Home Notícias Outros Mais um laboratório de cinema fecha as portas

Mais um laboratório de cinema fecha as portas

E, dessa vez, foi logo um dos mais antigos e respeitados de todos – o Deluxe de Hollywood. A notícia foi publicada hoje pela revista Variety.

O laboratório vencedor de um Oscar por suas contribuições para a indústria cinematográfica fechará definitivamente suas portas no dia 9 de maio de 2014. O diretor de marketing da empresa, Peter Feigin, afirmou que “Tornou-se economicamente inviável para nós continuar operando (o laboratório) como um negócio… menos e menos estúdios estão usando filme”.

De 80 a 100 empregos serão afetados, apesar de que alguns trabalhadores poderão ser realocados dentro da empresa, que tem cerca de 3.000 funcionários nos EUA e está, na verdade, aumentando a sua força de trabalho. A empresa ainda não decidiu o que fazer com o imóvel em Hollywood onde o laboratório está localizado .

O laboratório Deluxe em Nova Iorque vai continuar cuidando dos clientes de processamento de negativos que ainda restam. O laboratório da empresa em Barcelona fará as cópias para exibição, com capacidade de cerca de 40 por dia.

“Estamos antecipando, assim como grande parte da indústria, um declínio dramático no volume de cópias  em película nos cinemas”, disse Feigin . “Isso tem diminuído muito e, em conjunto, a demanda por pós digital e distribuição digital tem aumentado bastante “.

Diretores de cinema e diretores de fotografia que preferem filmar em película 35mm poderão continuar usando os serviços da Deluxe Nova Iorque ou da Fotokem.

A mudança para a projeção digital praticamente eliminou cópias de filmes. A Weinstein Co. e a Paramount dizem que estão se preparando para acabar de vez com a distribuição cópias de filmes em película.

Alguns diretores e diretores de fotografia, no entanto, ainda preferem a película 35 milímetros. Christopher Nolan subiu ao palco no Oscar de tecnologia e ciência para dizer que o filme “ainda representa o padrão de ouro” para o cinema. A infra-estrutura essencial para a produção de película, no entanto, está morrendo. Só a Kodak ainda fabrica negativos 35mm. Como a quantidade de película comprada por ano pela indústria vem diminuindo, o preço por metro provavelmente aumentará.  E como o número de laboratórios também diminui , os serviços de laboratório tendem a se tornar mais caros e mais lentos.

Em algum momento, portanto, o filme irá simplesmente tornar-se economicamente inviável, não importa o quanto Nolan e outros defensores do processo fotoquímico o preferirem. Com o desaparecimento do laboratório da Deluxe, a era do cinema analógico está desaparecendo cada vez mais rápido na história.

Gostou do artigo ?

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber as atualizações do VideoGuru.

Artigos relacionados
0 2125

Conforme prometido pela empresa no início do ano, a Avid anunciou em comunicado oficial uma programação para regularizar a prestação de contas de seus demonstrativos financeiros referentes à anos fiscais passados. A não entrega desses relatórios financeiros foi o que...
0 1919

O modelo tradicional de negócios dos grandes fabricantes de equipamento broadcast parece não funcionar mais nos tempos modernos. E, por isso, muitos deles correm sério risco de fechar as portas ou serem comprados por outras empresas. O que, aliás, já...

Deixa seu comentário

GALERIA

1 4971

A interação entre ação viva e animação tem sido explorada ao longo da história do cinema, com muitos exemplos dos estúdios Disney e o inesquecível "Uma Cilada para Roger Rabbit", dirigido por Robert Zemeckis. O resultado, em geral, é estimulante. Pensando bem, a idéia...
8 5432

Esse vídeo fantástico, feito na Rússia para o lançamento de um projeto imobiliário, foge totalmente dos padrões tradicionais e utiliza a fantasia, com imagens incríveis, no lugar do uso tradicional de plantas e animações dos prédios em computação gráfica....
1 6075

Há algum tempo, publicamos um post com um vídeo do editor Piu Gomes, criado para responder a essa pergunta essencial para quem quer entender a linguagem audiovisual: o que é montagem? Também publicamos, há mais tempo ainda, outro post chamado...