no Red Tails, a ser lançado pela Lucasfilm este ano, entre outros. Em nenhum lugar do nosso artigo dissemos que as Canon foram usadas na fotografia principal do filme, que foi feita com as Arri Alexa. Acho que ficou bem claro que foram usadas em cenas de ação. Infelizmente os produtores do filme não erevelaram em que cenas específicas elas foram usadas, mas a própria Canon confirmou seu uso através de um press release. Se você ainda duvida, aqui vai um link do IMDB confirmando o uso das Canon no filme: http://www.imdb.com/title/tt0848228/technical

      Em uma produção com um orçamento enorme como esta (220 milhões de dólares), a equipe de fotografia poderia ter usado diversas outras câmeras “descartáveis” para as cenas de ação. Se escolheram as Canon, é porque consideram a imagem delas boa o suficiente para ser mesclada com o resto do filme. E, até agora, ninguém que assistiu saiu do cinema reclamando da qualidade de nenhuma sequência específica. Muito pelo contrário, diversas pessoas, como você, acham difícil acreditar que uma simples HDSLR tenha sido usada para filmar qualquer tomada deste blockbuster.

      Estamos vivendo em tempos revolucionários, onde câmeras baratas têm ótima qualidade, uma ilha de edição cabe em um laptop e efeitos especiais incríveis podem ser feitos em um computador pessoal. Os tempos em que qualidade exigia equipamentos caríssimos já se foram e hoje em dia, mais do que nunca, o verdadeiro talento é o que vale, e não o tamanho de uma conta bancária. Os grandes profissionais e os nem tanto trabalham com o mesmo equipamento. Só que o resultado é bem diferente.

      Portanto, um filme de baixo orçamento rodado por bons profissionais em HDSLRs não deixa nada a desejar em termos de qualidade. Aliás, quanta porcaria já não foi rodada em película com câmeras Panavision…

  4. Realmente Paulo, as DSLR’s oferecem uma qualidade impressionante e isso é inquestionável. Inclusive essas belezinhas mudaram minha vida. Muito obrigado pelo post! Abraço!

  5. MALTA ACHO QUE MUITOS ADAM FALANDO DE COISAS QUE NAO SABEM OU TEM MUITO TEMPO APENAS PARA CRITICAR…A MAKINA EM CAUSA TEM MUITA QUALIDADE SE FOI USADO EM CENAS PRINCIPAIS OU NAO ISSO NAO IMPORTA OQUE IMPORTA ‘E QUE FOI USADA E NAO SE VIU A DIFERENCA COM AS MAKINAS DE GRANDE DIMESSAO APOS NO ACTO FINAL (POS PRODUCAO)

    • A diferença de 1080p para 2K é mínima – apenas 128 x 72 pixels a mais. Daí fica bem fácil fazer uma conversão para 2K do material em 1080p sem que se note muita diferença.

Deixa seu comentário

GALERIA

1 5022

A interação entre ação viva e animação tem sido explorada ao longo da história do cinema, com muitos exemplos dos estúdios Disney e o inesquecível "Uma Cilada para Roger Rabbit", dirigido por Robert Zemeckis. O resultado, em geral, é estimulante. Pensando bem, a idéia...
8 5489

Esse vídeo fantástico, feito na Rússia para o lançamento de um projeto imobiliário, foge totalmente dos padrões tradicionais e utiliza a fantasia, com imagens incríveis, no lugar do uso tradicional de plantas e animações dos prédios em computação gráfica....
1 6133

Há algum tempo, publicamos um post com um vídeo do editor Piu Gomes, criado para responder a essa pergunta essencial para quem quer entender a linguagem audiovisual: o que é montagem? Também publicamos, há mais tempo ainda, outro post chamado...