Home Artigos Hardware Resenha – Tamron AF 17-50mm F/2.8 XR Di II LD Aspherical (IF)

Resenha – Tamron AF 17-50mm F/2.8 XR Di II LD Aspherical (IF)

O nome da lente é enorme: Tamron AF 17-50mm F/2.8 XR Di II LD Aspherical (IF) Modelo A16E para Canon. Ufa! Mesmo assim, ela já ganhou uma reputação muito especial mundo afora: a de um dos melhores custo/benefício em zooms grande angulares do mercado.

O motivo desta resenha é a dificuldade de encontrarmos boas lentes zoom abertas para os sensores crop das HDSLRs Canon 7D, 60D, 550D (t2i) e 600D (t3i). Essas câmeras podem vir com lentes kit até bem abertas de fábrica, mas o grande problema para nós que trabalhamos com vídeo é a luminosidade.

Além disso, para podermos utilizar o zoom em filmagens, uma lente deve ter a abertura constante. Caso contrário, a lente escurecerá no meio do zoom, estragando a tomada. Como as lentes kit não preenchem os quesitos acima, precisamos recorrer a modelos bem mais sofisticados e, consequentemente, caros.

Só que, de vez em quando, aparece uma exceção à regra. E, neste caso, essa Tamron é ela. Vale mencionar que existem dois modelos desta lente. Um com estabilização de imagem e outro sem. Só que, além de ser bem mais barato, o modelo sem estabilização é mais nítido, daí ser a nossa escolha.

A Tamron AF 17-50mm F/2.8 XR Di II LD Aspherical (IF) é uma lente relativamente compacta, desenhada exclusivamente para sensores crop. Portanto, não pense nela como uma opção para a 5D Mk II. Seu acabamento é bem superior ao das lentes kit da Canon, e ela já vem de fábrica com um parasol do tipo pétala – um opcional bem carinho para as lentes Canon.

Como o nosso foco é mais vídeo, é importante observar que o zoom desta lente é giratório e suave o suficiente para uso durante as filmagens. Muitas lentes modernas não se prestam bem para esse fim. Outro detalhe importante em relação à lente kit é o anel de montagem traseiro da lente. Na Canon, ele é de plástico e vai se desgastando com o tempo. Na Tamron ele é de metal.

Por ser mais parrudinha que a lente kit da Canon, a Tamron pesa 440 gramas e, por isso, oferece um sensação bem maior de solidez e qualidade. Embora o corpo seja de plástico, assim como as outras lentes Tamron, este é de alto impacto e não parece nem um pouco frágil. Tanto o anel de foco quanto o de zoom são emborrachados e oferecem uma boa empunhadura.

Para efeito de comparação nesta resenha, utilizaremos a lente Canon 18-55mm 3.5-5.6 IS que é oferecida como lente kit das Canon crop mais acessíveis. É uma lente até decente, ainda mais para vídeo, já que a definição não é a mesma de uma Zeiss prime – e nem precisa ser quando se filma em 1080p. Abaixo, a diferença de tamanho entre ela e a Tamron.

Dá para ver que a Tamron é pouca coisa maior em comprimento, embora seu diâmetro seja consideravelmente maior. Uma das coisas ruins da Canon é o anel de foco, que é muito estreito, de plástico duro, praticamente impossível de usar com um follow focus pois, além de estreito, se movimenta para a frente quando girado.

Outro problema é que, ao se acertar o foco, a frente da lente gira. Isso impossibilita o uso de filtros polarizadores durante a filmagem caso seja necessária alguma mudança de foco. Na Tamron o anel de foco não sai do lugar e a frente da lente não gira, tornando-a bem mais prática. Ambas as lentes aumentam de comprimento com o uso do zoom. Veja abaixo a diferença entre as duas.

A Tamron apresenta um desenho bem moderno, com 13 grupos e 16 elementos de lentes, além de um diafragma com 7 lâminas arredondadas que garante um bokeh bem agradável. A lente frontal tem um diâmetro bem razoável e aceita filtros com 67mm de diâmetro. O coating múltiplo, que pode ser visto na foto abaixo, é excelente contra flares, tornando a Tamron superior à sua concorrente Sigma.

Outra vantagem deste excelente coating é o micro contraste oferecido por esta lente. Aliás, o contraste em geral é fantástico, assim como a resolução. Também gostei muito das cores que esta lente transmite às imagens, principalmente dos tons de pele. A abertura vai de F/2.8 a F/32. Vale mencionar que a abertura mínima é ótima em situações de luz excessivamente forte.

Nas fotos abaixo podemos observar a diferença que faz uma lente de 17mm contra uma lente de 18mm. Pode parecer pouca coisa, mas a Tamron oferece um ângulo de visão suficientemente maior a ponto de incluir detalhes que seriam perdidos com a Canon. No caso, a igreja da Glória à direita. Em ambientes pequenos, essa diferença fica ainda maior.

Repare também nas diferenças de cor e contraste entre as lentes. Por causa da resolução das fotos reduzida em 50% para efeito de velocidade de transferência, a diferença de definição não fica tão aparente, embora seja visível. Em cima, a imagem da Tamron e embaixo a da Canon (clique nas imagens para ampliá-las).

Além da Tamron oferecer cores mais realistas, e o que parece ser uma gama maior delas, ela também tem uma performance fantástica no que diz respeito a aberrações cromáticas. Embora a Tamron não seja vendida como uma lente macro, a possibilidade de focar à curta distância torna possível esse recurso, embora menor que a macro da lente Canon, como pode ser visto abaixo.

Mas a maior diferença entre as duas lentes, e também o maior motivo para investir na Tamron, mesmo que você já tenha a lente kit da Canon, está na abertura do diafragma. Porque, além da lente ter abertura constante em todo o zoom, a abertura maior da Tamron possibilita duas coisas importantes: maior controle de distância focal e maior sensibilidade com pouca luz.

Nas imagens abaixo, vemos a diferença entre as duas lentes no que diz respeito ao foco. Com o zoom em 37mm, a Tamron (esquerda) consegue manter sua abertura máxima em F/2.8, enquanto que a Canon (direita) não passa de F/5. Na prática, isso ajuda a manter em foco somente o que interessa, desfocando todo o resto.

Mas a maior diferença está mesmo na capacidade de filmar com pouca luz. É aí que a Tamron mostra ser uma lente realmente superior. Essas capturas abaixo foram feitas em modo vídeo, com a mesma luz ambiente, em ISO 400. Enquanto a Canon não capta luz suficiente, deixando a imagem escura, a Tamron obtém luz de sobra para filmar.

Nossa conclusão não poderia ser mais favorável. A Tamron oferece melhor qualidade geral de imagem, melhor qualidade de construção, mais luminosidade, melhor bokeh, maior campo visual e maior luminosidade (uniforme através de todo o zoom). E tudo isso por um preço muito acessível: US$ 499,00 na B&H. Sua competidora direta da Canon (17-55mm 2.8) custa US$ 1.179,00 mais US$ 39,95 do parasol.

Embora não tenhamos comparado as duas diretamente, outros sites especializados chegam a afirmar que a Tamron oferece melhor qualidade de imagem que a Canon, apesar da enorme diferença de preço. Portanto, não temos como não recomendar a Tamron como um excelente upgrade para sua HDSLR.

Assim como as melhores lentes, mesmo com o diafragma todo aberto, a Tamron AF 17-50mm F/2.8 XR Di II LD Aspherical (IF) não perde definição nem contraste, oferecendo excelentes cores e um bokeh bem agradável, como podemos ver na imagem abaixo. Sua designação SP significa Performance Superior.

Para maiores informações sobre esta lente fantástica, ou até mesmo para encomendar a sua, clique aqui. Além do preço fantástico, a lente vem com 5 anos de garantia.

Gostou do artigo ?

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber as atualizações do VideoGuru.

Artigos relacionados
12 5100

O cinema digital nunca viveu um período tão interessante. Se a câmera de cinema digital chinesa iniciou a revolução dos preços baixos, foi a Blackmagic que venceu a corrida e lançou no mercado as verdadeiras câmeras revolucionárias. Agora...
30 6180

Eles são a última novidade do mercado. Monitores bem mais largos que o normal e que oferecem muito mais espaço para trabalhar. Além disso, são perfeitos para reproduzir filmes em formato cinemascope. Com um desses monitores você consegue praticamente o...
62 comentários Nesse post
  1. Caras muito legal o site de vocês sempre acompanho, mas esse post me gerou uma dúvida, a lente Tamron é 17-50 ou 17-150? Por que no texto aparece 17-150 e eu só achei 17-50 para vender.

    • Felipe, muito obrigado por nos alertar sobre esse erro de digitação. A lente é realmente uma 17-50, e já consertamos o texto. Se você está interessado, pode comprar com segurança, pois ela é fantástica.

  2. Olá, Paulo. Muito bom o seu texto, me esclareceu muitas dúvidas. Você recomenda o uso dessa lente com steadicam?

  3. Tem muita diferença de qualidade entre a com VC e sem VC.
    Vou usar para filmar, já li que para filmar com VC ajuda e muito.

    Parabéns pelo site.

    • Olá Rafael. Há uma perda considerável de nitidez no modelo VC dessa lente. Como é uma lente aberta, a falta de estabilização não atrapalha muito, ainda mais entre 17mm e 35mm. A estabilização torna-se mais necessária quando se usa teles. Mas isso é uma decisão meio pessoal. No meu caso, prefiro mais nitidez pois uso tripés ou monopés sempre que possível. Mesmo na mão, não tenho problemas com ela. Mas se você precisa fazer câmera na mão frequentemente e a estabilização de imagem é muito importante, então o modelo com VC pode ser mais interessante.

    • Existe uma diferença notável na qualidade da imagem. O suficiente para que a versão sem VC possa ser considerada acima da média e a com VC mediana.

  4. outra dúvida, há lentes que aparecem DI outras DII, mas parecem todas o mesmo modelo 17-50mm. Há também algumas que trazem no nome AF ….SP e outras somente Af…são iguais, ou é mesmo algo diferente da lente do post?

    • A lente do post é o modelo mais recente e conta com melhorias no desenho e fabricação, incluindo um coating mais moderno e sofisticado. Como a Tamrom fabrica a 17-50 já faz tempo, existem mesmo diversas versões. E ainda pode-se encontrar os modelos mais antigos à venda, novos – o chamado “novo estoque antigo”. Mas já vi também anúncios da mesma lente onde comeram parte do “nome completo” dela. Afinal, ele é enorme! Portanto, certifique-se que é o modelo correto na hora de comprar.

      Em tempo, vale comentar que estava filmando um evento faz uns dois meses quando fui surpreendido por uma chuva muito forte. Sem ter como cortar, rodei durante uns 3 minutos debaixo dessa chuva intensa com essa lente. A água escorria direto nela e eu achei que ela ia sofrer danos permanentes. Mas a danada não estava nem aí. Não entrou nem uma gota d’água dentro e, após a filmagem, só ocorreu uma condensação momentânea quando fui secá-la em um ambiente mais quente. Pouco depois ela estava como nova e continua assim até hoje. A construção é muito boa, o que me deixou surpreso pois não sperava tanto.

  5. Olá Paulo, olha eu aqui de novo, hehehe, final de semana vou finalmente pegar a minha 17-50, seu post me ajudou na decisão, para vídeo as lentes mais claras são muito caras, mas vou conseguir aponsentar minha 18-55 que me quebrou vários galhos, mas me deu muito dor de cabeça em baixa luminosidade.

    Valeu meu camarada

  6. Parabéns e obrigado pelo post PAulo
    estou nesse momento no site da B&H pra fazer a comprar dela, ja tinham me recomendado mas nunca me deram tantos detalhes como vc nesse post.
    Eu tenho apenas uma duvida e a verdade que quando vc responder eu ja terei comprado a minha porem confiarei na sua opniao mesmo sem a ultima questao ser resolvida rs
    Essa lente nao possui IS entao eu fico com muito receio que as imagens saiam muito tremidas, balançadas principalmente ser for usar ZOOM.
    eu trabalho com video social é se torna impossivel nao fazer ZOOM, o que vc pode me comentar sobre esse tema, realmente ele treme muito, ou a ausencia de IS passa despercebido?
    OBrigado Paulo

    • Tratando-se de uma lente grande angular para normal, se você tem uma mão firme não vai ter problemas. As tremidas aparecem mais quando se aproxima das teleobjetivas.

  7. No caso da da fotografia, pelo fato dela não ter estabilizador, ela perde no foco ou em outro atributo comparado a uma lente kit da Canon?

    • Ela não perde em nada. O estabilizador só serve quando a velocidade do obturador é baixa e evita, até certo ponto, que a imagem saia tremida. Mas isso pode ser compensado alterando o ISO ou abrindo mais o diafragma. Em fotos profissionais, geralmente você ilumina o objeto a ser fotografado, daí o estabilizador não ter tanta utilidade. Em fotografia, o estabilizador funciona mais em fotos documentais sob condições de baixa luminosidade, quando não se usa nem tripé nem monopé. Nessas condições, o estabilizador permite fotografar na mão sem tremer tanto, sem ter que aumentar o ISO. Estabilização não tem absolutamente nada a ver com o foco. E essa lente, assim como algumas outras, é mais nítida na versão não estabilizada do que na estabilizada.

  8. Excelente lente. Tenho uma que adquiri no inicio de 2012. Fui mto feliz em compra-la. Valeu Paulo, mais uma excelente matéria.

  9. ouvi falar que a tamron possue uma dificuldade quanto a agilidade em fazer a focagem, e o motor faz um considerável barulho que pode ir ate mesmo no audio da filmagem! o que pode me dizer, por esses pontos negativos, pelo fato de querer trabalhar com filmagem tambem optei pela sigma 17 50mm f/2.8 tendo uma rapidez no foco e nao faz nenhum barulho diferente da tamron, tem algo pra me dizer q talvez nao esteje esclarecido?

    • A Tamron não apresenta nenhuma dificuldade de foco a mais do que as outras lentes. Quanto ao barulho, pode não ser tão silenciosa quanto uma Canon série L ultrasônica, mas o nível de barulho não é maior do que das lentes normais da Canon. Além do mais, em filmagens profissionais nunca uso foco automático, pois não funciona direito. O foco manual é sempre melhor. Daí nenhuma lente da série Cinema ter foco automático. Foco automático só serve para fotografia.

  10. Opa, Tudo Blz Paulo.

    Cara eu to iniciando no mundo como videomaker e eu tenho pra iniciar uma Canon 650D, + lente kit e + uma lente canon 50mm 1.4 que comprei por causa de uns videos que eu vi filmando com ela por causa do plano de fundo.

    Minha intenção seria comprar uma segunda lente como essa que voce menciona no post.

    Essa lente pelo visto acaba sendo o ganha pão inicial por conta das funções e também o custo.

    Caso eu não ache ela para comprar a Lente Sigma Canon 17-50mm f/2.8 EX DC OS HSM atende os mesmo requisitos. ou melhor comprar a tamrom.

    Cara obrigado pelo seu post muito massa…

    Abraço

    • Cranioex, a Sigma não é tão boa quanto a Tamron porque a imagem é bem definida no centro, mas vai ficando suave nas bordas. Por isso, recomendo a Tamron. Ela não é difícil de encontrar.

  11. Oi. Estou itneressda demais em comprar a 17-50 é queria saber se ela é boa pra fotografar shows e Festa Infaltil. Porque é o que mais faço! E como vejo o nome dela para comprar? É igual mesmo no site? Mesmo assim aparecem varios nomes. Obrigada.

    • Fabiana, ela é muito boa para fotografia. Existem dois modelos – o com estabilização de imagem e o sem. O modelo do artigo é o sem estabilização, que é mais nítido e mais barato. O com estabilização tem um pouco menos de definição é é mais caro. Se você usar o nome completo da lente no artigo vai encontrar o modelo exato.

  12. Caras muito legal o site de vocês sempre acompanho,
    AMIGO ESSA LENTE Tamron AF 17-50mm FUNCIONA BEM TANTO NA CANON COMO NA NIKON.

  13. E a com Vc para fotos trabalha com outras aberturas também? O que você poderia me informar sobre ela em fotos na Canon?

    • Ela é muito boa para fotos. Recentemente tenho filmado muito com ela na BMCC e as imagens ficam lindas. Um excelente custo/benefício.

  14. Ola Paulo, estou acompanhando as duvidas do pessoal e praticamente as mesmas que eu tenho, trabalho com Video Clipe a pouco tempo e queria trocar por essa lente 17-50, pelo q vi nos comentários ela é muito boa e com ótima nitidez, então pesquisando me veio uma duvida, você disse q a lente 17-50 sem o “VC” tem mais nitidez mas pouca estabilidade, só q a 17-50 tb com “VC” tem a opção de ON e OFF, se eu comprar essa que tem o “VC” e colocar em OFF vai da a mesma qualidade de uma que não tem O VC?

    • Christian, a lente sem o VC tem mais nitidez. Não faz diferença se você desligar o VC no outro modelo que a definição continua a mesma.
      Essa lente é realmente surpreendente. Tenho usado ela na Blackmagic Cinema Camera e tem gente que vê o material e pensa que foi filmado com uma Zeiss. Outra vantagem dela é que, embora ela não seja vendida como uma macro, o foco dela é tão próximo que ela cumpre também esse papel (até um certo ponto, claro). Quanto à estabilidade, só muda em relação a tremer um pouco mais, quando usada com c câmera na mão, quando ela está mais fechada. Mas em 17mm a imagem quase não treme. De qualquer modo, em um tripé, steadycam ou uma boa cangalha, aí não faz diferença alguma em nenhuma distância focal.

  15. Muito obrigado, me tirou uma grande duvida, só que tenho mais uma no momento.

    Lendo as duvidas aqui na resenha e em outros sites, notei que algumas pessoas comentaram que essa lente 17-50 fica espetacular em uma camera “FULL FRAME”, não ressaltei na pergunta anterior q minha câmera é uma crop Canon 70D, então me sugeriram uma 24-70 onde teria mais qualidade q uma 17-50 para uma câmera crop, só que o valor dessa 24-70 e o dobro, mas a questão maior é a qualidade de imagem que estou procurando, hoje uso uma 18 -135 me quebra o galho e consegui uma grana pra poder investir em outra lente melhor, oque poderia me sugerir para uma camera 70D?

    • Christian, fizeram uma confusão danada! Essa Tamron é desenhada para câmeras crop como a sua, e não serve nas Full Frame. A 24-70 é que é para Full frame. Na sua câmera ela perderia muito as funções de grande angular, virando o equivalente a uma 38.4mm quando aberta. Pode comprar a Tamron sem medo, pois ela tem qualidade de sobra.

  16. Esssa diferença que você fala de qualidade é muito perceptível na fotografia fotografando em 2.8 com em velocidade 60, gostaria de fotografar ambientes com luz ambiente como casamento etc.. mas não serão todas as fotos que farei sem flash, e com flash tenho muita perda na qualidade?

    • A diferença entre os dois modelos é perceptível em qualquer situação. Mas, se a estabilização for muito necessária, aí pode ser que compense a perda de definição.

  17. Bom dia Paulo,

    Voce teria como indicar aonde podemos comprar as lentes Tamron 24-70 para nikon….? Ja tentei de tudo e nao encontro…..

  18. Ola bom dia..
    Tenho uma Canon 6D, e gostaria de saber se essa lente é indicada para câmeras Full Frame.
    Obrigada.

  19. Gostei muito do conteúdo e das duvidas tiradas. Comprei o modelo com VC, não uso a minha 7D para filmagens, busquei essa lente para trabalhar em eventos e festas.

    Alessandro

  20. Boa tarde Paulo, td bem?

    o modelo A16E possui motor de foco?…pois vou comprar e me aconselharam além de ser sem VC, assim como vc mencionou, que venha com motor de foco

    muito obrigado e parabéns pelo site….

    abs

    Tiago

    • Tiago, não conheço esse modelo para Nikon (conheço a A16E para Canon). A Tamron 17-50mm f/2.8 XR Di-II LD Aspherical [IF] para Nikon tem motor de foco e não tem VC.

  21. Oi Paulo possuo uma Nikon D7000 pesquisando sobre essa lente li seu artigo, muito bom, mas vamos lá, para minha câmera D7000 ela é boa curto fotografar aniversários, fazer ensaios mesmo sendo sem estabilizador de imagéns, ela tem motor de foco? Obrigada.

  22. Boa tarde Sr. Paulo,

    Primeiramente gostaria de parabeniza-lo pelo excelente post. Vou seguir seu blog a partir de hoje.

    Minha pergunta é quanto ao anel de foco, posso move-lo mesmo estando a lente em AF ou preciso coloca-la em MF para poder focar manualmente?

    Grato.

  23. Caro Paulo
    Li vários comentarios na web que ela é imcompativel com a Canon 7D no modo filmagem apenas. Você poderia me confirmar ou não isso?
    Grato!

  24. Oi, boa noite!
    Sei que já perguntaram sobre a relação da lente com casamentos. Porém estou em uma dúvida terrível entre ela e a Sigma 17-70mm 2.8-4. A Tamron seria aconselhável para fotografar casamentos?
    Att.

    • Sim, Caroline. E ela tem a vantagem de ter abertura constante em todo o Zoom, o que pode ser bastante conveniente em um evento. A Sigma tem abertura variável.

Deixa seu comentário

GALERIA

1 5076

A interação entre ação viva e animação tem sido explorada ao longo da história do cinema, com muitos exemplos dos estúdios Disney e o inesquecível "Uma Cilada para Roger Rabbit", dirigido por Robert Zemeckis. O resultado, em geral, é estimulante. Pensando bem, a idéia...
8 5534

Esse vídeo fantástico, feito na Rússia para o lançamento de um projeto imobiliário, foge totalmente dos padrões tradicionais e utiliza a fantasia, com imagens incríveis, no lugar do uso tradicional de plantas e animações dos prédios em computação gráfica....
1 6191

Há algum tempo, publicamos um post com um vídeo do editor Piu Gomes, criado para responder a essa pergunta essencial para quem quer entender a linguagem audiovisual: o que é montagem? Também publicamos, há mais tempo ainda, outro post chamado...