Home Notícias Câmera PrimeCircle anuncia lentes Zeiss estilo cinema para HDSLRs Canon

PrimeCircle anuncia lentes Zeiss estilo cinema para HDSLRs Canon

Tantas câmeras para produção de cinema digital foram introduzidas na NAB 2012 que pouca gente reparou em um dos lançamentos mais importantes para acompanhá-las: as lentes Zeiss estilo cinema da PrimeCircle.

A Zeiss oferece a linha Compact Cine Prime de lentes com preços a partir de 4 mil dólares, cada, nos EUA. São lentes fantásticas, mas montar um kit dessas lentes não é para qualquer um, chegando a custar dezenas de milhares de dólares. Ao mesmo tempo, a Zeiss oferece uma linha semelhante de lentes para fotografia a um preço bem menor.

Foi só uma questão de tempo para o designer e modificador de lentes Dante Cecchin resolver transformar estas lentes maravilhosas em verdadeiras lentes estilo cinema. Segundo ele, são as melhores lentes manuais que você pode comprar para sua HDSLR Canon.

Mas o que faz uma lente desenhada para fotografia virar uma lente apropriada para produção de cinema digital? Pra começar, ele substitui a baioneta original das lentes ZF por uma especialmente desenhada para as HDSLRs Canon. Mas o truque principal, além da precisão da construção, está em posicionar o indicador de abertura da lente para que este aponte para o lado esquerdo da câmera, em vez de apontar para cima.

Faz todo sentido, pois em cinematografia digital o operador olha para o lado da lente, onde normalmente fica localizado o controle de follow focus. Olhar por cima da lente fica muito mais incômodo, principalmente quando se usa a câmera no ombro. Em seguida, o controle do diafragma é “desclicado”. Ou seja, passa a operar continuamente, sem paradas, assim como em uma lente tradicional de vídeo ou cinema.

O próximo passo é adicionar um controle de foco de diâmetro maior, já com engrenagens embutidas para funcionar com follow focus. Esse controle também dá uma excelente “pegada” para fotografias ou para mudanças rápidas de foco em documentários. Em seguida, um tubo com o tamanho da lente escrito em números grandes é adicionado à frente da lente.

A função do tamanho dos números  é a fácil identificação no set, mesmo à distância e no escuro. Um novo conjunto frontal faz com que todas as lentes da série tenham o mesmo diâmetro para filtros circulares: 90mm. Isso evita ter que carregar sempre vários jogos de filtros por causa de lentes de diâmetros diferentes.

 As ranhuras bem destacadas no conjunto frontal  têm o objetivo de diminuir ou eliminar quaisquer reflexos de luz deste na lente. E o fabricante desenhou um matte box especial que se movimenta nos trilhos, acompanhando automaticamente o aumento e diminuição do comprimento das lentes quando se altera o foco.

A qualidade do material utilizado é de primeira, desenhado para aguentar a pauleira do dia a dia de produção. Fica bem claro, ao olhar para as lentes, que eles se tornam muito mais resistentes que as originais. Imagino que resistam melhor, inclusive, a quedas e outros acidentes de produção.

Para proteger as lentes mais ainda, são fornecidas capas de lente dianteira e traseira em alumínio que, além de mais sólidas que as de plástico, encaixam com mais precisão.  A pergunta que todos fazemos, nessa hora, é quanto custa tudo isso? A resposta chega a ser surpreendente: só 20% a 30% a mais que o preço da lente ZF original.

Uma verdadeira pechincha, considerando todas as vantagens oferecidas e que as modificações trazem 90% da funcionalidade das Compact Primes (faltam pequenos detalhes como engrenagens no anel de abertura do diafragma, por exemplo). Como o interior das lentes originais não é alterado em nada, você tem a certeza de receber uma ótica da mais alta qualidade.

O cuidado de Dante Cecchin na modificação dessas lentes é realmente admirável. A ponto dele utilizar uma graxa especial no anel de abertura do diafragma para este oferecer a resistência perfeita no manuseio. Ele oferece kits variados de lentes, acondicionados em caixas resistentes, que vem até com papéis de ajuste de foco nas tampas.

Quem já fotografou com lentes Zeiss sabe que elas estão em uma categoria à parte no que diz respeito à qualidade da imagem. Realmente as modificações deixaram-nas melhores ainda, e o pequeno acréscimo no preço das Zeiss originais torna as PrimeCricle um investimento bem atraente.  Para maiores informações, visite o site do fabricante clicando aqui.

Gostou do artigo ?

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber as atualizações do VideoGuru.

Artigos relacionados
0 6968

A O2 Filmes está utilizando várias Blackmagic Pocket Cinema Cameras (BMPCC) como câmeras principais nas gravações da nova comédia de sucesso da GNT, “Lili, a Ex”. A carga do conteúdo no set foi feita pela White Gorilla e toda a...
2 5470

Faz poucos dias que a Blackmagic lançou mais um firmware para suas Cinema Camera 2.5K (BMCC) e Pocket Cinema Camera (BMPCC). Esse firmware 1.9.7 adiciona a funcionalidade de poder formatar os cartões de memória nas próprias câmeras sem precisar...

Deixa seu comentário

GALERIA

1 4914

A interação entre ação viva e animação tem sido explorada ao longo da história do cinema, com muitos exemplos dos estúdios Disney e o inesquecível "Uma Cilada para Roger Rabbit", dirigido por Robert Zemeckis. O resultado, em geral, é estimulante. Pensando bem, a idéia...
8 5397

Esse vídeo fantástico, feito na Rússia para o lançamento de um projeto imobiliário, foge totalmente dos padrões tradicionais e utiliza a fantasia, com imagens incríveis, no lugar do uso tradicional de plantas e animações dos prédios em computação gráfica....
1 6027

Há algum tempo, publicamos um post com um vídeo do editor Piu Gomes, criado para responder a essa pergunta essencial para quem quer entender a linguagem audiovisual: o que é montagem? Também publicamos, há mais tempo ainda, outro post chamado...