Home Tutoriais Final Cut Pro X Novas estratégias de importação de material no FCPX 10.0.6

Novas estratégias de importação de material no FCPX 10.0.6

Uma das novidades da nova versão do FCPX, a importação de material original foi unificada em um mesmo painel, além de ter ficado bem mais flexível e com novos recursos.

Agora, o painel de importação se comporta como o Event Browser, com um modo por filmstrips e outro por lista, com colunas de metadados, e a seleção persistente e múltipla para material acessado diretamente das cameras.

Quem mostra como ficou é Steve Martin, em mais um episódio do MacBreak Studio, acompanhado de Mark Spencer. As novas formas de importação são completamente mapeadas e têm seu funcionamento explicado em detalhes.

O tutorial reprisa parte do conteúdo da apresentação da dupla sobre o novo update do FCPX no evento da LACPUG, que publicamos num post anterior. Mas nunca é demais ouvir e ver Steve falando do X.

Você encontra outros videos do Macbreak Studio nas  nossas categorias de tutoriais do FCPX e do Motion, e no site da Ripple Training você pode adquirir vários pacotes pagos de treinamento.

 

Gostou do artigo ?

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber as atualizações do VideoGuru.

Artigos relacionados

A versão 10.1 do Final Cut Pro X mudou completamente a estrutura de organização de arquivos do programa. Isso significa que a forma de trabalhar se modificou em vários aspectos para os quais você precisa estar atento. E para ajudar...

Tanto a Range Tool como o Shape Masks podem ser consideradas ferramentas super úteis, que todo mundo conhece e sabe para que serve, mas nem sempre sabe como tirar o melhor proveito delas. Nesse caso, nada como um guru...
6 comentários Nesse post
  1. Olá, queria saber o que foi feito com a importação de ARQUIVOS DE CAMERA pois na versão 10.0.5 eu podia importar o arquivos estando ele gravado em qualquer local de meu MAC inclusive de um HD externo e agora parece que o arquivo tem q estar dentro da pasta FINAL CUT CAMERA ARVIVES, para quem organiza esses arquivos em HD externos como é meu caso é uma involução. Se alguem souber como fazer por favor me dê uma luz. Grato

    • Rodinei, não há necessidade de colocar os arquivos de camera em nenhuma pasta a priori. O FCPX importa o material original esteja ele onde estiver. A diferença agora é que você pode fazer isso de uma unica janela no programa. O material, quando arquivado em um cartão de camera, pode ter uma ou mais partes selecionadas, enquanto que materiais em pastas comuns são importados por inteiro. Você pode estar confundindo procedimentos ou fazendo algo diferente do que é recomendado.

      • Olá João, não sei se estou sendo claro, mas é assim, conecto minha filmadora no FCPX e em IMPORT abre uma janela e logo abaixo existe um botão de nome CREATE ARCHIVE, quando voce usa ele o programa cria uma cópia exata do chip da filmadora onde está gravado os arquivos de vídeo, para que voce possa arquivar em seus HDs e depois para uma futura importação.
        Esse arquivo é gravado em uma pasta de nome FINAL CUT CAMERA ARCHIVES feito isso vc pode gravar ele em um HD externo por segurança ou para depois voce editar.
        Acontece que na versão 10.0.5 quando voce selecionava o HD no qual voce gravou esse arquivo e clicando nele o FCPX montava uma unidade com o nome do arquivo e consequentemente os videos gravados.
        E agora eu só consigo ler e montar esses arquivos se eles estiverem gravados na pasta descrita acima, não podendo mais acessar os HDs externos.

        • Agora entendi o que a que você está se referindo, Rodinei. Realmente, agora, para acessar um “Camera Archive”, ele precisa estar numa pasta “Final Cut Camera Archive”. O que mudou é que não há mais o botão “Open Archive”, que permitia abrir “Camera Archives” guardados em qualquer pasta de qualquer disco, interno ou externo.

          Mas você continua podendo salvar, guardar e acessar “Camera Archives” em discos externos. Basta que eles estejam contidos numa pasta “Final Cut Camera Archive” na raiz do disco externo. Aí ele é exibido e acessado automaticamente pela lateral esquerda da nova janela de importação do FCPX.

          Até acho que o botão “Open Archive” poderia ter sido mantido na nova versão do X. É uma opção a mais que se perde na maneira de usar o programa de um jeito mais personalizado.

          Mas parece que a Apple quis padronizar esse procedimento de reconhecimento automático de acesso ao material original dos projetos, com o argumento de que, desse modo, tudo fica mais prático.

          Me ocorre que isso até abre uma oportunidade para o programa “Event Manager” de criar um maneira de jogar os “Camera Archive” que não queremos que seja exibido na janela de importação em uma pasta “Final Cut Camera Archive Not In Use”.

          Por outro lado, não vejo implicações negativas de ter os “Camera Archives” colocados na pasta padrão e aparecendo na lista da janela de importação de mídia. Fora que o próprio usuário pode, sem maiores dores de cabeça, quando termina um projeto, deslocar seus “Camera Archives” para uma outro pasta ou disco de backup.

          De qualquer forma, Rodinei, valeu ter chamado atenção para a questão. Não deixa de ser uma alteração na nova versão que muda um pouco a maneira de trabalhar.

  2. Gente, no meu final cut 10.0.7 não está aparecendo essas opções de edição antes da importação.
    O meu erro é esse: http://cl.ly/Mf50
    Se alguem tiver alguma informação como reparar esse problema fico agradecido.

Deixa seu comentário

GALERIA

1 5080

A interação entre ação viva e animação tem sido explorada ao longo da história do cinema, com muitos exemplos dos estúdios Disney e o inesquecível "Uma Cilada para Roger Rabbit", dirigido por Robert Zemeckis. O resultado, em geral, é estimulante. Pensando bem, a idéia...
8 5535

Esse vídeo fantástico, feito na Rússia para o lançamento de um projeto imobiliário, foge totalmente dos padrões tradicionais e utiliza a fantasia, com imagens incríveis, no lugar do uso tradicional de plantas e animações dos prédios em computação gráfica....
1 6193

Há algum tempo, publicamos um post com um vídeo do editor Piu Gomes, criado para responder a essa pergunta essencial para quem quer entender a linguagem audiovisual: o que é montagem? Também publicamos, há mais tempo ainda, outro post chamado...