Home Artigos Software Conheça o Studio Artist — Um revolucionário sintetizador de imagens

Conheça o Studio Artist — Um revolucionário sintetizador de imagens

Não é um plugin, mas é capaz de transformar qualquer imagem em uma verdadeira obra de arte. Não é um programa de efeitos, mas oferece recursos fantásticos de rotoscopia. Conheça o incrível Studio Artist. A ferramenta que não pode faltar para nenhum artista.

Tudo começou quando o genial John Dalton, músico e programador de sucesso por trás de jóias como o primeiro software para audio multicanais, o Deck, estava em sua casa, no Havaí, tocando um sintetizador.

Ao explorar a maneira livre e criativa como gerava novos sons e simulava os de instrumentos tradicionais, ele teve uma idéia: por que não criar um sintetizador de imagens que cumprisse o mesmo papel do instrumento sonoro?

Essa idéia o levou a viajar o mundo, percorrendo museus e estudando obras de arte para descobrir as técnicas que os pintores famosos usavam em suas pinceladas. Daí, partiu para a realização de sua visão e desenvolveu um dos programas mais criativos que existem.

Interface do Studio Artist 4.05, no modo Paint Action Sequence. Nele você pode
gravar múltiplas ações diferentes que podem ser reproduzidas em qualquer
imagem ou até em uma sequência delas para gerar um vídeo.

Conheci o Studio Artist em 2001, quando fui para Los Angeles trabalhar para a Digital Midia Net, onde fui responsável por sete publicações online relacionadas a cinema, vídeo e animação.

Meu colega de trabalho e gênio dos Mac, Dave Nagel (do antigo site Creative Mac), queria me convencer a voltar  a usar computadores Apple, após um longo hiato.

Para isso, ele me mostrou um único programa que disse valer por si só a compra de um Mac (na época ele não estava disponível para Windows) – o Studio Artist.

Como já fui animador e estudei pintura a óleo com a maravilhosa mestra Erna Antunes, me apaixonei imediatamente pelo programa.

O Studio Artist não funciona como um simples plugin. Mesmo em modo de
pintura automática ele analisa a imagem e executa pinceladas baseadas em
sofisticados algoritmos que simulam as técnicas tradicionais de pintura.

Ele não só possibilitava, com o auxílio de um tablet Wacom, a mais perfeita simulação de pinturas que já havia visto, como também tornava possível a criação de efeitos que eu nunca tinha imaginado.

E, na casa do Dave, regado a maravilhosas cervejas belgas, fiquei tão entretido com o programa que, quando vi, já eram 3 horas da manhã.

Posso dizer com toda honestidade que a compra do Power mMac que aconteceu logo em seguida teve dois motivos – o novíssimo Final Cut Pro e o Studio Artist. Se bem que o SA foi o primeiro programa que instalei e demorou um bom tempo para que eu sequer tocasse no Final Cut.

Desde então, o Studio Artist tem evoluído sem parar e tem expandido ainda mais suas capacidades, sempre com a preocupação de ser um programa altamente criativo.

O Vectorizer em ação transformando a foto da modelo Fernanda Lynch
em uma pintura.
 O Studio Artist vem com milhares de presets que você
pode editar, além de poder criar os seus do nada.

Conheci o John Dalton pessoalmente em São Francisco, ao participar de uma Mac World. Lá estava ele com sua barraquinha na feira. Na época, ele não vendia seu programa de outra forma.

Entre as Mac Worlds, Siggraphs e outras feiras da vida, vendia milhares de cópias por ano sem fazer um anúncio sequer. E sua legião de seguidores aumentava cada vez mais.

Naquela noite John, que havia morado durante muitos anos em São Francisco, nos levou (Dave e eu) em uma cervejaria maravilhosa, com mais de 600 cervejas diferentes de todo o mundo.

E foi juntando a paixão pelas cervejas belgas e inglesas à arte e tecnologia que passamos uma noite animadíssima e conheci melhor esse sujeito incrível por traz do revolucionário sintetizador de imagens.

O Texture Synthesizer possibilita a criação de um número infinito de texturas
que podem ser,
 inclusive, animadas. Pode-se até utilizar uma imagem
para criar uma textura, como neste exemplo.

Mas vamos deixar para conhecer o John melhor em uma futura entrevista exclusiva para o Video Guru. Vamos agora fazer uma ligeira introdução a esse programa que ainda vai rendar muitas matérias neste site.

É um programa complexo e muito versátil, mas relativamente fácil de aprender. Dave Nagel foi um de seus maiores divulgadores, e criou vários tutoriais e presets para o programa.

O Studio Artist possui basicamente 12 módulos de operação: Operação de Imagens, Operações Temporais de Imagens,  Sintetizador de Texturas, Vetorizador, MSG, Sintetizador de Pinturas Clássico, Modo Duplo de Pintura, Warp (distorções), Ajuste, Seleção, Bezier e Sequências de Ações de Pintura.

O que torna o programa extremamente interessante é que ele funciona de uma forma completamente interativa e possibilita a gravação e reprodução de cada pincelada, efeito e processamento de imagem,  tanto para um único fotograma quanto para um série destes, gerando filmes em qualquer resolução.

Este desenho de uma motocicleta Triumph Sprint ST foi feito
utilizando dois tipos de traços diferentes.

Aliás, o fato do programa trabalhar independente de resolução é incrível, pois mesmo nos modos de rotoscopia uma imagem nunca é reproduzida diretamente do original e sim recriada na tela na resolução desejada.

Daí uma imagem em 320 x 240 pixels pode se transformar em uma obra de arte com resolução suficiente para ocupar um outdoor.  E, por conta disso,  o programa possibilita também a simples ampliação de imagens com uma qualidade excelente.

Cada módulo do programa oferece diversas categorias de funções e tudo pode ser feito em camadas, assim como no Photoshop. Embora o programa possa ser utilizado com um mouse, ele só tem seu total potencial aproveitado com um tablet da Wacom.

Nos próximos posts, exploraremos as funções básicas do programa e mostraremos como você pode usá-lo para obter efeitos incríveis, únicos, que variam desde uma pintura verdadeiramente artística, sem precisar ter nenhuma experiência prévia com arte, até animações maravilhosas feitas com rotoscopia automática, com total controle criativo, como os exemplos abaixo.

O Studio Artist hoje em dia pode ser encontrado e adquirido diretamente no site da empresa do John, a Synthetik Software. Uma versão gratuita para teste está disponível para você experimentar o programa antes de comprá-lo. É uma boa, também, para acompanhar nossos próximos tutoriais.

O Studio Artist versão 4 custa US$399 tanto para Mac quanto para Windows. Além de ser uma ferramenta única e fantástica, o programa tem o dom de exercitar nosso lado criativo e nos incentiva a experimentar.

Só tem um problema: o programa nos coloca em um universo paralelo onde o tempo parece não passar. Quando nos damos conta, horas foram consumidas na frente da tela do computador. Mas o sorriso estampado no nosso rosto prova que as horas gastas com o Studio Artist fazem bem à nossa alma.

O Video Guru recomenda!

Gostou do artigo ?

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber as atualizações do VideoGuru.

Artigos relacionados
1 5710

Seguindo a tendencia de ofertar pacote de produtos na área vídeo digital, a Red Giant comercializa o Shooter Suite, que traz um conjunto de aplicativos e filtros adequados para produções profissionais. Seus componentes vão desde ferramentas para facilitar a...
0 5370

Não é novidade que o Mocha é a principal referência hoje na área de motion tracking (rastreamento de movimento). O programa já tem uma história e segue se renovando, como faz agora. E muito bem, por sinal, como vamos...

Deixa seu comentário

GALERIA

1 4914

A interação entre ação viva e animação tem sido explorada ao longo da história do cinema, com muitos exemplos dos estúdios Disney e o inesquecível "Uma Cilada para Roger Rabbit", dirigido por Robert Zemeckis. O resultado, em geral, é estimulante. Pensando bem, a idéia...
8 5397

Esse vídeo fantástico, feito na Rússia para o lançamento de um projeto imobiliário, foge totalmente dos padrões tradicionais e utiliza a fantasia, com imagens incríveis, no lugar do uso tradicional de plantas e animações dos prédios em computação gráfica....
1 6027

Há algum tempo, publicamos um post com um vídeo do editor Piu Gomes, criado para responder a essa pergunta essencial para quem quer entender a linguagem audiovisual: o que é montagem? Também publicamos, há mais tempo ainda, outro post chamado...