Home Notícias Edição de Vídeo Mais dispositivos Thunderbolt

Mais dispositivos Thunderbolt

A CES em Las Vegas, no início do ano, foi mesmo a feira do Thunderbolt, com inúmeros lançamentos com a nova interface de comunicação da Intel. Além dos dispositivos já anunciados aqui, sobraram ainda dois outros, dessa vez voltados para entrada e saída de áudio e vídeo para sistemas de edição, que não poderiam passar desapercebidos pelo Videoguru.

Ambos são versões de produtos anteriores, agora turbinados com uma porta Thunderbolt, e, por isso, destinados a ficar no fim de uma cadeia de dispositivos.

O primeiro vem da MOTU, mais conhecida por fabricar equipamentos e software para áudio. Ela já tinha entrado na área de dispositivos para sistemas de edição não-linear de vídeo. Mas agora apresenta o HDX-SDI Thunderbolt, compatível com o FCP, Media Composer e Premiere Pro.

A interface, de nível profissional, oferece a captura de video full HD 4:2:2 10 bit via HD-SDI ou HDMI sem compressão ou utilizando codecs de pós-produção como o ProRes e o Avid DNxHD. Seus recursos incluem color grading ASC CDL, controle de máquina RS-422, sync de referencia bi-level e tri-level, entrada e saida de timecode monitorado no visor do painel frontal.

A parte de áudio, especialidade da MOTU, vem reforçada com 16 canais de entrada e saída de áudio simultâneas, captura e monitoramento de som surround 5.1 e 7.1, E/S de 8 canais de áudio analógico em conectores TRS de um quarto de polegada, E/S de 8 canais de áudio digital AES/EBU, 8 canais de áudio digital embutido via SDI e HDMI.

O HDX-SDI está é construido com material em metal resistente, com comprimento para instalação em rack e suportes removíveis para uso sobre a mesa de trabalho. O lançamento está previsto para o segundo trimestre de 2012 e ainda não tem preço definido.

O segundo dispositivo é da conhecida BlackMagic Design. Trata-se do Intensity Shuttle Thunderbolt, seu terceiro produto com a nova interface de comunicação da Intel, vindo se juntar ao Intensity Extreme e o UltraStudio 3D.

Sendo o mais simples da linha, o Intensity Shuttle Thunderbolt conta com captura e reprodução de vídeo SD e full HD 10-bit, com E/S HDMI, componente analógico, composto e S-Video, e áudio estéreo. A alimentação vem pela conexão Thunderbolt, e é compativel com os programas de edição mais populares. Ele estará disponível para compra ainda no primeiro trimestre de 2012 por  US$239.

 

Gostou do artigo ?

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber as atualizações do VideoGuru.

Artigos relacionados

Quatro meses depois do lançamento da versão anterior, surge o Final Cut Pro X 10.1.4. Não se trata de uma daquelas atualizações repletas de recursos novos, mas de manutenção e correção de bugs. Mas, por um detalhe, a nova versão...

Depois de  algum tempo em fase beta, o programa de edição não-linear de vídeo digital Lightworks Version 12 foi lançado oficialmente pela EditShare e já pode ser baixado para as plataformas Windows, Linux e Mac OS X. Muito se falou...

Deixa seu comentário

GALERIA

1 5268

A interação entre ação viva e animação tem sido explorada ao longo da história do cinema, com muitos exemplos dos estúdios Disney e o inesquecível "Uma Cilada para Roger Rabbit", dirigido por Robert Zemeckis. O resultado, em geral, é estimulante. Pensando bem, a idéia...
8 5756

Esse vídeo fantástico, feito na Rússia para o lançamento de um projeto imobiliário, foge totalmente dos padrões tradicionais e utiliza a fantasia, com imagens incríveis, no lugar do uso tradicional de plantas e animações dos prédios em computação gráfica....
1 6423

Há algum tempo, publicamos um post com um vídeo do editor Piu Gomes, criado para responder a essa pergunta essencial para quem quer entender a linguagem audiovisual: o que é montagem? Também publicamos, há mais tempo ainda, outro post chamado...