Home Notícias Câmera Novos problemas com a Blackmagic Cinema Camera

Novos problemas com a Blackmagic Cinema Camera

Milhares de compradores revoltados com atrasos na entrega, problemas de foco infinito, altas luzes que geram pontos negros na tela. Esses são alguns dos problemas que a Blackmagic vem enfrentando com a sua câmera de cinema.

Quando ela foi anunciada ano passado, o Video Guru comentou sobre os possíveis problemas de se comprar a primeira geração de uma câmera feita por uma empresa de placas de vídeo e conversores digitais.

Se empresas tradicionais, com anos de experiência no mercado, têm problemas ao lançarem modelos novos de câmeras, não é de causar  surpresa alguma que uma empresa que nunca fez uma câmera antes tenha.

Pela quantidade de posts com conteúdo negativo, parece até que temos algo contra a Blackmagic Cinema Camera. Nada disso! Nós adoramos a Blackmagic como empresa e usamos seus produtos há anos.

Queremos muito que a BMCC dê certo e que cause uma revolução no mercado. Afinal, a idéia de uma câmera de cinema digital com tantas qualidades nessa faixa de preço, feita por uma empresa que entende muito de vídeo digital, é realmente revolucionária.

O problema é que a Blackmagic não é um fabricante de câmeras. Esse é seu primeiro modelo e, como qualquer novidade radical, veio com uma série de arestas a serem aparadas.


O curta Telephonophobia, realizado por um dos primeiros usuários, mostra o verdadeiro potencial da câmera de cinema da Blackmagic.

O atraso na entrega tem sido um problema sério. São milhares de compradores mundo afora que perderam (e continuam perdendo) diversos trabalhos esperando a entrega da câmera, que tem acontecido em quantidades mínimas.

Os europeus têm sido os mais prejudicados, seguidos pelos americanos. No site da Blackmagic a revolta é geral. São centenas de posts de compradores indignados, muitos dos quais estão cancelando seus pedidos e comprando câmeras de competidores.

Enquanto isso, no Japão e na Austrália, é possível entrar em uma loja e sair, imediatamente, com uma BMCC na sacola. Isso deixa os compradores no resto do mundo ainda mais furiosos.

Para piorar, os “sortudos” que receberam as primeiras câmeras na frente dos outros depararam com uma séries de problemas. O mais chocante foi descobrir que muitas de suas lentes não obtinham foco infinito. A Blackmagic afirmava que o problema era com lentes desajustadas, já que o bocal da câmera aderia fielmente às especificações da Canon.


Este vídeo mostra os problemas de foco infinito com a lente Tokina 11-16mm 2.8

Problemas como esses que a Blackmagic Cinema Camera vem enfrentando já eram de se esperar. Afinal, o fabricante nunca lançou uma câmera antes e seu forte não é a parte ótica.  O sensor, adaptado de um modelo desenvolvido para aplicações científicas, tem muitas vantagens mas é a primeira vez que é usado em uma câmera de cinema digital.

A Blackmagic é uma empresa maravilhosa e merece todo sucesso do mundo nessa empreitada. É comum que os erros e acertos com essa câmera sirvam para melhorar a próxima geração. Os primeiros compradores não deixam de ser cobaias nesse desenvolvimento, mas são voluntários para isso. Aqueles que não acreditavam que teriam problemas com uma câmera nunca antes testada de um fabricante que é novo nesse setor foram muito ingênuos.

No entanto, os problemas estão sendo resolvidos e a Blackmagic prova, mais uma vez, que é uma empresa de primeira linha no que diz respeito ao atendimento ao consumidor. Com a NAB se aproximando, resta saber se já vão anunciar algo em relação à próxima geração de câmeras. Mesmo antes dos compradores do primeiro modelo receberam as suas.

Enquanto isso, os primeiros usuários a receber suas câmeras começam a postar testes e trabalhos na internet. Como comentamos antes, o resultado depende muito do usuário pois a câmera é como um carro de competição: em boas mãos produz resultados fantásticos. Em mãos não tão experientes, resultados medíocres.

Felizmente, alguns dos vídeos que estão surgindo, como o curta acima, mostram que a qualidade superior e as vantagens dessa câmera superam seus problemas.

 

Gostou do artigo ?

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber as atualizações do VideoGuru.

Artigos relacionados
0 7288

A O2 Filmes está utilizando várias Blackmagic Pocket Cinema Cameras (BMPCC) como câmeras principais nas gravações da nova comédia de sucesso da GNT, “Lili, a Ex”. A carga do conteúdo no set foi feita pela White Gorilla e toda a...
2 5756

Faz poucos dias que a Blackmagic lançou mais um firmware para suas Cinema Camera 2.5K (BMCC) e Pocket Cinema Camera (BMPCC). Esse firmware 1.9.7 adiciona a funcionalidade de poder formatar os cartões de memória nas próprias câmeras sem precisar...
2 comentários Nesse post
  1. Ja era de se esperar que problemas aconteceriam na primeira leva. Espero que a segunda versão, venha melhorada e com muito mais segurança para os usuários comprarem.

    Em relação a demora, acredito que nem a Blackmagic acreditava tanto no potencial de vendas inicial para as suas câmeras, por esse motivo o atraso.

    • Esse com certeza é um dos fatores, Vandrei. Mas o principal vilão, segundo eles, é o sensor que deu o problema do descolamento do vidro. Eles tiveram que devolver pro fornecedor e encomendar uma leva nova de milhares de unidades. Somando o tempo da solução definitiva do problema ao da fabricação, o atraso foi bem maior que o previsto.

      Fico solidário com a Backmagic, pois realmente é uma empresa fantástica. Torço para que tudo se resolva e que eles desenvolvam câmeras cada vez melhores.

Deixa seu comentário

GALERIA

1 5264

A interação entre ação viva e animação tem sido explorada ao longo da história do cinema, com muitos exemplos dos estúdios Disney e o inesquecível "Uma Cilada para Roger Rabbit", dirigido por Robert Zemeckis. O resultado, em geral, é estimulante. Pensando bem, a idéia...
8 5754

Esse vídeo fantástico, feito na Rússia para o lançamento de um projeto imobiliário, foge totalmente dos padrões tradicionais e utiliza a fantasia, com imagens incríveis, no lugar do uso tradicional de plantas e animações dos prédios em computação gráfica....
1 6419

Há algum tempo, publicamos um post com um vídeo do editor Piu Gomes, criado para responder a essa pergunta essencial para quem quer entender a linguagem audiovisual: o que é montagem? Também publicamos, há mais tempo ainda, outro post chamado...