Home Artigos Outros Steven Spielberg com saudade da moviola

Steven Spielberg com saudade da moviola

Steven Spielberg, sempre bastante ativo tanto como produtor como diretor, não assinava a direção de um novo longa-metragem desde 2008, quando apresentou mais um filme da grife Indiana Jones (Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal).

Em 2011, para satisfação de seus milhões de fãs, Spielberg volta com tudo na realização de filmes, com duas obras de uma vez só: As Aventuras de Tintim: O Segredo do Licorne, com produção de Peter Jackson, e War Horse. Ambos estream no EUA agora em dezembro de 2011 (Tintim chega ao Brasil em janeiro de 2012; quanto a War Horse, ainda não há definição de data de estréia por aqui).

Cena de War Horse

Cena de As Aventuras de Tintim: O Segredo do Licorne

Steven vinha se mantendo fiel à edição de filmes em película, mesmo após quase 20 anos de desenvolvimento da tecnologia de edição não-linear de vídeo digital por computador, que, ao longo dessas duas décadas, foi conquistando, paulatinamente, a hegemonia na montagem de longa-metragens para cinema.

No entanto, para esses dois filmes, o bem suscedido diretor se rendeu aos apelos de seu montador, Michael Kahn, já acostumado a editar em sistemas Avid, e aderiu à edição computadorizada. Observe-se que War Horse foi filmado em película, enquanto Tintim foi captado inteiramente em digital.

Questionado como tinha sido a experiência, Spielberg não se mostrou muito satisfeito, e afirmou que espera retornar para a moviola num próximo projeto com características mais simples que permitam o corte em película.

Na medida em que, não apenas a edição, mas como também todo o processo de finalização ocorre atualmente em digital, fica cada vez mais difícil para diretores como Spielberg continuarem editando seus filmes no modo tradicional. Ainda mais agora, que a própria distribuição em salas de cinema caminha a passos largos para também se tornar totalmente digital nos EUA e no resto do mundo.

O mais curioso é que a rapidez do processo digital, uma das características mais valorizadas nos sistemas de edição não-linear por computador, vem a ser exatamente o que mais incomoda Steven. Seu processo criativo, segundo ele, se vale do tempo necessário para a manipulação artesanal da película, para amadurecer decisões de edição.

Vale lembrar que Walter Murch, montador de vários filmes de outro peso pesado do cinema americano, Francis Ford Coppola, também se lamenta de ter de abrir mão de alguns aspectos do processo de edição em moviolas quando edita em sistemas computadorizados. Ele alega sentir falta da visualização rápida e contínua dos rolos de película, que fazem com ele tenha uma outra percepção do conjunto do material filmado.

Sinal dos tempos, Spielberg é, certamente, um dos últimos realizadores resistentes à inexorável substituição da moviola por processos digitiais de edição. As declarações de Steven Spielberg sobre o assunto podem ser conferidas em uma publicação na página do Facebook SpielberFilms, num excerto de uma entrevista concedida a Steven Awalt.

Trailer de War Horse

Trailer de Tintim

Gostou do artigo ?

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber as atualizações do VideoGuru.

Artigos relacionados
8 4177

A Blackmagic Design, guardadas as proporções, está fazendo uma revolução muito semelhante à que a Apple operou na computação de uso pessoal, e Grant Petty, fundador e CEO da Blackmagic Design, aos poucos vai se consagrando como uma espécie de "Steve Jobs"...
30 16384

Um dos problemas que enfrentamos como profissionais do audiovisual, no Brasil, é a falta de oferta de ferramentas de trabalho para venda, especialmente porque quase 100% delas são de fabricação estrangeira. É difícil de achar, ainda mais para pronta...

Deixa seu comentário

GALERIA

1 4863

A interação entre ação viva e animação tem sido explorada ao longo da história do cinema, com muitos exemplos dos estúdios Disney e o inesquecível "Uma Cilada para Roger Rabbit", dirigido por Robert Zemeckis. O resultado, em geral, é estimulante. Pensando bem, a idéia...
8 5343

Esse vídeo fantástico, feito na Rússia para o lançamento de um projeto imobiliário, foge totalmente dos padrões tradicionais e utiliza a fantasia, com imagens incríveis, no lugar do uso tradicional de plantas e animações dos prédios em computação gráfica....
1 5976

Há algum tempo, publicamos um post com um vídeo do editor Piu Gomes, criado para responder a essa pergunta essencial para quem quer entender a linguagem audiovisual: o que é montagem? Também publicamos, há mais tempo ainda, outro post chamado...