Home Notícias Motion Graphics O que pode pintar no After Effects CC em 2014

O que pode pintar no After Effects CC em 2014

2013 foi um bom ano para o After Effects, quando passou a ostentar a alcunha de CC, como os outros aplicativos da Adobe. Muitas demandas de usuários foram atentidas e o programa caminhou passos largos em algumas áreas importantes, como na melhor integração do Cinema 4D com as composições do AE. Mas o que esperar para 2014? Quais são as principais reivindicações dos usuários coletadas pela Adobe no ano de 2013 que ainda não foram atendidas, e que são consideradas para possível implementação ao longo desse ano?

Esse foi o tema de um post no blog oficial do programa, de autoria de Todd Kopriva, uma das principais cabeças da Adobe envolvidas com o After Effects, e talvez a melhor referência para saber o que pode pintar por aí. Aliás, as projeções de início de ano de Todd já estão virando uma tradição. As dos outros anos foi certeira em muitas coisas.

Mas vamos ao que interessa. Quais são os recursos mais demandados pelos usuários, e para os quais a Adobe está atenta? Segue abaixo uma lista sumária:

• Onion skinning para as animações em geral;

• Capacidade de acessar vértices individuais de máscaras e shapes com as expressões;

• Capacidade de abrir uma pré-composição no painel Timeline da composição na qual está contida;

• Layer folders;

• Aceleração via GPU para renderização de outras coisas além do render de 3D ray-trace;

• Pintura no painel Composition;

• Editor de atalho de teclado;

• Possibilidade de redimensionar o texto da interface de usuário;

• Efeito Camera Raw animado;

• Codificação de cores e agrupamento de keyframes e marcadores;

• Importação de projetos do Motion 5;

• Capacidade de um efeito utilizar uma camada como referência com todos os seus efeitos, sem precisar usar pré-composição;

• Grupo de propriedades de transformação por máscara;

• Capacidade de bloquear uma propriedade específica;

• Ferramenta de crop;

• Ferramenta Puppet com inverse kinematics e bones (para animação de personagem);

• Linha com ponta de seta para shape layers;

• Efeito Curves com interface redimensionável;

• Atalhos de teclado para mostrar propriedades de shape layer;

• Mascaras voltadas para efeitos;

• Strokes de espessura variável e aleatória (wiggly);

• Painel de amostra de cor (color swatch).

E aí, o que você acha? Nada mau, heim? Todd Kopriva explica essas representam uma partes demandas de usuários mais pedidas que a Adobe têm recebido. Tá bom pra você ou faltou alguma coisa que você acha importante de implementar? Se você quiser saber mais sobre essa projeção de Todd, e seus comentários sobre as possibilidades que cada uma delas têm de serem implementadas, acesse o post dele clicando aqui. No texto, você também vai poder revisar os novos recursos mais importantes acrescentados em 2013, que também foram listados e comentados por ele.

Gostou do artigo ?

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber as atualizações do VideoGuru.

Artigos relacionados

Na semana do mega evento Adobe MAX 2014, conferência ocorrida de 3 a 7 de outubro em Los Angeles, California, a Adobe lançou as novas versões dos aplicativos de vídeo digital CC 2014.1, que haviam sido anuncias na IBC...

O festival South by Southwest (SXSW), que ocorre todo ano em Austin, Texas, nos Estados Unidos, tem seu forte na música. Mas, a cada ano que passa, a sua competição específica para cinema ganha mais prestígio e reconhecimento. Entre as várias categorias da competição para...

Deixa seu comentário

GALERIA

1 5074

A interação entre ação viva e animação tem sido explorada ao longo da história do cinema, com muitos exemplos dos estúdios Disney e o inesquecível "Uma Cilada para Roger Rabbit", dirigido por Robert Zemeckis. O resultado, em geral, é estimulante. Pensando bem, a idéia...
8 5531

Esse vídeo fantástico, feito na Rússia para o lançamento de um projeto imobiliário, foge totalmente dos padrões tradicionais e utiliza a fantasia, com imagens incríveis, no lugar do uso tradicional de plantas e animações dos prédios em computação gráfica....
1 6187

Há algum tempo, publicamos um post com um vídeo do editor Piu Gomes, criado para responder a essa pergunta essencial para quem quer entender a linguagem audiovisual: o que é montagem? Também publicamos, há mais tempo ainda, outro post chamado...